Sara Correia… definitivamente o futuro do Fado

Falar de Sara Correia é falar do futuro do fado… É falar de um futuro cada vez mais próximo, é falar de uma nova geração que abraça o fado com a mesma paixão que os fadistas devem abraçar. Falar de Sara Correia é falar da emotividade em palco, da entrega e da paixão pela canção, num espaço temporal em que as influências urbanas caracterizam a música popular.
Sim o fado é música popular, é a alma pop da canção Portuguesa. É a expressão bairrista de cariz nacional.

Em 2018 fomos brindados pelo disco de estreia da jovem Sara, um disco que seria uma lufada, mais uma, de ar fresco na tradição alfacinha do fado, um disco carregado de juventude.

O sentimento está lá, um sentimento “Do Coração”, naquele que foi o seu regresso à paixão musical em 2020. Uma paixão que arrebatou o público que ocupou as cadeiras alinhadas, em frente ao (grande) palco instalado no Terminal de Cruzeiros de Lisboa, naquele que foi, provavelmente, o grande concerto do primeiro dia da edição de 2021 do Santa Casa Alfama. 

Fotografias / Reportagem: Paulo Homem de Melo

Partilha