No reino da Utopia… Selma Uamusse foi rainha…. – Glam Magazine

No reino da Utopia… Selma Uamusse foi rainha….

Cores e sons de Moçambique dominaram a noite do primeiro dia do Festival Bons Sons com a presença em palco de Selma Uamusse.

“Estão prontos para aprender algumas coisas de Moçambique?“… foi assim que Selma se apresentou em palco de uma forma descontraída, criando expectativas, antevendo desde o inicio, um concerto quente baseado nas origens de Selma, Moçambique. Um concerto igualmente assente no percurso musical da cantora, que ao longo dos anos deixou marca em projectos tão diversos como os Wraygunn, Samuel Úria ou Rodrigo leão, integrando em palco instrumentos tradicionais como a timbila e a mbira.

(Clique na imagem para ver a galeria completa)

Mati” será o disco de estreia a solo e terá edição agendada para 7 de Setembro. Selma apresentou algumas das canções que fazem parte do disco. “Mati” significa água em changana,  como fez questão de explicar ao público que viveu intensamente os sons quentes da sua música. Selma cantou, dançou descalça, vivendo de uma forma intensa este seu grande concerto no Festival BONS SONS 2018.

As palavras com sentimentos marcaram de forma decisiva o concerto, sendo coroada na primeira noite a rainha do reino da utopia chamada Cem Soldos, numa viagem que ligou a aldeia a Moçambique.

 

Texto e fotografias: Paulo Homem de Melo

Partilha