272 festivais de música em 2017…

Ao longo de 2017 realizou-se um total de 272 festivais de música em Portugal, passando mais de 2,5 milhões de espectadores, números recordes (em 2016, o número foi de 249 festivais e 2,1 milhões de espectadores, respetivamente) a que muito contribuíram os festivais suportados e/ou desencadeados por entidades municipais –  não esquecer que este foi um ano de eleições autárquicas. É de destacar e realçar o aumento do nº de festivais de acesso livre. A generalidade dos festivais espalhou-se no tempo, de janeiro a dezembro (mais de 50% ocorreram de 1 de julho a 15 de setembro), ocorrendo em todos os distritos (incluindo ilhas) sendo a sua proporção superior junto ao litoral.

Para esta contabilização foram apenas considerados festivais em que o cerne da sua ação fosse exclusivamente a música ou a música fosse a expressão artística por mais de 2/3 da sua programação cultural.

A área dos festivais de música e todos os seus stakeholders pautou-se, em 2017, por um desempenho com espaço para a sua evolução nos próximos anos. Não existiram cancelamentos (após o anúncio de datas ou lançamento de artistas para o alinhamento) nem incidentes graves e foi atribuido maior financiamento público (nomeadamente através do Turismo de Portugal e Ministério do Ambiente), ao invés de alguma retração de mecenas e financiamento privado, mas que ajudou a um maior cuidado (no design, na comunicação, na diferenciação e oferta de conteúdos exclusivos) e maior competitividade positiva entre promotores que se cifrou no aumento do número de espectadores (nomeadamente de público internacional de mercados-chave como: Espanha, Reino Unido e França) e que resulta na obtenção de melhor feedback pelo público junto dos media e redes sociais.

Fonte: Aporfest
photo: Paulo Homem de Melo / arquivo Glam Magazine

Partilha