Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Young Boy Dancing Group na Rua das Gaivotas

A Rua das Gaivotas 6 prepara-se para receber o colectivo Young Boy Dancing Group. Young Boy Dancing Group é um colectivo livre de performance cujo trabalho aborda a sexualidade, a era digital, fetiches, dança contemporânea e a cultura pop.

14263988_1727339447519261_7375483619548576569_n.jp

As cenas são muitas vezes improvisações estruturadas com uma abordagem estética que visam criticar as performances institucionalizadas, alterando o seu elenco, título e cenas de acordo com o espaço em que irão apresentar a performance.

 

A tour europeia do colectivo começou no Festival Hyperlocal, em Londres, seguindo depois para Berlim, Basel, Milão e a Lisboa, na Rua das Gaivotas 6, na próxima segunda, dia 2 de Outubro.

Rui Taipa apresenta o primeiro álbum… "berro"

Rui Taipa é um cantautor nortenho, de Freamunde, com bases folk, indie, funk e rock alternativo. Quem o conhece, a solo, conhece bem a sua vertente folk, de escritor de canções com espaço para o alternativo e um toque de funk, que podemos encontrar no seu primeiro EP “Meia Dúzia de Histórias”, editado em 2014, dando início ao seu percurso discográfico.

Com temas absolutamente distintos uns dos outros, denotando-se grande versatilidade na composição e apenas fazendo uso da guitarra, harmónica, kazoo e voz, Rui Taipa chegou ao mundo como “o novo cantautor Lusitano”.

a0007916241_10

Paciente e trabalhador, nestes últimos anos, Taipa tem vindo a procurar a sua identidade sonora, por esses palcos fora, revelando agora um pouco mais de si. Sem destoar do seu lado cantautor, apresenta-se neste novo trabalho com um registo mais a la Feist, Buckley mas, sobretudo, a la Taipa!

Depois de alguns anos de carreira a solo, o cantautor Rui Taipa apresenta hoje, 29 de Setembro o seu primeiro longa duração, em formato banda - "berro". "berro" está assim disponível em formato físico e digital.

As primeiras datas de apresentação ao vivo são dia 3 de Outubro na Casa do Livro no Porto e dia 4 na Associação de Socorros Mútuos de Freamunde.

Com a colaboração de Ricardo Fidalgo (The Acoustic Foundation) no baixo, Gonçalo Salta (The Acoustic Foundation) na bateria, Nuno Machado (The Black Zebra) na guitarra e Ricardo Sousa (Eden Lewis II) nas teclas, juntamente com alguns convidados para a secção de sopros, há um conjunto de ingredientes distintos que se fundem numa receita capaz de agradar a todos. 

Orelha Negra… Novo disco em #1 no top de vendas nacional…

“Orelha Negra”, o novo álbum do coletivo com o mesmo nome, entrou para o #1 de vendas no top AFP, o qual semanalmente revela os discos mais vendidos a nível nacional. A banda composta por Sam the Kid, Dj Cruzfader, Fracisco Rebelo, João Gomes e Fred Pinto Ferreira, laçou o mais recente álbum no passado dia 15 de setembro, apresentado-o ao vivo no Festival Iminente nesse mesmo dia.

baf64f79-ec0c-4b95-873c-88a34aa926b2

Nos treze temas que compõem o seu terceiro disco de originais, os Orelha Negra não se afastam um milímetro da sua proposta inicial de redefinirem a música de raiz Hip Hop, tal com deve ser entendida num novo milénio, mas a canção liberta-se, como nunca, das suas amarras.
Uma espécie de viagem espiritual, carregada de psicadelismo e de libertação cósmica, apresentada, mais uma vez, de forma completamente surpreendente, onde tanto somos remetidos para a genealogia da Soul ou do Boogie, como nos vemos a navegar pelo melhor prog-kraut-rock ou pelas memórias contemplativas de narrativas pop baleares.

Quando pensamos que somos capazes de “adivinhar” o que vinha aí, ficamos, outra vez, agarrados às nossas aparelhagens, em repeat, a pensar – “estava à espera de tudo menos disto!"Não será essa sensação o melhor que a música tem, para quem realmente a ama?  

