Carlos Bica anuncia novo disco “11.11”

Dia 28 de junho, Carlos Bica lança novo disco: “11.11”, uma edição Clean Feed, apresenta uma nova formação composta por músicos portugueses, com a qualidade única com que o músico e compositor residente em Berlim nos tem presentado ao longo dos anos.  É um emocionante regresso com novas composições como “Lucky”, “Blue in Grey” ou “Love Boat“, dando nova vida a composições como “Não Estás Aqui Por Acaso” nascido de uma colaboração com a bailarina Leonor Keil, ou ainda uma participação muito especial, a voz de José Mário Branco em “A Noite”.

“Apesar de já viver há 40 anos fora de Portugal nunca perdi o contacto com a cena musical portuguesa e tive vários projectos musicais que envolveram músicos portugueses, tais como, a cantora Maria João, o projecto Diz com a cantora e actriz Ana Brandão, a minha longa parceria em duo com o João Paulo Esteves da Silva ou o projecto Matéria-Prima. Tudo começou por um convite que me foi lançado pelo guitarrista André Santos para participar num festival na Madeira. Em seguida e para dar continuação ao projecto achei boa ideia juntar o saxofone do João Mortágua. Depois conheci o Eduardo Cardinho num festival na Alemanha em que o promotor resolveu montar uma banda composta por dois músicos (mulheres) alemães e dois músicos (homens) portugueses, o Cardinho foi paixão à primeira vista. Mais tarde resolvi experimentar juntar a guitarra do Gonçalo com o vibrafone do Cardinho e o resultado ultrapassou as minhas expectativas. E foi através destes dois músicos que eu conheci o maravilhoso José Soares, cuja existência eu desconhecia. E assim cheguei até esta formação. E agora aqui estamos com um bonito disco prestes a ser lançado. Ter sucesso é quando tudo acontece sem ter sido premeditado mas estando conscientes que lá chegámos por que era esse o nosso mais profundo desejo.”

Seja interpretando engenhosamente as obras de Beethoven, colaborando com nomes como o saxofonista Daniel Erdmann e o DJ experimental DJ Illvibe, ou liderando seu mítico trio Azul com o génio da guitarra radicado em Berlim Frank Möbus e o mago da bateria nova-iorquino Jim Black, a essência inescapável e o lirismo característico do contrabaixista e compositor português Carlos Bica brilha sempre.

🖋 redação / press release

Partilha