Os Gaiteiros de Lisboa lançam novo álbum “Bestiário”

Os Gaiteiros de Lisboa preparam-se para lançar o tão aguardado novo álbum de originais a 5 de Abril, num regresso às edições discográficas depois do lançamento de “Avis Rara” (2012) e de “A História” (compilação | 2017). “Bestiário” é o sexto disco de originais dos seus quase 30 anos de carreira e terá edição pela Uguru.

Os sopros tradicionais, a percussão e as polifonias vocais continuam no centro, a música ao seu redor continua a ser surpreendentemente moderna, inventiva, viva, contemporânea e ao mesmo tempo intemporal. É o caso de “Brites de Almeida”, o tema escolhido como primeiro avanço do disco.

Com letra de Carlos Guerreiro e música de Carlos Guerreiro e Sebastião Antunes é um tema inédito, mas parece um clássico tradicional só agora reencontrado.

Com esta narrativa, os Gaiteiros de Lisboa pretendem desmistificar uma “semi-lenda” da história de Portugal, a de Brites de Almeida (Padeira de Aljubarrota) – que, com a sua pá de padeira, teria matado sete castelhanos que encontrara escondidos num forno – de um tempo em que a verdade histórica era adaptada para exaltar e enaltecer os portugueses como grandes heróis, sobretudo em relação aos castelhanos:

O novo álbum conta com convidados especiais como Zeca Medeiros, Filipa Pais, João Afonso, Pedro Oliveira (Sétima Legião), Rui Veloso e o colectivo vocal feminino Segue-me à Capela.

Bestiário” confirma como os Gaiteiros de Lisboa, trinta anos depois do início e com uma formação nova, continuam a ser “outra coisa”, a habitar o mesmo universo privado alheio a modas passageiras e aberto a tudo o que nele caiba. Ou seja, os mesmos Gaiteiros de sempre: imprevisíveis, inconfundíveis, imprescindíveis.

Bestiário” será apresentado num showcase na FNAC do Chiado no dia 6 de Abril (sábado) às 18h00.

 

photo: Vitor Ferreira

Partilha