Sara Correia… A fadista edita hoje o seu álbum de estreia

Numa visão mais profunda, o fado não é um género musical criado por alguém, ele é a força mágica antes disso, é quem escolhe, quem cria, quem molda a alma de alguém e lhe atribui um jeito de ser desde que se nasce. E assim acontece o fadista verdadeiro.

Assim acontece Sara Correia. Com a vida, as origens, as dores e as alegrias, as noites e os dias desenhados por esta matriz.

É filha de família fadista e de Lisboa, como tal não se lembra de chegar ao fado, nasceu nele e começou a cantar desde muito cedo. De “Olha, tem nervo, sai mesmo à tia” passou para “Vai ser especial” até “A Sara Correia é um fenómeno”.

Cresceu a cantar nas mais prestigiadas casas de fado de Lisboa, venceu muitas competições de fado, assim como a prestigiada Grande Noite do Fado, até se sentir com a maturidade e entrega que o talento lhe pede para iniciar um percurso nos palcos.

 

Hoje é apelidada de furacão por todos os que a conhecem, é já uma referência de respeito dentro do fado, e é unanimemente a grande voz da nova geração, de quem se esperava ver iniciar um percurso discográfico e apresentar-se em concerto.

O disco chegou hoje à lojas e a todas as plataformas digitais, os concertos serão anunciados em breve.

Partilha