Recentemente lançaram "Ready" (Redenção) o segundo vídeo extraído deste álbum, filmado durante um dia em Lisboa e a segunda colaboração do grupo com o galardoado realizador Richard F. Coelho.

Nova Arcada Braga Blues… Minnemann Blues Band

Fruto da paixão de Budda Guedes e Micha Rudowski pelo Blues, o Nova Arcada Braga Blues conta com a programação da Editora bracarense Mobydick Records. Feito em Braga para Braga, este festival pretende ser uma celebração do género, nas suas mais variadas facetas, com uma fortíssima componente de criação de públicos. De forma a envolver a cidade, o Festival acontecerá em múltiplos locais como Apoio indispensável do Nova Arcada Centro Comercial e da Câmara Municipal de Braga.

31Nov-Minnemann-Blues-Band.png

São agora conhecidas as primeiras confirmações do Festival….

O mais antigo bluesman de Portugal é conhecido pelo seu concerto festa. Um Boogie Woogie, Piano Blues, com uma banda de altíssimo nível oferecem uma noite memorável de blues e energia.

 

Setra

31 de Outubro 2017 | 23.00h

Nova Arcada Braga Blues… Phil Mendrix

Fruto da paixão de Budda Guedes e Micha Rudowski pelo Blues, o Nova Arcada Braga Blues conta com a programação da Editora bracarense Mobydick Records. Feito em Braga para Braga, este festival pretende ser uma celebração do género, nas suas mais variadas facetas, com uma fortíssima componente de criação de públicos.

De forma a envolver a cidade, o Festival acontecerá em múltiplos locais com o Apoio indispensável do Nova Arcada Centro Comercial e da Câmara Municipal de Braga.

29Out-Phil-Mendrix.png

São agora conhecidas as primeiars confirmações do Festival….

O primeiro guitarrista virtuoso português marca também presença no Nova Arcada Braga Blues com um concerto com o seu Trio, como só Phil Mendrix sabe fazer.

 

Station Blues

29 de Outubro 2017 | 22.30h (Entrada livre)

Pedro Teixeira da Mota apresenta "Impasse"

Aos 23 anos tudo é um Impasse.

É suposto sair de casa? Casar? Ir trabalhar? Ir ao mecânico sozinho? É uma fase da vida em que a pressão da independência e a falta de experiência se juntam num cocktail de demência. Gadamn, ganda rima.

"Impasse" é o primeiro solo de Stand-up Comedy de Pedro Teixeira da Mota. Durante mais de 1h, o humorista explica a sua visão sobre vários assuntos que o preocupam, experiências pessoais que teve e cenários bizarros em que pensa.

ptmbanner

Pedro Teixeira da Mota, faz parte dos jovens mais promissores da comédia portuguesa. Fez parte do grupo Bumerangue, um colectivo focado em sketches curtos de humor, inicialmente transmitido no YouTube, mais tarde também na Sic Radical. Além do sucesso nas várias redes sociais, tem feito dezenas de atuações de stand-up comedy desde 2014 em teatros e festivais como o NOS Alive e o Famous Fest.

 

Em 2016 juntou-se à Bridgetown Talent Agency e foi opening-act na tour “Voz da Razão” de Luís Franco-Bastos, fazendo espetáculos por todo o país.

Também com Luís Franco-Bastos criou o programa Erro Crasso, transmitido no YouTube, que depois de uma 1ª temporada muito bem sucedida, avançou para uma 2ª temporada. Em Julho de 2017, criou o seu podcast, ask.tm, que tem estado permanentemente no topo dos podcasts mais ouvidos em Portugal.

No final deste ano, apresenta ao vivo o seu primeiro solo “Impasse” em Lisboa e Porto, a 15 e 18 de Novembro, seguindo-se uma digressão pelas salas mais emblemáticas do país.

