Pearl Jam celebram o 30º Aniversário de “Vs.”

Os Pearl Jam comemoram o 30.º aniversário do seminal segundo longa-duração, “Vs.”, com uma série de ediçōes especiais.

Os Pearl Jam aterraram como um trovão com “Tem” em 1991, assumindo-se involuntariamente como uma das mais populares bandas do rock e da cultura em geral. Com todos os olhos postos num sucessor, os músicos da banda não recearam expectativas e foram ainda mais longe, ao entregar uma obra sombria e dinâmica de 12 cançōes a que deram o nome de “Vs.” Estimulada por clássicos como a introspectiva “Daughter,” a nostalgia acústica de “Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town,” a energia punk primitiva de “Blood,” e a catarse de “Leash,” o álbum mostrou uma banda na sua forma mais áspera.

Da explosão de “Go” até à pungência de “Indifference,” traçou um caminho pela insegurança e incerteza de lidar com a fama não desejada, enfrentou temas pesados como o abuso e distúrbios de aprendizagem neurodivergente, levantou o dedo do meio à obsessão da América pelas armas e à brutalidade policial, abordou o tema do suicídio sem medo, e até deixou a luz espreitar pelas frinchas com alguns dos hinos mais valiosos do grupo.

“Vs.” é o som de uma banda que não compromete a mensagem ou significado. É o momento em que de facto a maré virou…

É também um marco por ser o primeiro de muitos álbuns com o colaborador de longa data Brendan O’Brien ao leme, dando início a uma colaboração de três décadas com o produtor. À saída, “Vs.” pulverizou recordes ao vender mais de 950 mil unidades durante os primeiros cinco dias, eclipsando as vendas combinadas do resto do Top 10 americano. Manteve-se em primeiro lugar na respetiva tabela por cinco semanas, a mais longa permanência no topo dos Pearl Jam até à data. O álbum manteve o recorde “de vendas mais altas na primeira semana” durante cinco anos e fixou o “número mais alto de vendas em vinil,” que se prolongou nos 20 anos seguintes.

“Vs.” atingiu 10 milhōes de unidades em todo o mundo, e é sete vezes platina nos EUA. Em paralelo, “Daughter” atingiu a marca da Platina, enquanto “Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town” conquistou o Ouro.

 

 

 

Partilha