Mupi Gallery ocupa as ruas da cidade do Porto com 24 artistas e 48 obras

A exposição “Poético ou Político?”, com a curadoria de João Baeta, organizada pela Saco Azul e pelo Maus Hábitos, numa co-produção com a Câmara Municipal do Porto, fica em exibição a partir de 25 de Junho em diversos pontos da cidade

 

O projecto Mupi Gallery, a galeria contemporânea que ocupa o foyer da sala de espectáculos do Maus Hábitos sai de portas a 25 de Junho, ocupando a rede de MUPIs da cidade do Porto, com 48 obras de 24 artistas.

Concebido em 2015, o projecto tem acolhido uma vasta programação recebendo e desafiando artistas nacionais e internacionais a ocuparem um tríptico de MUPIs retro-iluminado comummente utilizado para a publicidade.

 

Para esta exposição Poético ou Político?, a primeira de uma série de quatro atos, são convidados os artistas: António Caramelo,  António Olaio, Carla Castiajo, Carolina Grilo Santos, Carmo Azeredo & André Covas, Cristina Regadas, Diana Carvalho, Fabrizio Matos, Horácio Frutuoso, Isaque Pinheiro, Israel Pimenta, João Fonte Santa, João Gigante, José Maçãs de Carvalho, Luísa Abreu, Maria Trabulo, Max Fernandes, ±MAISMENOS±, Paulo Mendes, Pedro Magalhães, Pedro Tudela,  Reis Valdrez, Sara & André e Susana Chiocca.

Ao trazer duas obras de cada artista para o espaço público e para dispositivos utilizados pela publicidade, os MUPIs, com a sua escala humana, a exposição pretende confrontar e interpelar aqueles que passam diante deste equipamento que tem a sua função alterada. Uma presença que por existir no espaço sensível que é o espaço público, pode revelar as coincidências existente entre o fazer poético e a ação política. A segunda data deste ciclo está prevista para Outubro de 2020 e terá curadoria de Tales Frey.

 

 

Partilha