Sean Riley lança álbum a solo em Abril – Glam Magazine

Sean Riley lança álbum a solo em Abril

Desafiado por Paulo Furtado, Afonso Rodrigues foi até à aos Estados Unidos onde, em conjunto, viajaram pela Califórnia e gravaram, em quartos de motel, o primeiro disco a solo de Sean Riley.

Uma gravação crua, sem artefactos – em “California”, se prestarmos atenção, conseguimos ouvir os ruídos de cada local por onde passaram: Los Angeles, Carmel By The Sea, São Francisco e Joshua Tree (Rancho de La Luna). O disco, que verá edição em vinil e digital, chegará às lojas a 13 de Abril.

 

“Musicbox, três de Dezembro de 2015, concerto de Josh T. Pearson no Musicbox.

Afonso Rodrigues AKA Sean Riley assegura a primeira parte, munido de uma guitarra acústica.

Os dois concertos tocam-me como há muito tempo nada na música me tocava.

Fala-se numa tour juntos, que seria perfeito, bebe-se uns copos, surge uma faísca de algo, “porque não gravas um disco acústico, Afonso?”.

Em 2012 tínhamos pensado nisso, tinha proposto ao Afonso que o fizéssemos em minha casa, sem stress nem pressão, entre copos de vinho. De volta ao final de 2015, noite no 49. Ocorre-me outra coisa. Já tinha decidido gravar MISFIT na América, no Rancho de La Luna.

Paulo – Afonso, podias ir lá ter, gravamos lá uma primeira e depois seguimos de carro pela Califórnia fora, gravamos uma música em cada quarto de hotel, eu tenho os micros e material para isso, é simples. Bora fazer isso? Vai ser bom demais, takes ao vivo, só tu e uma acústica. Bora?

Afonso – Deixa ver, bro, isso era íncrivel…

E o resto da história o Afonso poderá contar-vos.

California é um belíssimo disco que nasce de um grande amor que eu tenho à música e poesia do Afonso, e de uma amizade que vai de aqui a Tijuana e volta, um milhão de vezes. Oiçam-no, é bonito demais.” Paulo Furtado

Depois de uma apresentação do álbum ao vivo que compreendeu 10 datas de Norte a Sul do país com The Legendary Tigerman, o disco, que verá edição em vinil 10 polegadas e digital, chegará às lojas a 13 de Abril, com distribuição da Sony Music Portugal.

O design da capa do álbum ficou a cargo de Hélène Mailloux. “A escolha da Hélène para elaborar a capa foi simples. Conhecemos a Helene através do Régis (Hifiklub), um amigo Francês que fez um documentário sobre o Alain Joahnnes e que conhece aquele pessoal todo do deserto. O trabalho da Hélène é incrível e o Furtado acabou por trabalhar com ela no MISFIT. Como queríamos que houvesse uma ideia de ligação e continuidade tanto a nível musical como estético entre os 2 discos, era essencial ser a Hélène a fazer o CALIFORNIA também.” explica Afonso Rodrigues

Partilha