Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

SonicBlast'17… Cartaz fecha com The Cosmic Dead e The Great Machine

Os hipnóticos e psicadélicos The Cosmic Dead e os intensos israelitas, The Great Machine, juntam-se ao alinhamento do SonicBlast'17, substituindo os Kadavar que cancelam a sua passagem por Moledo.

0009823390_10

Os escoceses The Cosmic Dead, com mais de 300 concertos realizados, são uma das novas confirmações para o cartaz oficial do SonicBlast'17. Os seus sons hipnóticos, que atravessam o imaginário psicadélico e o universo do Krautrock, já foram ouvidos um pouco por todo o mundo, passando sempre por alguns dos maiores palcos dedicados a este género de música.

 

Já os The Great Machine aproximam-se de Moledo para trazer uma imensa descarga de energia. Com a sua combinação de Stoner, Heavy Psychedelic e Doom, o trio sobressai-se com a sua presença poderosa em palco, já contando com vários concertos pela Europa fora, incluindo passagens pelo Rotormania Festival, Freak Valley Festival e uma digressão conjunta com os All Them Witches, que passaram pela edição de 2016 do Festival.

 

Segundo uma nota da organização do SonicBlast 2017 "os Kadavar cancelaram a sua presença no festival devido a motivos pessoais" a nota refere ainda que "fizemos os possíveis para não desiludir os fãs do SonicBlast e confirmamos de imediato duas novas bandas no alinhamento que estava fechado".

 

O alinhamento anteriormente anunciado mantem-se e no primeiro dia do SonicBlast'17 podemos contar com nomes como Elder, Monolord, Kikagaku Moyo, Black Bombaim, The Well, Yuri Gagarin, Stone Dead, It Was The Elf, Holy Mushroom e Bar de Monjas.

Já o segundo dia conta também com Acid King, The Machine, Sasquatch, Death Alley, Dead Witches, Toxic Shock, Blaask Heat, Löbo, Vinnum Sabbathi e Ana Paris.

 

O SonicBlast'17 volta à localidade de Moledo, Caminha, com os melhores nomes do stoner rock, doom e heavy. Durante os dois dias, os festivaleiros poderão ver mais de 24 concertos e contar com um óptimo ambiente, não fosse o festival um encontro perfeito entre praia, piscina, surf, skate e muito rock.

Jamie Cullum invade os Jardins de Serralves…

No dia 28 de Julho, o belíssimo Jardim de Serralves no Porto, vai receber um dos maiores artistas de sempre, Jamie Cullum, para um concerto que promete ser muito especial.

Jamie-Cullum-HD-Wallpaper_

Num dos jardins mais notáveis do mundo esta promete ser uma noite única, ao som do piano e dos muitos temas, como “Don´t Stop de Music” ou de “Edge of Something”, Jamie Cullum vai cantar, tocar e encantar.

 

O multifacetado pianista, cantor e compositor Jamie Cullum é a maior estrela de Jazz do Reino Unido. O músico britânico, um astro maior do Jazz, deixou a sua marca no mundo da música através da sua originalidade e criatividade: sabe como ninguém polvilhar o Jazz com sons contemporâneos e Pop. Mas sem esquecer a multiplatina com “Twentysomething” e todo o seu conhecimento e amor pela música que o fizeram crescer nos palcos de todo o mundo. Vencedor de um Grammy, dois Brit Awards, dois Globos de Ouro, entre outros prémios conquistados.

 

Jardim de Serralves (Porto)

28 de Julho 2017 | 20.30h

Sensible Soccers são os protagonistas do segundo Cais à Noite na Costa Nova

Depois do sucesso do primeiro sábado do Cais à Noite, o novo ciclo de concertos de música eletrónica no Cais Criativo na Costa Nova, em Ílhavo, em que os Mirror People puseram mais de uma centena de pessoas a dançar na acolhedora sala branca do Cais, são os Sensible Soccers que descalçam a bota da segunda ronda.