 

Nuno Markl assina guião do musical de Natal "Alice e o País das Maravilhas no Gelo"

Um mundo maravilhoso e mágico está prestes a abrir-se não só para Alice, mas para todos os que assistirem ao próximo musical de Natal no Gelo. Nuno Markl, Mafalda Santos e Francisco Martiniano Palma são os autores do guião de “Alice e o País das Maravilhas no Gelo” que estreia a 24 de novembro no MAR Shopping Matosinhos. Uma produção da AM LIVE que promete: este Natal, ser um pouco louco pode até ser genial.

image001

Nuno Markl, Mafalda Santos e Francisco Martiniano Palma são os detentores da chave que abre a porta para o País das Maravilhas, e, com Alice, guiam-nos por um fantástico imaginário onde não faltam um coelho apressado, um gato misterioso, um chapeleiro louco, um rato guloso e uma rainha que corta cabeças. Há anos que os três guionistas colaboram em projetos como “Herman 2010”, “As Divinas Comédias”, “Os Contemporâneos” ou “5 Para a Meia-Noite”.

 

Humorista, escritor, locutor de rádio, apresentador de televisão e argumentista, Nuno Markl dispensa apresentações. Escreveu para vários programas de Herman José, “O Programa da Maria”, entre outros. Na rádio, criou as rubricas “O Homem Que Mordeu o Cão”, que celebra em 2017, os seus 20 anos no ar, “Há Vida em Markl”, “O Livro dos Porquês”, “Coisas Que Acontecem”, “Labora tolarilolela” e “A Caderneta de Cromos”. Apresentador de programas de TV como o “5 Para a Meia-noite” (RTP1), “Felizes Para Sempre”, “Telebaladas” (Canal Q) ou “Animais Anónimos” (RTP1), é ainda autor de vários livros e a sua voz dá vida a inúmeras personagens de animação.

 

Em “Alice e o País das Maravilhas no Gelo”, intensifica-se a parceria entre o MAR Shopping Matosinhos e a produtora AM Live, bem como a equipa artística que tem assinado sucessos como “O Quebra-nozes no Gelo” (2013-2014), “A Branca de Neve no Gelo” (2014-2015), “A Cinderela no Gelo” (2015-2016) e “A Bela e o Monstro no Gelo” (2016-2017). Os irmãos João A. Guimarães e Artur Guimarães voltam, com a coreógrafa Joana Quelhas, a assinar mais um sucesso musical que, este Natal, promete encantar toda a família.

 

Como distinguir um sonho da realidade? Será isso importante, ou será a mistura dos dois que torna a vida um lugar mágico? Em “Alice e o País das Maravilhas no Gelo”, a protagonista é uma menina muito especial que dá espaço aos sonhos para que ganhem vida e a desafiem para lá da mais delirante imaginação. Esta encantadora Alice vai embarcar numa divertida e imprevisível aventura onde o impossível tem convite para entrar. Animais e flores falantes, poções mágicas, criaturas loucas, um exército ridículo, um Rato guloso num julgamento absurdo e uma Rainha de perder a cabeça, são algumas das personagens que a vão acompanhar nesta verdadeira epopeia à fantasia e ao riso!...

Em estreia absoluta no MAR Shopping Matosinhos, entre 24 de novembro e 7 de janeiro.

We Bless This Mess revela novo single

O primeiro single do próximo álbum está no ar e faz-se acompanhar por um videoclip que carateriza na plenitude o espírito de Nelson Graf Reis e, consequentemente, de um projeto que abençoa esta confusão há já três anos.

23e015a1-5daa-411e-ae9a-15b4edebf522

We Bless This Mess chega até este lançamento com 60 atuações somente durante 2017, entre as quais cinquenta fora de território português. Por entre tantos quilómetros percorridos, contam-se duas presenças em solo norte-americano, nas cidades de Nova Iorque e Austin.

"Ocean" é liricamente sincero e com um instrumental que vai direto ao assunto, não fugindo à regra do que tem vindo a ser a composição de We Bless This Mess. Tema sob a chancela da Oh Lee Music em parceria com a Lusitanian Music Publishing, desde o álbum-coletânea "Volume 1".

