Os feitiços do Club Makumba em noite mágica…

João Doce conheceu Tó Trips em 2004, na tour dos Wraygunn. Logo ali nasceu uma forte amizade e, mais tarde, surgiu também a ideia de fazerem alguma coisa juntos. O plano inicial era simples: Tó Trips na guitarra e João Doce na percussão.
E esse caminho continua a ser feito, agora com Club Makumba. De forma a aumentar a palete de cores e ambientes, Gonçalo Prazeres, saxofone, e Gonçalo Leonardo, contrabaixo, juntam se à banda de Tó Trips e João Doce. Club Makumba tem influências de música mediterrânica, numa geografia primitiva sem qualquer preconceito no que diz respeito a raízes e fronteiras.

Muitos podem não acreditar em Makumbas, mas que o Club Makumba espanha magia e feitiços acaba por ser a mais dura realidade.

E essa dura realizada conquistou uma sala esgotada na Escola de Artes de Oficios que aplaudiu de pé, este regresso aos concertos de Tó Tripos e amigos, ou como o próprio referiu, João Doce, o motor da banda e amigos.
Um noite de magia a que foi vivida em Ovar em pleno mês de Agosto, que teve o privilégio ( este foi o terceiro concerto do projecto), de escutar as canções de um disco que será editado apenas em 2021… pelos motivos já conhecidos.

Alinhamento:

– Migratória

– Mad Swing

– Hurghada Honey Moon

– Baia das Negras

– Going Somewhere

– Makumba das Fonças

– Maze

– Black Berbere

– Jimmy Habibi

– Crazy Lizzard

– Danças

 

Fotografias / Reportagem: Paulo Homem de Melo

Partilha