SensibleSoccers

Em 2013, os nortenhos puseram milhares de pessoas a olhar para nove homens a dançar descoordenadamente durante dez minutos. Era o videoclip de “Sofrendo por você”, faixa que os tornou muito rapidamente os meninos bonitos da cena eletrónica alternativa. Em 2014, lançam o seu primeiro longa-duração, ainda eles eram quatro, intitulado “8”, unanimemente considerado pela imprensa nacional como um dos melhores discos editados nesse ano. Já eram os meninos bonitos de toda a gente. Em 2016, passam a trio, sai “Villa Soledade”, o seu segundo disco.

 

Os seus concertos são uma experiência que vai muito para além da música que editam, precisamente o que pede o Cais à Noite. O concerto começa às 21:30, mas as portas do Cais Criativo abrem às 19:00. Depois do espetáculo, a festa continua com o dj Zé Nuno, da Ballroom.

 

O “Cais à Noite” é uma parceria do 23 Milhas, projeto cultural do Município de Ílhavo, com a Tomorrow Comes Today, uma conferência internacional de música que decorre em outubro deste ano na cidade do Porto, e que se associa com algumas das bandas pré-selecionadas para o Showcase Festival, que decorre em simultâneo com a conferência.

Até setembro, atuam ainda os Los Luchos, os First Breath After Coma, os Holy Nothing e os White Haus.

 

Alt-J apresenta novo disco em concerto dia 6 de Janeiro

A agenda de concertos de 2018 começa em grande com a apresentação do novo disco dos britânicos Alt-J num concerto em nome próprio, dia 6 de janeiro, em Lisboa. O trio sobe ao palco do MEO Arena nos primeiros dias do ano para apresentar aos fãs o terceiro registo de originais, “Relaxer”.

alt-J-TIAY-01-credit-Gabriel-Green_Low

photo: Gabriel Green

 

Depois de um concerto no passado dia 6 de julho no NOS Alive’17, onde a banda teve a oportunidade de ver uma multidão conquistada com os novos temas revelados em primeira mão, o trio traz agora a Portugal o espetáculo próprio de apresentação deste novo trabalho, que entrou diretamente no Top de vendas no Reino Unido e que com pouco tempo de vida já recebeu fortes elogios da crítica especializada.

 

Alt-J, Joe Newman, Gus Unger-Hamilton e Thom Green,  é uma das mais bem-sucedidas bandas britânicas de sempre. “Relaxer” sucede o aclamado “Is All Yours” e o premiado “An Awesome Wave”. Os dois primeiros álbuns somaram em vendas mais de dois milhões de cópias e os streamings das suas músicas ascenderam os dois bilhões de audições.

 

MEO Arena (Lisboa)

6 de Janeiro 2018 | 20.30h

Marafona assalta o Castelo de Trancoso!

O festival Música no Castelo, em Trancoso, acolhe Marafona já neste fim-de-semana, dia 22 de Julho, a partir das 00h30, na noite de sábado para domingo.

1605a7be-2577-411f-b164-f04f3f838d5d

Formado em 2014, desde então o grupo tem percorrido os mais diversos palcos nacionais e internacionais, levando um imaginário popular reinventado em novos sons e novas histórias, com uma diversidade tímbrica de instrumentos acústicos e de influências musicais, que fazem deste quinteto uma sonoridade muito própria e característica no panorama musical português.

 

Em 2016 editaram o seu primeiro disco “Está dito!”, largamente destacado pela imprensa especializada pela sua originalidade e qualidade, quer nos arranjos, como na interpretação dos músicos.

Marafona é constituída por Artur Serra (voz, adufe e berimbau), Gonçalo Almeida (guitarra portuguesa, cavaquinho, campaniça e trancanholas), Daniel Sousa (guitarra clássica), Cláudio Cruz (contrabaixo) e Ian Carlo Mendoza (percussões).