Finalmente conhecemos “O Fim do Mundo em Cuecas” sonhado por PZ

O Fim do Mundo em Cuecas” é uma tragicomédia épica dos tempos modernos e representa o 7º álbum de PZ.

 

Mais do que uma nova etapa, “O Fim do Mundo em Cuecas” representa um culminar da carreira pijamística de PZ, percorrendo temas do dia-a-dia, lutas interiores (e exteriores), e tudo o mais que nos rodeia. 20 músicas com temas que vão desde o mais simples, mas poderoso, “Pu” até ao enigmático “Domínio Total”. Há viagens a “Setúbal”, uma versão da tradicional “Indo Eu a Caminho de Viseu”, uma “Estrada de Lágrimas”, uma “Viela”… crónicas de um português a viver nestes novos loucos anos 20.

 

Na linha dos álbuns anteriores de PZ, em “O Fim do Mundo em Cuecas” a electrónica continua a marcar o tom, mas desta feita salpicada por guitarradas, batucadas e as habituais gargalhadas de meia-noite. Há, no entanto, um certo ambiente mais negro neste trabalho que reflete o momento atual pensado e ironizado à maneira de PZ.

No final de contas, este é o álbum que encapsula como nenhum outro a expressão: Com PZ quem ganha é você!

 

Partilha