Rock in Rio e Super Bock Super Rock lideram Maratona dos Festivais de Verão – Glam Magazine

Rock in Rio e Super Bock Super Rock lideram Maratona dos Festivais de Verão

O Rock in Rio foi o vencedor da Maratona de Festivais de Verão – Ranking Cision, no mês de maio, e continua a ser o festival de música mais mediático do país. O evento que se realiza no Parque da Belavista citado em 561 notícias e totalizou mais de uma hora e meia de exposição nas rádios e televisões nacionais.

Seguiu-se o Super Bock Super Rock, que subiu ao segundo lugar do ranking graças, sobretudo, a uma maior presença televisiva. Dois anúncios foram fundamentais para este crescente protagonismo do festival do Parque das Nações: a presença da histórica banda britânica The The; e o espetáculo “Who the F*ck is Zé Pedro?”, de homenagem ao falecido guitarrista dos Xutos & Pontapés, confirmado no cartaz.

 

O NOS Primavera Sound, que terminou este fim de semana no Porto, encerra o pódio dos festivais com melhor prestação mediática em maio, com quase uma hora e meia de presença nas estações de rádio e televisão.

O Meo Sudoeste, que no mês passado estava em segundo lugar do ranking, caiu em maio para sexto, atrás do NOS Alive e de O Sol da Caparica. Por ordem decrescente, constam ainda deste ranking o EDP Cool Jazz, o EDP Vilar de Mouros, o Meo Marés Vivas, o Vodafone Paredes de Coura, o Sumol Summer Fest e o Festival Bons Sons.

Os festivais monitorizados pela Cision somaram 2.439 notícias no mês de maio, 143 mais do que no mês anterior, o que revela que, à medida que os grandes festivais de verão se aproximam, aumenta o interesse dos media por estes eventos.

A Maratona dos Festivais de Verão – Ranking Cision é um estudo realizado de forma continuada pela Cision, que analisa a evolução do mediatismo comparado de diversos festivais de música realizados em Portugal, ao longo dos meses, até ao final do verão.

O desempenho mediático conquistado por cada festival é calculado tendo em conta a metodologia Cision de avaliação de comunicação, que considera o número de notícias identificadas, o espaço ou tempo de antena ocupado, as oportunidades de visualização tendo em conta as audiências alcançadas e o valor do espaço editorial contabilizado em função das tabelas de publicidade de cada órgão de comunicação social. O objeto de análise deste estudo são todas as notícias referentes aos diferentes festivais, veiculadas no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social (televisão, rádio, online e imprensa).

Neste caso, o ranking reflete o resultado de 1 a 31 de maio de 2018 – com os diferentes festivais a serem ordenados pela posição alcançada

Partilha