Gravado e misturado, em Londres, por Ricardo Monteiro "Screaming Culture" e masterizado por Pete Maher (U2, The Rolling Stones, Jack White, entre outros).

“Não Há Direito”… novo tema d’ Os Azeitonas disponível a partir de hoje

O novo tema d’ Os Azeitonas, “Não Há Direito”, está disponível a partir de hoje, 29 de Setembro nas plataformas digitais. O tema, dado a conhecer no fim de Julho, sucede aos singles “Cinegirasol” e “Fundo da Garrafa”, cujos vídeos se centravam num Jovem Garboso e nos seus desgostos amorosos. Com “Não Há Direito”, Os Azeitonas voltam à história do protagonista.

untitled-3

“Vindo de um recente desgosto amoroso, o Jovem Garboso encontra a sua solução nas melodias duma velha trompete, e passa a frequentar assiduamente o bar "Fundo da Garrafa", onde troca o balcão pelo palco.

Numa noite quente de Verão, J.G. discute a possibilidade de gravar um disco com o seu amigo Tatanka, e aproveita para lhe pedir uma opinião profissional, visto ter sido afligido por um caso súbito de “espancamento de retina”.

De acordo com Os AzeitonasNão Há Direito” é um “single não-single”. E a esse propósito adiantam: A estrutura da canção é irregular, O refrão tem grupos de três compassos em vez dos habituais quatro, Será que há refrão?, Existência (e insistência) de compassos irregulares, Existência de um dialogo com cerca de um minuto

 

No próximo mês de Novembro, e depois de um ano com uma forte digressão, Os Azeitonas fazem a sua estreia em formato acústico com banda completa em duas das mais emblemáticas salas do país: Grande Auditório do Centro Cultural de Belém (Lisboa) a 3 de Novembro e Sala Suggia da Casa da Música (Porto) no dia 22 de Novembro. Nestes concertos serão apresentados, com uma nova roupagem, temas bem conhecidos do público, como “Tonto de Ti”, “Quem És Tu Míuda?” ou “Ray-Dee-Oh”, e os mais recentes “Cinegirasol”, “Fundo da Garrafa” e “Não Há Direito” que farão parte do próximo álbum da banda, com data de edição prevista para o primeiro trimestre de 2018.

 

Ciro Cruz lança novo álbum... “Fénix”

Fénix” é o título do quarto álbum do baixista Ciro Cruz. Conta mais uma vez com convidados ilustres, como o grande acordeonista João Barradas, o génio do Hip Hop brasileiro MC Big Papo Reto e o super talentoso Raphael Lopes, com a sua voz inconfundível. O tema que dá nome ao álbum “Fénix”, expressa a força do renascer para a vida, interpretado pela força do baixo elétrico de Ciro Cruz.

image001

"Wyza" será o single de apresentação do álbum, e é um tema tributo ao músico Angolano Wyza Kendy. Uma homenagem ao amigo!

"One minute" tema produzido a partir de uma gravação solo autorizada pelo lendário baterista americano Bernard Purdie, dá um toque de jazz ao álbum.

 

"O Meu Maracatú" e "Rio de Janeiro" também são destaques e contam com o contributo dos grandes músicos Ricardo Branco, Nanã Sousa Dias, Pedro Azevedo, Nuno Tavares, Jeff Negreiros e Ivo Martins

“Cabaret Aleatório de Iguana Garcia já disponivel…

Já 'podemos cortar a fita' e entrar no “Cabaret Aleatório” de Iguana Garcia. O primeiro longa duração de originais da autoria de João Garcia já está disponível para escuta em quase todas as plataformas digitais.

O disco foi gravado, misturado e masterizado nos estúdios HAUS.

d17bb923-90e0-4527-8b45-4e71728a45d5

Tal como antecipado pelos primeiros singles do disco, “Não Sendo Nómada” e “60KF”, neste “Cabaret Aleatório” encontramos grooves distorcidos, ritmos dançantes, guitarradas e sintetizadores irreverentes que convocam tempos modernos com pés a bater nos anos 80 e climas que aquecem o sangue tanto a répteis como a humanos.

