Já são conhecidos os 8 finalistas do Concurso Bloom – Glam Magazine

Já são conhecidos os 8 finalistas do Concurso Bloom

Estão apurados oito finalistas do Concurso Bloom 2017, iniciativa dedicada à identificação e apoio de novos talentos da moda nacional. Ana Eusébio e Catarina Gonçalves, Carolina Sobral, Diana Quintal (na foto), Mara Flora Costa, Maria Meira, Patrícia Augusta, Rita Carvalho e Sara Cruz terão agora a oportunidade de apresentar as suas coleções no espaço Bloom, em março, no âmbito da edição Fall/Winter 2018/2019 do Portugal Fashion.

O desfile será a terceira e última fase da competição, ditando o anúncio imediato dos dois grandes vencedores.

Ana Eusébio e Catarina Gonçalves

Após a seleção dos 12 dossiers a concurso, a segunda fase da competição selecionou oito candidatos, neste caso candidatas, com base na produção de um coordenado específico, que puderam expor e defender para apreciação do júri, logo nos primeiros dias de janeiro. Complementarmente à apresentação dos trabalhos em formato de desfile em março próximo, que constitui a terceira etapa do concurso, as concorrentes serão também avaliadas pelo júri nos bastidores, a fim de comprovar se a coleção corresponde ao projeto selecionado; o veredicto será, então, comunicado no final do desfile.

Mara Flora Costa

As duas jovens criadoras reconhecidas pelo Concurso Bloom poderão beneficiar de um conjunto alargado de prémios: além da oportunidade de apresentarem as suas coleções nas edições de outubro de 2018 e março de 2019 do Portugal Fashion, as vencedoras contarão com o suporte de mentoring e orientação da plataforma Bloom, assim como apoio técnico no desfile. Acresce a este acompanhamento um incentivo financeiro de dois mil euros, para produção e desenvolvimento de futuros trabalhos.

Rita Carvalho

A aposta em jovens criadores é, sem dúvida, uma das maiores forças da estratégia do Portugal Fashion. O projeto que a ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários promove em parceria com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal quer ser, cada vez mais, um trampolim para novos talentos, de forma a renovar o panorama da moda nacional e a apoiar a integração de novos designers na cadeia de produção e distribuição. A dinamização de concursos dirigidos aos talentos emergentes teve início em 2004 e já foi responsável pelo lançamento no mercado de nomes como Carla Pontes e Diogo Miranda e, mais recentemente, Sara Maia, Olimpia Davide, Beatriz Bettencourt, David Catalán e Inês Torcato.

Maria Meira

Partilha