Jazz na Relva no Vodafone Paredes de Coura… – Glam Magazine

Jazz na Relva no Vodafone Paredes de Coura…

Mais do que um festival, o Vodafone Paredes de Coura é uma ode única à música e à natureza. Por isso mesmo, além dos concertos no anfiteatro natural do recinto do festival, as tardes de grande parte do público são passadas junto às margens do Rio Coura.

 

Nos dias 16, 17 e 18 de Agosto, o espaço volta a ser o cenário perfeito para acolher a iniciativa Jazz na Relva.

Dia 16 de Agosto, o Galo Cant’Às Duas no encontro artístico de dois músicos que, com um carácter único e quase misterioso, apresentam um som igualmente singular, que pisca o olho ao post-rock e ao space rock. No mesmo dia, o alter-ego de Pedro Pode, S. Pedro, leva à Praia Fluvial do Taboão o resultado de uma série de ideias que sentiu necessidade de concretizar, criando assim, em fita magnética, uma colecção de canções de recorte clássico e pop inteligente.

 

Sexta-feira, dia 17, o projecto instrumental Quadra brinda o público do festival com a sua sonoridade intensa, capaz de transformar qualquer ouvinte num bailarino. Uma convergência de estilos musicais que já lhes valeu serem considerados, no ano passado, banda nacional revelação. Ao som vibrante do quintento junta-se o trio de indie-pop Vaarwell composto por Margarida Falcão, Ricardo Nagy e Luís Monteiro. Aos sucessos de “Love and Forgiveness” e “Homebound 456” junta-se o novo single “Stay”, aperitivo do álbum que a banda prepara.

 

A 18 de Agosto, um dos nomes mais prometedores da nova música nacional chega de Alcobaça a Paredes de Coura com um harmonioso psych. Mr. Gallini é dono de um charme e inocência cativantes e apresenta, entre outros trabalhos, “Lovely demos”, o primeiro de uma trilogia de disco prometida para 2018. A fechar o Jazz na Relva da 26.ª edição do Vodafone Paredes de Coura, o quarteto Penicos de Prata junta contrabaixo, violoncelo, ukelele, guitarra e vozes em músicas para poemas de autores portugueses, criando universos desconcertantes.

Partilha