O concerto de lançamento do disco será a 4 de Outubro na festa de abertura do Tap Room da cerveja Musa e, se em “60KFIguana Garcia chegou a pensar “deixar de ser feliz para ser normal”, agora deixa essa hipótese cair por terra, assume que a vida é um cabaret e deixa o convite para virem beber cerveja da boa, ouvir a sua tropicália-alegre-vs-80s-obscuros, abanarem a cabeça no bar e até quem sabe, talvez dançar.

 

E, porque um bem nunca vem só, até 29 de Outubro podem fazer o download gratuito do disco aqui

Modalisboa apresenta… Fast Talks

A semana da Moda em Lisboa nunca será apenas uma apresentação de coleções, uma proposta de criadores ou uma antecipação das tendências da temporada. A semana da Moda em Lisboa será sempre mais do que isso: será a troca de ideias, o debater de opiniões, uma plataforma de diálogo constante, uma discussão permanente sobre a importância da Moda nas nossas vidas.

untitled-1

ModaLisboa LUZ não será por isso exceção. O nosso objetivo através dos desfiles, dos eventos, das produções e das criações, é continuar a pensar a Moda e nunca deixar de questionar a sua importância e relevo. Essa é uma das razões para a importância e destaque dado às Fast Talks. Porque é aqui, neste espaço público, que convocamos os nossos públicos a conversar sobre esta paixão que nos une, para fazer incidir uma luz sobre a dúvida e uma interrogação sobre as certezas.

As Fast Talks da ModaLisboa LUZ pretendem desta vez fazer cruzar a moda com a política, partilhando ideias e perspetivas com vários profissionais da indústria, críticos e artistas. Porque o mundo se tornou global e deixámos de poder apenas imaginar a Moda como enclausurada numa bolha, é urgente a discussão abrangente e o debate público.
 
A partir das 16h00, do dia 5 de Outubro, na Estufa Fria, em direto com a editora da i-D Germany, Alexandra Bondi de Antoni, a especialista em media e moda, Aurélia Vigouroux, o professor e diretor da Polimoda, Danilo Venturi, o marketeer e diretor criativo, Gonçalo Castel-Branco, e o consultor e jornalista, Misha Pinkhasov. O debate será moderado pela multidisciplinar Joana Barrios e transmitido em live stream em Redbull.pt.

"Eu"… disco de estreia d' Ela Vaz já disponivel

Eu e Ela

Primeiro, a voz d’Ela. Serena e firme, clara e directa, afirmativa. Voz de menina que sabe de onde vem e de mulher que sabe por onde vai. Depois, o canto d’Ela. Com palavras e música e sentimento, certezas feitas de perguntas, paisagens de céu e de mar. E gente.

Por fim, Ela e tudo o que d’Ela faz parte e aqui nos é revelado, nota a nota, em sons antigos e outros por inventar. Nesta voz e neste canto junta Ela o riso e o temor, a querença e a inquietude, o passado e o futuro. Agora e aqui, como sempre, e para sempre.

d8165e1c-2e55-40cf-85bd-81d6729bdc90

Einstein, que era sábio e gostava de música, dizia que «o importante é não parar de questionar». E é isso que Ela faz, em busca dos segredos da vida, do amor e da morte, ora em sussurro, ora como um grito.

Alegrias, tristezas, sonhos, ilusões, vontade. De tudo isto se faz o canto d’Ela, como a vida d’Ela, em demanda de um caminho certo tantas vezes feito de mais do que saudade, como uma insónia ou um baile em segredo que se revela nas voltas do mar.

Eu, isto que agora se vos apresenta em formato de cd, é o que resulta desta entrega d’Ela. Um registo que vai para lá da (muita e boa) música que está nele e das palavras que lhe dão sentido, um disco que nos canta.

E um rumo, definido com os poetas e os músicos que Ela quis ter por perto nesta hora de voo quase inicial. Corpo, alma e voz, em busca de uma harmonia de ser. Porque sim. E porque é assim que vale a pena estar.

