Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

André Indiana ao vivo no Fórum da Maia

André Indiana é, sem dúvida, um dos mais versáteis músicos da sua geração, firmando a sua carreira como cantor, compositor, guitarrista, multi-instrumentista e produtor.

Influenciado por Stevie Wonder e Jimi Hendrix, bem como pela cultura negra americana, editou em 2003 o seu primeiro álbum, “Music for Nations”, o qual produziu os singles “Electric Mind” e “I Do”, que alcançaram os tops das rádios nacionais. Durante a tournée de apresentação do disco, é de destacar ainda a mini digressão que realizou com Robert Plant, vocalista dos míticos Led Zeppelin.

83714800-ec7e-4f61-9c0c-035e3957cd83.jpg

Em 2006 lançou o álbum “Destilled and Bottled”, gravado com uma orquestra de várias dezenas de músicos, e cuja produção veio demonstrar o amadurecimento e perfecionismo do músico portuense.

Em 2010 surgiu o terceiro disco de originais, “X-Glamour”, que marcou a estreia de André Indiana como produtor independente.

Em finais de 2013, André Indiana editou um álbum homónimo, que promoveu na estrada, através duma digressão que se estendeu pelo país e pelo estrangeiro. Do disco sobressaem dois temas de grande sucesso, “Like a Legend”, em dueto com Mónica Ferraz, que atingiu o primeiro posto das rádios nacionais, e “Goodbye Tomorrow”, single que teve forte presença nas TVs e Rádios de todo o país. É ao vivo que se podem testemunhar as qualidades únicas de compositor, intérprete e performer de André Indiana.

 

Fórum da Maia

10 de Junho 2017 | 21.30h

Nova companhia de dança dá os primeiros passos no Dia Mundial da Criança

Nada mais apropriado… a novíssima Companhia de Dança de Matosinhos vai nascer no Dia Mundial da Criança. Os primeiros passos da trupe criada por Diana Amaral e Sara Silva vão ser dados a 1 de junho, no Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery, com a estreia, em tripla apresentação (às 10, 11 e 15 horas), da coreografia “A Bailarina Espe(ta)cular”.

bailarina2.jpg

Em cena estarão Sara Silva e um objeto cénico criado pelo coletivo de arquitetos Moradavaga, dando corpo à coreografia que Manuel Tur criou a partir de um texto da poetisa Regina Guimarães (e a que Sara Pinto Pereira emprestará a voz).

Especular”, dizem os dicionários, é um adjetivo “relativo a espelho” – o reverso permanente do trabalho das bailarinas, seu oponente e companheiro. Mas “especular”, o verbo, também significa “investigar”, experimentar” e “observar com atenção”. Da especulação especular da bailarina nascerá, pois, o espetáculo.

 

Uma menina-mulher bailarina pouco certeira, inseparável da sua caixa, da qual vemos sair tudo o que não pudemos supor, nem soubemos imaginar. Uma menina-mulher bailarina que não apenas cabe dentro do espelho, mas que o usa como guia e bengala... Uma menina-mulher bailarina que tem algo para nos contar, algo para nos fazer ver: o que talvez era a sua força-fraca torna-se no que a faz única”, diz o texto de apresentação da coreografia.

 

Para além de “A Bailarina Espe(ta)cular”, o Dia Mundial da Criança será assinalado em Matosinhos com a apresentação, às 18 horas, no salão nobre dos paços do concelho, do livro “João Abraço”, lançado pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e ilustrado por crianças do segundo ciclo de escolas do concelho. Na Biblioteca Municipal Florbela Espanca, a partir das 14h30, decorrerá uma oficina criativa onde as crianças vão construir uma flor, símbolo de liberdade e de paz.

 

ISEC Lisboa promove Encontro de Indústrias Criativas

Nos próximos dias 30 e 31 de maio, a Escola de Artes e Indústrias Criativas do ISEC Lisboa vai promover um ciclo de conferências e workshops de design, produção gráfica e indústrias criativas, sob o nome Clip 2017. Eduarda Abbondanza, presidente da Associação ModaLisboa, é uma das oradoras convidadas e vai partilhar com o público o seu know-how em Design de Eventos.

Clip2017.jpg

Identidade corporativa e packaging, marketing digital e social media, pensamento estratégico, inovação em design, gestão da cor são os temas das conferências que integram o programa. Entre os oradores estão profissionais de diferentes áreas do design e indústrias criativas, nomeadamente Eduarda Abbondanza (ModaLisboa), Rui Marcelino (Alma Design), Vasco Colombo (designer gráfico), entre muitos outros.

 

Além das conferências, o Clip 2017 inclui também workshops em e-pub, tipografia, serigrafia, estampagem, fotografia, paginação, publicidade, desenho, entre outros. A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição obrigatória no website da escola