Silva edita novo álbum com registos de tournée intimista por Lisboa

Silva acaba de lançar o álbum “Ao Vivo em Lisboa”, gravado durante a sua última digressão em Portugal. Com o registo dos espetáculos na capital portuguesa, o projeto apresenta 16 faixas que incluem composições autorais e alguns clássicos da MPB (música popular brasileira) e do samba.

 

Recordando as seis apresentações no Cineteatro Capitólio (Lisboa), em março de 2019, “Ao Vivo em Lisboa” apresenta um espetáculo mais intimista e acolhedor, onde Silva,  acompanhado do percussionista Hugo Coutinho, interpreta parte do seu último álbum de estúdio, “Brasileiro”, e composições conhecidas na voz de grandes nomes da MPB como Pixinguinha, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Martinho da Vila e Marisa Monte – formato inédito na carreira do artista.

“Lisboa é uma cidade que me recebe desde que lancei meu primeiro disco, mas eu ainda não tinha feito um show nesse formato voz, violão e bateria/percussão”, conta Silva. “O público de Lisboa é quente, mas da sua maneira. As pessoas fazem um silêncio sepulcral durante as músicas e aquela festa quando termina”, declara o cantor sobre o acolhimento do público português.

 

O tema de apresentação deste álbum, “Júpiter”, faixa-título do seu terceiro álbum lançado em 2015, ganha também ele neste projeto, uma versão mais intimista e um vídeo animado com a letra da canção.

Partilha