Carne Doce e o colapso ambiental de “Temporal”… primeiro single de novo disco

Temporal” é o primeiro single da banda brasileira Carne Doce após o disco “Tônus” (2018, Natura Musical), “Temporal” é sobre apocalipse ambiental. No video, uma festa típica em uma comunidade no interior do Estado de Goiás (origem da banda) é interrompida por uma queda de energia elétrica. Imagens de uma usina hidrelétrica simbolizam um dilúvio e o clipe finaliza com imagens de ruínas.

 

O vídeo é uma reedição dos arquivos do documentário “Paulistas” (2018), filmado na comunidade rural Paulistas, município de Catalão, em Goiás, do diretor Daniel Nolasco. O roteiro do clipe é assinado pelo casal fundador da banda, Salma Jô e Macloys Aquino, e Ricardo Alvez, que também assina a edição.

“A letra de ‘Temporal’ trata com sarcasmo a incapacidade humana de encarar o risco de destruição do seu habitat e de sua consequente extinção sem arrogância. O ser humano se recusa ou não consegue imaginar um futuro onde ele não reina mais, por isso mesmo parece acreditar que tudo o mais pode desaparecer, desde que ele permaneça”, diz Salma.

 

A música é uma coautoria entre Salma Jô (letra e voz), Macloys (guitarra), Aderson Maia (baixo), Frederico Valle (bateria) e João Victor Santana Campos (guitarra e samples), que também produziu a faixa. “Temporal” foi gravada no segundo semestre de 2019 no UP Music, em Goiânia, e mixada por Braz Torres Neme.

 

O single anuncia o novo disco do Carne Doce, a ser lançado em 2020, quarto álbum da banda e sucessor de “Tônus”. A banda, que apresentou a digressão “Tônus” em Lisboa, Porto, Aveiro, Coimbra e Torres Vedras em outubro do ano passado, promete voltar a Portugal este ano para uma nova apresentação.

 

Photo: Rogerio Watanabe

Partilha