As paredes não têm ouvidos…

O projeto EDP Live Bands, iniciativa que promove a música de bandas de “garagem”, vai expandir-se pela primeira vez a Espanha este ano. Depois de alcançar o sucesso em Portugal, onde existe desde 2014, e no Brasil, onde arrancou em 2016, o EDP Live Bands entra agora numa nova geografia com o objetivo de impulsionar também as bandas de garagem deste país. As bandas vencedoras dos três países vão ter a oportunidade de atuar no NOS Alive, em Lisboa. A banda vencedora da edição portuguesa tem ainda a oportunidade de atuar no Mad Cool Festival, em Madrid. Além da estreia nestes eventos, os vencedores conquistam também o direito a gravar o primeiro álbum.

Nas seis edições passadas, em Portugal e no Brasil, a iniciativa já impulsionou mais de 4200 bandas de garagem e permitiu que seis delas tivessem saído do anonimato para o “estrelato” com a gravação de um disco e as atuações em festivais de grande projeção internacional.

À semelhança das edições anteriores em Portugal, o projeto conta com o apoio da Everything is New e da Sony e conta com a revista Sábado, a RTP, a Antena 3 e a FNAC como parceiros. Este ano, o SAPO juntou-se ao projeto, juntando-se assim aos parceiros já existentes das edições anteriores. Além de todo o apoio à iniciativa, o papel dos parceiros em cada um dos países passa também pela participação no júri para seleção da banda vencedora e respetiva divulgação.

Em Portugal, a iniciativa arrancou com o lançamento e abertura das inscrições. Depois de inscritas, as bandas passam por duas fases de seleção por parte do público e do júri (semifinalistas e finalistas). A grande final acontece a 18 de maio, na LX Factory, em Lisboa, com a disputa entre oito bandas finalistas. Em Espanha, o EDP Live Bands também já arrancou e termina dia 9 de junho, num evento no clube El Sol, em Madrid. No Brasil, o lançamento e abertura das inscrições acontece a 27 de fevereiro e o grande vencedor é conhecido a 12 de maio, no Bourbon Street, em São Paulo.

Este projeto reforça o posicionamento e aposta da EDP na divulgação da música nacional e internacional, já realizado através de diversos patrocínios a eventos da área

Partilha