O orgulho e a auto expressão de Sevaria no primeiro dia do Portugal fashion

O Portugal Fashion está de regresso e foi com os desfiles Bloom que se abriu a passerelle da 53º edição no dia 11 de novembro. As primeiras coleções para a estação quente foram desvendadas pelos jovens designers de moda portugueses e africanos.

Sevaria é uma marca de moda com sede no Quénia. Interessado em explorar trocas de alfaiataria de roupas masculinas e femininas, ao mesmo tempo que destaca a cultura africana e promove a autoexpressão.

Com silhuetas personalizadas de alta qualidade e tecidos texturizados, na sua maioria feitos à mão por tecelagem, o seu principal objetivo é elevar comunidades como os Maasai Beaders e comunidades de tecelagem na zona rural do Quénia, preservando assim o artesanato.

A Sevaria pretende promover o orgulho e a auto expressão com as suas roupas através de sugestões andróginas que desafiam o género e a identidade. A marca foi fundada em 2020 por Jamie Bryan Kimani que estudou na Mcensal School of Fashion. O seu trabalho é fortemente inspirado na nostalgia da cidade onde cresceu, em Kiserian.

📸 Paulo Homem de Melo

Partilha