Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Galardão de Ouro para a Viagem Medieval

A Viagem Medieval acaba de ser premiada em Espanha com o Galardão de Ouro dos Prémios Eventoplus, na categoria “Melhor Evento Cultural”. A gala de entrega dos troféus realizou-se esta quarta-feira, 5 de julho, no Palácio Vistalegre, em Madrid. Este é o quarto prémio internacional atribuído ao evento de recriação histórica de Santa Maria da Feira em menos de 2 anos e a 11ª distinção arrecadada desde 2008.

Prémios Eventoplus_Melhor Evento Cultural_VM

“Mais uma vez vemos reconhecido trabalho das pessoas de Santa Maria da Feira, que com o seu esforço, persistência e know-how conseguem competir com eventos internacionais de referência, o que representa muito para uma cidade pequena, mas empreendedora e inconformada como a nossa”, refere o presidente da Câmara, Emídio Sousa, que recebeu o prémio em Madrid, juntamente com o diretor-geral da empresa municipal Feira Viva, Paulo Sérgio Pais.

 

Para o autarca de Santa Maria da Feira, que há muito vem defendendo a internacionalização dos grandes eventos do território, o reconhecimento da Viagem Medieval pelos players internacionais do setor é mais uma alavanca para a afirmação e promoção internacional do evento, mas também do destino Santa Maria da Feira e Norte de Portugal. Recorde-se que, em janeiro deste ano, em Dublin, Irlanda, a Viagem Medieval conquistou o primeiro prémio “Best Cultural Event” nos Global Eventex Awards 2017 e o segundo prémio “Grand Prix Best Event Eventex”. Dois prémios internacionais que vieram juntar-se ao Prémio Cidade de Castellón, atribuído por nomeação à Viagem Medieval pela Fundação Moros d’Alqueria (Comunidade Valenciana, Espanha), em fevereiro de 2016.

 

A 21ª edição da Viagem Medieval realiza-se no centro histórico de Santa Maria da Feira de 2 a 13 de agosto de 2017, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, empresa municipal Feira Viva e Federação das Coletividades de Cultura e Recreio do Concelho. Ao longo de 12 dias serão recriados episódios do reinado de D. Afonso IV, tendo como mote a “trilogia dos horrores” – Fome, Peste e Guerra.