 

Ela é tudo isto, e o mais que ainda será. E agora silêncio, que Ela vai cantar.

Aline Frazão parte em digressão pela América do Sul

A digressão mundial de Aline Frazão chega agora à América do Sul, com 6 datas no Brasil e Argentina, já no início de Outubro. Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Buenos Aires são as cidades que recebem os espectáculos a solo que revisitam toda a sua discografia.

aline

photo: Paulo Homem de Melo

 

Após o lançamento de “Clave Bantu” (2011) e “Movimento” (2013), Aline Frazão editou “Insular” (2015), gravado na Ilha de Jura, na Escócia, que veio confirmar o talento de uma das mais importantes compositoras e intérpretes da sua geração, ao apontar novos caminhos para uma música lusófona que agora se mostra orgulhosa na sua independência estilística, porque já abraçou o mundo, e foi capaz de saltar de pequenos nichos e palcos, para os grandes públicos ou festivais, sem nunca corromper a sua identidade, antes por causa dela.

 

Aline Frazão está agora a trabalhar no seu 4º álbum de originais, que será gravado no Brasil e tem edição prevista para 2018, ao mesmo tempo que integra o painel de compositores do Festival da Canção 2018 escolhido pela RTP e revelado esta semana.

 

Valeria Carvalho… Disco de estreia "Rui em jeito de Bossa"

Valeria Carvalho, actriz e cantora Brasileira do estado de Minas Gerais, tem um enorme reconhecimento em Portugal, onde se radicou em 1991, pelo seu desempenho no teatro, televisão e cinema. Na televisão portuguesa, trabalhou em várias novelas, séries e talk shows.

16855469_8b8Cn

É ainda criadora e directora da Casa da Língua Portuguesa. Porém, foi graças ao seu trabalho no teatro, e ao êxito formidável dos seus espectáculos, que ganhou a atenção e a admiração dos meios culturais: Chico em Pessoa (2012), em torno da obra de Pessoa e Chico Buarque de Holanda, que esteve presente na Casa Fernando Pessoa e em vários festivais.

 

Em 2014 apresentou o espectáculo musical "Rui Veloso em Jeito de Bossa" no Centro Cultural Olga Cadaval. É na sequência deste espectáculo que surge o álbum "Rui em Jeito de Bossa". O single de apresentação "Primeiro Beijo" conta com a participação de Mafalda Veiga.  

"Rui em jeito de Bossa" estará à venda no próximo mês de Outubro.

8º Aniversário Rádio Amália…

Há já 8 anos que o éter tem uma frequência totalmente dedicada à música mais portuguesa. A Rádio Amália está de parabéns e, como vem sendo hábito, a festa vai realizar-se em outubro, no Fórum Luísa Todi, em Setúbal, no dia 29.

RadioAmalia_8Aniversario_Newsletter_600px

Um cartaz de luxo vai subir ao palco, para celebrar o aniversário da rádio preferida dos apreciadores de Fado, e que é já uma frequência obrigatória, para ouvir em Lisboa 92.0 FM e Setúbal 100.6 FM.

Os primeiros nomes confirmados são: Rodrigo, Ana Sofia Varela, Buba Espinho, Sandra Correia e Inês Pereira. Atuarão a partir das 17h, prometendo duas horas de êxitos da canção mais lusa.
Mais confirmações serão dadas brevemente.

Gala Solidária de Fado GMASA

Em 2009 um grupo de escuteiros do agrupamento 1188 do Milharado, sensibilizado com os problemas de carência dos Sem Abrigo de Lisboa, resolvem ajudar a C.A.S.A (Centro de Apoio aos Sem Abrigo). Desde o inicio, aos domingos dirigiam-se a Lisboa para, num espaço em Benfica, ajudar na confeção de refeições que posteriormente distribuíam pelas ruas de Lisboa. À medida que o tempo passou, com o aumento das necessidades ao nível económico e de ajuda no terreno, para não abandonar a causa que apadrinharam, solicitaram a ajuda de pais e amigos para dar continuidade ao projeto. É assim que nasce o GMASA!

