Lisboa Dance Festival 2018… Novas confirmações – Glam Magazine

Lisboa Dance Festival 2018… Novas confirmações

Octave One, a dupla norte-americana vinda diretamente de Detroit, Romare (Full Live Band), Leon Vynehall, Max Graef e a portuguesa Mvria são as mais recentes confirmações do Lisboa Dance Festival 2018, um cartaz que começa a tomar forma com uma programação virada para as tendências mundiais da música electrónica. Nos dias 9 e 10 de Março, o Lisboa Dance Festival vai decorrer num novo local, o Hub Criativo do Beato, espalhando-se por várias salas deste novo espaço na zona oriental de Lisboa, criando diferentes ambientes para receber os novos artistas.

Nome incontornável na playlist de qualquer DJ nas duas últimas décadas, os Octave One são responsáveis por criar verdadeiros hinos do dance floor que continuam a soar tão frescos e inovadores como então! O hit single, “Black Water”, vendeu um milhão de cópias no ano 2000 e continua a marcar presença nos sets de Little Louie Vega, Danny Teneglia, Jeff Mills e Richie Hawtin. As atuações enérgicas dos Octave One esgotam salas por toda a Europa, Japão, Austrália e Estados Unidos. Octave One é mais do que uma banda de música electrónica, é uma experiência que “mexe” com as fronteiras de espaço, som e música em tempo real

O produtor Archie Fairhurst, mais conhecido por Romare, cruzou-se com os trabalhos do artista afro-americano Romare Bearden e com a sua técnica cut’n’paste, enquanto estudava na universidade, vindo a adotar o seu nome e aplicando uma abordagem similar na sua música e que é, atualmente, a sua imagem de marca. As suas edições não vão além de 2012 e aquando do segundo EP, os seus temas já eram incluídos em compilações lado-a-lado com pesos-pesados como Tiga e Bonobo. “Projections”, o álbum de estreia, foi amplamente aplaudido pela crítica. Apoiado na rádio por toda a gente desde Gilles Peterson a Steve Lamacq, e na pista por DJs de renome como Four Tet, por exemplo. Na 3ª edição do Lisboa Dance Festival, vamos poder ouvir o último trabalho do produtor, “Love Songs: Part Two”, em formato LIVE com banda completa!

Produtor e DJ britânico de deep house cuja música incorpora muito do seu passado musical – house, techno, disco, funk, hip-hop e soul – mas sempre “em cima” da cena underground. O estilo de Vynehall enquanto DJ é, por conseguinte, eléctico e sempre surpreendente, o que acaba por refletir-se nas suas mixes, não tendo passado ao lado da FACT nem da XLR8R. 2014 foi um ano de viragem na sua carreira, depois da edição de “Music For The Uninvited”, 4,5 numa escala de 5 para a Resident Advisor! E assim começou uma tour que o levou aos melhores clubes de Berlim e Ibiza, mas também a estádios em Los Angeles, Sydney e Tokyo. No ano passado editou “Rojus”, tendo sido igualmente aclamado pela crítica especializada (Pitchfork, DJ Mag, Mixmag, Billboard e Mojo).

DJ e produtor nascido e criado em Berlim, Max Graef já editou pela Apron, Tartelet e Ninja Tune; dirige a editora M$R (Money $ex Records), juntamente com Glenn Astro & Delfonic; a Fluid Soul Radio com Nano Nansen; tem uma banda, a Torben Unit (conhecida anteriormente por Max Graef Band) e ainda contribui para as misteriosas Torben Series! 24 anos muito bem preenchidos! No Lisboa Dance Festival 2018, vamos poder ficar a conhecer melhor a electrónica de Max Graef, um som fresco e despreocupado com convenções, que reflete o seu gosto pessoal, incorporando hip-hop, jazz e house.

Nascida e criada no Porto, onde vive, MVRIA frequenta as cabines dos clubes portuenses há mais de 8 anos. Sonoridades puramente electrónicas, do Bass ao Acid House, do Disco ao Techno, quando as palavras de ordem são estas, MVRIA conduz a pista com destreza e elegância. Responsável por festas como Grrrl Riot e Aerobica; residente no Passos Manuel, onde também faz programação; metade da dupla Light Machine com João Vieira (DJ Kitten/ White Haus) e autora do “Bulir” – programa mensal na Rádio Quântica – MVRIA já partilhou cabine com nomes como Daniel Avery, Xosar, Bonobo, Helena Hauff, Nina Kraviz, Lindstrom ou Clara 3000

Aos primeiros nomes avançados… NAO, Nosaj Thing (Live), Joe Goddard (Live), Midland, Monoloc, Optimo, Saoirse, Mirror People e Xinobi, juntam-se agora Octave One, Romare (Full Live Band), Leon Vynehall, Max Graef e Mvria.