Zeca Medeiros no Festival Bons Sons 2018… – Glam Magazine

Zeca Medeiros no Festival Bons Sons 2018…

Zeca Medeiros marcará presença na edição de 2018 do Festival Bons Sons para apresentar o espectáculo “Aprendiz de Feiticeiro – Imagens e Canções“. Para além do seu último trabalho, “Aprendiz de Feiticeiro – Imagens e Canções” o artista levará ao Festival Bons Sons um espectáculo retrospectivo dos seus mais de 40 anos de carreira.

Ao seu lado em Cem Soldos estará a sua banda constituída por: Jorge A. Silva (piano), Rogério Cardoso Pires (viola clássica e baixo), Gil Alves (flautas, glockenspiel e congas) e Williams Maninho Nascimento (viola clássica e baixo) e ainda a sua convidada especial e habitual Filipa Pais, na voz.

Depois de em 2017 ter marcado presença na Festa do Avante, dividindo o palco com Luís A. Bettencourt, é agora a vez de Cem Soldos receber o multifacetado artista.

A música é um ponto comum das diferentes formas de expressão artística nas quais Zeca se destaca, enquanto realizador e actor tem permanecido na memória colectiva, ao produzir puras referências do cinema da nossa televisão pública. Séries como “Mau Tempo no Canal”, “Xailes Negros” ou “Gente Feliz com Lágrimas”, são exemplos disso. Além de ter sido o realizador dessas obras, também foi da sua alçada a composição das respectivas bandas sonoras. Em alguns casos, dando voz a intérpretes, como Minela, Dulce Pontes ou Susana Coelho.

O percurso de Zeca Medeiros na música está marcado por diversas colaborações com artistas e projectos de referência dos quais se destacam Dulce Pontes Oficial, Jorge Palma, Rui Veloso, Ala dos Namorados e Uxía, entre outros.

Aprendiz de Feiticeiro, Imagens e Canções” é o mais recente trabalho de Zeca Medeiros. Neste álbum o compositor dá-nos, como no passado, temas de um bom gosto, delicadeza e profundidade, onde se reconhece uma semântica muito própria, demonstrando mais uma vez toda a sua estética, diversidade e complementaridade de artes desde actor, músico e compositor. O Espectáculo “Aprendiz de Feiticeiro” é uma mistura de sensações onde o espectador vai viajando pelos mais de 40 anos de carreira do artista.

 

Photo: Fernando Resendes

Partilha