“O Despertar da Primavera” de Frank Wedekind – Glam Magazine

“O Despertar da Primavera” de Frank Wedekind

Espectáculo apresentado, no âmbito do módulo “Práticas de Palco”, cujo objectivo geral é a montagem de uma peça de teatro e respectiva apresentação pública, encenado por Sofia de Portugal com os alunos do 2º ano Curso Profissional de Actores da ACT-Escola de Actores.

Dias 15, 16 e 17 de Junho no Teatro do Bairro.

 

Frank Wedekind escreveu O Despertar da Primavera entre o Outono de 1890 e a primavera de 1891. Falamos de três estações: Outono, Inverno e Primavera. O tempo de criação, três fases. É ousado identificar as três fases e ainda assim, sinto que é necessário fazê-lo: Revolução, Libertação e claro, Paixão. Seria injusto falar no Despertar da Primavera como uma obra voltada só e apenas para a libertação da sexualidade. Ou será a sexualidade também ela ponte para um caminho bem mais profundo, ligado à essência dos homens e das mulheres, que dela se alimentam? Qual será este sitio que nos permite estar ali e nos impede de estar noutro qualquer? O homem dá vida e a mulher cria uma vida dentro de si. É preciso entender o que está escrito além destas palavras, é redutor pensar nisto apenas pela óptica da razão. O que é que uma mãe passa verdadeiramente aos seus filhos? E um pai? Não serão as grandes feridas que todos carregamos, alçapões dos nossos ancestrais? Não carregamos todos nós, no fundo, exactamente as mesmas dores de alma, e o que difere é só e simplesmente, a forma como olhamos para essas dores? Inspiramos a dar este grito de liberdade e a reflectirmos sobre todos os condicionamentos que impedem a felicidade.” Sofia de Portugal

 

Encenação: Sofia de Portugal

Elenco: Álvaro Aragonez, Carolina Lopes, André Vazão de Almeida, Beatriz Garrucho, Carolina Pinto, Carolina Azevedo, Carlota Rocha Marques, Diogo Plancha, Eva Fornelos, Filipe Costa, Gonçalo Pinto, Inês Gomes, Inês Meira, Inês Mata, Martim Galamba, Rafael Costa, Pedro Nunes, Rui Teixeira

Desenho de Luz: Aurélio Vasques

Guarda Roupa e caracterização: Ivan Coletti

Coreografia: Paula Careto.

 

Partilha