Buba e Teresinha Landeiro completam cartaz do EDP Fado Cafe do NOS Alive – Glam Magazine

Buba e Teresinha Landeiro completam cartaz do EDP Fado Cafe do NOS Alive

O EDP Fado Cafe, o palco do NOS Alive que se orgulha de receber os mais consagrados nomes do Fado, bem como outros artistas com fortes relações com este género musical único, acaba de confirmar dois nomes em ascensão no Fado para dia 13 de julho. Buba e Teresinha Landeiro, os jovens fadistas completam o cartaz e são responsáveis por este palco no segundo dia do festival.

 

Buba, o jovem cantador alentejano, passa no seu percurso musical pela relação estreita com os dois patrimónios musicais portugueses reconhecidos pela UNESCO: o Cante Alentejano que de forma natural veio encontrar no Fado uma estética com a qual pretende cruzar as influências das suas raízes. Participou em espetáculos de grandes nomes da cena musical portuguesa, passou pelas mais icónicas casas de Fado de Lisboa e assumiu o seu lugar como fadista, tornando-se numa das novas promessas da nova geração.

 

Neste dia, junta-se a Buba Teresinha Landeiro, a jovem que tem vindo a construir um percurso sólido da sua carreira no mundo do Fado e que hoje é considerada uma das grandes fadistas da nova geração da Canção de Lisboa. A partir do momento que cantou o Fado tomou-lhe o gosto e passou a frequentar casas de fado em Lisboa, acabando por integrar o elenco da Mesa de Frades. A jovem fadista que se encontra neste momento em digressão pela América do Sul, no âmbito dos Festivais de Fado de Buenos Aires e Bogotá, promete trazer ao palco do EDP Fado Cafe uma lufada de ar fresco com a sua talentosa voz.

 

O Palco EDP Fado Cafe, o sétimo palco do NOS Alive, nasceu na 10.ª edição, na Rua EDP, uma zona renovada do recinto com cenografia tradicional portuguesa. Este mais recente palco tem dado provas de ser um verdadeiro sucesso, fortemente aplaudido pelo público e imprensa nacional e internacional. A requalificação desta rua com 150 metros de comprimento, eminentemente inspirada na traça pombalina, volta a albergar vários elementos da cultura portuguesa, entre eles a recriação do Museu da Eletricidade e do MAAT, dois verdadeiros ícones da cidade de Lisboa. Nesta zona vive o Palco EDP Fado Cafe, dois espaços centrais de ativação da EDP, e ainda várias zonas comerciais. O projeto é da autoria do arquiteto Rui Francisco e a produção está a cargo da EPC (Empresa Portuguesa de Cenários).

 

Partilha