Lobão Fest regressa em Junho com novidades – Glam Magazine

Lobão Fest regressa em Junho com novidades

A quarta edição do Lobão Fest, para lá da música e exposição de artes visuais, traz este ano a exibição de um documentário, uma novidade no festival. Dia 2 de Junho, sábado, pelas 16h, a Junta de Freguesia de Lobão da Beira abre as portas para o Lobão Fest. Os Tresor&Bosxh deixam os Maus Hábitos para respirar o ar fresco do campo, e os 800 Gondomar, a caminho do Nos Alive, fazem uma paragem por estas bandas. De Mortágua vêm os vizinhos Dang e os tondelenses Uhai fazem as honras da casa.

 

Mantendo o objetivo de dar a conhecer projetos emergentes do chamado underground, sem nunca se focar num só género, o Lobão Fest surge este ano com uma novidade: pelas 17h será exibido o documentário, sobre a emergência da contra-cultura Rock em Portugal, “Meio Metro de Pedra”, de Eduardo Morais, que colaborou inclusive, com a Antena3. As ternurentas ilustrações a esferográfica, de Inês Flôr, embelezam o espaço, outrora expostas nos Jardins Efémeros de 2017, com “Mulheres Jardim”. Regressa ao Lobão Fest a ilustração e pintura de Cristina Nunes, uma jovem auto-didata de São João da Madeira, cujo trabalho tem vindo a crescer.

A partir das 21h, as paredes da Junta de Freguesia de Lobão da Beira vibrarão, pela noite dentro, com uma mostra ilustrativa da cena musical portuguesa, com géneros desde o “Rock”, “Eletrónica” e “Experimental”, com Tresor&Bosxh, 800 Gondomar, Dang e Uhai.

 

Tresor&Bosxh, incluídos, pela revista online Strobe, na lista de “Melhores Concertos de 2015”, Ricardino e Tiago Rosendo, fundiram-se brilhantemente neste projeto de música eletrónica.

800 Gondomar são Fred, Alô e Rui e lançaram o primeiro EP, homónimo, em 2014. Dois anos depois seguiu-se, no mesmo formato, “Circunvalação”, até que no ano passado surgiu o primeiro LP: “Linhas de baixo”. A banda esteve em digressão europeia, no final do ano passado, conjuntamente com os nacionais, Sunflowers.

Os Dang assumem-se como “cinco elementos de influências musicais distintas, (que) usam as suas diferenças como uma vantagem para a sua sonoridade, resultando num som contagiante com riffs pegajosos e que não se prende a um rótulo musical”.

Fundados recentemente, e ainda com o terceiro lugar no Concurso de Bandas de Garagem da “Associação Músicos e Técnicos”, muito fresco na memória, já se encontram a trabalhar na primeira maquete.

“Íntimo e ousado numa partilha sem fronteiras.” in Agenda Cultural Acert, 2017.

Gustavo Dinis e Miguel Cordeiro, membros de New Sketch e Fazenda, juntam-se em Uhai, projeto musical experimental e profundo. O primeiríssimo EP da banda, e homónimo, foi lançado logo no início do ano passado e reflete a cumplicidade artística destes conterrâneos.

Partilha