The Catenary Wires editam “Til the Morning” via Tapete Records

The Catenary Wires são Rob Pursey e Amelia Fletcher. Especialistas em duetos indie emotivos, capturam o espírito de Nancy Sinatra e Lee Hazelwood, Serge Gainsbourg e Brigitte Bardot, e lançam-nos numa Inglaterra moderna.

As músicas que daí resultam agradam aos fãs de Courtney Barnett e Kurt Vile ou Isobel Campbell e Mark Lanegan. Neste álbum, juntam-se a eles Andy Lewis (Paul Weller Group, Spearmint) no violoncelo, mellotron e percussão, e Fay Hallam (Makin ’Time, Prime Movers) no órgão Hammond e backing vocals. Matthew King (um compositor clássico) toca piano.

Nick e Claire Sermon tocam metais. E a zona rural de Kentish oferece o som ambiente

O álbum foi gravado em 2018 na Sunday School, no meio do nada em Kent. É um grande passo em frente comparando com o seu primeiro álbum (Red Red Skies na Elefant Records/ Matinee Recordings): mais complexo e sedutor, com um som de várias camadas que reflete uma variedade de instrumentos adicionais, incluindo harmonium, sinos e um velho reboque. Foi produzido por Andy Lewis, que recentemente produziu álbuns para Judy Dyble e French Boutik. Dream Town é o primeiro single do disco que será editado dia 14 de Junho na St. Pancras Old Church em Londres. A banda irá tocar no Reino Unido em Julho, nos EUA em Agosto e na Alemanha ainda este ano.

Partilha