“Páris Pop” é o single de apresentação do álbum de estreia de Gomes Aires

Depois de se ter dado a conhecer com o EP de estreia “Gomes Aires – 1”, o cantautor lança-se no seu primeiro longa-duração, “Rio Homem”, com edição agendada para o Maio de 2024. Em “Rio Homem”, Gomes Aires apura a sua sonoridade, apresentando uma pop literária, serena mas pujante, densa e luminosa, procurando transbordar do seu íntimo mensagens que o ligam ao outro.

Páris Pop” é o single de apresentação: uma canção inspirada no filme de culto “A Cidade Branca” de Alain Tanner que retrata os dias suspensos de um marinheiro atracado em Lisboa, que enfrenta o dilema entre manter a sua vida passada ou entregar-se a uma nova existência crepuscular e marginal na cidade misteriosa e decaída, que é pano de fundo. Em “Páris Pop”, a narrativa do filme entrelaça-se com as desventuras da figura mitológica Páris.

Mais do que evocar histórias, Gomes Aires procura mostrar-nos que duas personagens tão distintas partilham entre elas – e também connosco – o peso de um destino ao qual não podemos escapar, mas que é ao mesmo tempo influenciado pelas escolhas que fazemos, na certeza que há dilemas dos quais não podemos sair ilesos.

 

E se perante a nossa errância encontrarmos o vazio, Gomes Aires oferece a resposta: uma “casa vazia, é casa arrumada”, ou seja, aquilo que nos afasta de seres perfeitos, como deuses, é aquilo que nos torna humanos, numa procura que é, em si mesma, o nosso maior propósito.

Partilha