Image1.jpg

A paróquia do Milharado, reconhecendo a importância do projeto, cedeu um espaço nas instalações do Centro de Dia onde, todos os domingos, são confecionadas as refeições que depois são transportadas e distribuídas em Lisboa. O aumento da pobreza na região onde está inserido levou o GMASA a distribuir, em simultâneo, cabazes alimentares e refeições quentes às famílias mais carenciadas da região. Em setembro de 2014, com o crescimento progressivo do projeto, o GMASA torna-se oficialmente uma Associação sem Fins Lucrativos com sede provisória no espaço cedido pelo Centro Social e Paroquial do Milharado. Desde sempre, desenvolveram uma série de eventos com o objetivo de recolha de fundos que ajudam na missão da associação:.

 

Este ano, acontece a 7 de outubro, pelas 21h, no Auditório Beatriz Costa, em Mafra, a primeira gala de fado solidário. Este evento é organizado pelo GMASA, em conjunto com a Câmara Municipal de Mafra e com o apoio da VS Management.

O elenco é composto pelos fadistas António Vasco Moraes, Sandra Correia, Tânia Oleiro e Carlos Leitão que também acompanha, musicalmente, com viola de fado. A guitarra portuguesa está a cargo de Pedro Amendoeira e Jorge Carreiro assume o baixo. Do cartaz consta ainda a convidada especial, Joana Amendoeira.

Casa das Letras lança "A CIA No Vaticano" de Eric Frattini

Ninguém escapa aos serviços secretos norte-americanos. Todos são espiados, até mesmo Jorge Mario Bergoglio. Desde o Papa Pio XII que o Vaticano é espiado pela CIA. Tal como milhões de pessoas, incluindo chefes de Estado, papas e cardeais não escapam à vigilância dos serviços de informações norte-americanos. O próprio Jorge Maria Bergoglio, hoje Papa Francisco, foi espiado, assim como os cardeais que o elegeram.

cia_no_vaticano

No livro "A CIA no Vaticano", que acabou de chegar às livrarias portuguesas, editado pela Casa das Letras, o jornalista de investigação e ensaísta Eric Frattini mostra como as agências norte-americanas, e a CIA em particular, têm registado, estudado, recolhido informação e comentado os movimentos e declarações de todos os Papas, em 30 anos de Santa Sé. Frattini passou a pente fino telegramas, cartas, documentos de arquivo classificados como «confidenciais», «secretos» ou «privados», destacando os momentos e os movimentos a que os Estados Unidos dedicaram mais atenção.

 

Com base em mais de 300 documentos inéditos, mostra como o peso político deste pequeno Estado em assuntos internos de outros países tem sido inversamente proporcional ao seu tamanho. E porque é que os serviços de informação dos Estados Unidos sempre levaram em linha de conta o Vaticano, com a sua densa rede de relações diplomáticas. Frattini explora mais uma vez um dos seus temas de eleição - o Vaticano - para mostrar que a CIA considera este pequeno, mas grande Estado, em termos de influência, uma das principais e mais fiáveis fontes de informação sobre o que se passa no mundo.

 

Eric Frattini nasceu em Lima, em 1963, foi correspondente no Médio Oriente e especializou-se em assuntos de segurança e serviços de informações, sendo o Vaticano uma das áreas de eleição das suas investigações. Realizador e guionista de dezenas de documentários de investigação para as principais cadeias espanholas de televisão, colabora assiduamente em diferentes programas de rádio e TV. Ministra frequentemente cursos e conferências sobre segurança e terrorismo islâmico a várias forças policiais, de segurança e inteligência em Portugal, Espanha, Grã-Bretanha, Roménia e Estados Unidos. Entre os seus livros de não-ficção destacam-se: Os Espiões do Papa, Os Papas e o Sexo, Mossad, Cosa Nostra, Os Abutres do Vaticano, CIA: Jóias de Família, entre outros.Traduzido para diversas línguas, é editado em 47 países.