Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Best Youth actuam no Eurosonic em 2017 após a “Demo Tapes Tour"

Os Best Youth actuam no Eurosonic Noorderslag, que decorre na Holanda de 11 a 14 de Janeiro de 2017 e que terá Portugal como país em destaque.

1476713838

A confirmação no evento, que se assume como uma plataforma para a música europeia que atrai anualmente milhares de promotores de festivais, produtores musicais, editores e empresas de agenciamento, acontece numa altura em que os Best Youth estão com vários projectos além fronteiras, a anunciar em breve.

Em Portugal, durante o mês de Novembro, Ed Rocha Gonçalves e Catarina Salinas percorrem as salas mais intimistas do país, para apresentarem as suas músicas em versão “demo”, contando ao público, entre canções, a história por detrás das mesmas e as várias soluções que o processo de criação lhes foi exigindo.

Novidades e clássicos da música portuguesa chegam às lojas em vinil…

Novos discos de António Zambujo, Luisa Sobral, Rita Redshoes e Rodrigo Leão & Scott Matthew, bem como álbuns conceituados de Carlos do Carmo & Bernardo Sassetti, Heróis do Mar, Mário Laginha, Pedro Abrunhosa e Sérgio Godinho são recuperados no formato.

capasvinil

A partir de 18 de novembro e até ao início de 2017, serão editados pela primeira vez em vinil diversos álbuns de artistas portugueses. Nesse dia será lançado “Life Is Long”, disco de Rodrigo Leão em colaboração com Scott Matthew, que atingiu recentemente o 1.º lugar do top de vendas digitais em Portugal, além de também liderar a tabela de vendas da Fnac. Na mesma data, e também inédito no formato, a Universal edita “Canções e Fugas”, de Mário Laginha, um disco de 2006, que é um dos trabalhos mais singulares do pianista e que celebra este ano 10 anos da sua edição.

 

O álbum de estreia dos Heróis do Mar faz agora 35 anos após a sua edição original, e será reeditado em vinil também a 18 de novembro, com a faixa extra “Amor”.

Também a comemorar 35 anos sobre a sua primeira edição está "Canto da Boca", o álbum que Sérgio Godinho editou em 1981 e que inclui os êxitos “Com Um Brilhozinho Nos Olhos” e “Espalha A Notícia”. É reeditado a 2 de dezembro, juntamente com “Até Pensei Que Fosse Minha”, homenagem de António Zambujo às canções de Chico Buarque, que ocupa neste momento o #1 de top de vendas. "Tempo", o segundo álbum de Pedro Abrunhosa e um dos mais famosos do artista foi lançado há precisamente 20 anos e conta com canções como "Se Eu Fosse Um Dia O Teu Olhar" ou "Não Dá". É editado pela primeira vez em vinil a 16 de dezembro, numa edição que recupera um disco marcante da década de 90.

 

A colaboração entre Carlos do Carmo e o pianista Bernardo Sassetti em 2010 resultou num disco que agora recebe uma edição inédita em vinil também a 16 de dezembro. Mais novidades de 2016 vão receber uma edição em vinil: os novos discos de Luísa Sobral e Rita Redshoes (“Luísa” e “Her”, respectivamente) vão igualmente receber uma edição especial em vinil, o primeiro a sair a 16 de dezembro, e o segundo no princípio de 2017.

Metallica lançam vídeos para todas as canções de “Hardwired… To Self-Destruct”

Os Metallica acabam de anunciar o lançamento de vídeos para cada uma das canções do seu próximo álbum, “Hardwired… To Self-Destruct”, campanha que arrancou já hoje no site www.metallica.com, sendo divulgado um novo vídeo de duas em duas horas através de vários parceiros editoriais espalhados pelo globo. Os vídeos foram rodados um pouco por todo o mundo e darão assim oportunidade aos muitos fãs dos Metallica de ouvir este tão aguardado disco dois dias antes de ser editado.

Metallicafoto

Entre os realizadores escolhidos para este projeto estão: Jonas Åkerlund, que trabalhou com a banda no passado em “Turn the Page” e “Whiskey in the Jar”, os fotógrafos Herring and Herring, Colin Hakes (“Hardwired”), Clark Eddy (“Atlas Rise”), Tom Kirk (“Moth Into Flame”), Claire Marie Vogel, Jessica Cope, Rob Valley, Phil Mucci e o próprio realizador dos Metallica, Brett Murray. Estes vídeos sucedem-se aos telediscos já revelados de “Hardwired”, “Moth Into Flame” e “Atlas, Rise”.

 

Veja em baixo os horários (em Portugal) em que cada vídeo será divulgado:

Quarta-feira, 16 de novembro

17h – “Dream No More” (Realizado por Tom Kirk) - Gshow Globo, Brasil

19h – “Confusion” (Realizado por Claire Marie Vogel) – Rolling Stone, EUA

21h – “ManUNkind” (Realizado por Jonas Åkerlund) – Bravewords, Canadá

23h – “Now That We’re Dead” (Realizado por Herring & Herring) – Pitchfork, EUA

 

Quinta-feira, 17 de novembro

01h00 – “Here Comes Revenge” (Realizado por Jessica Cope) – Triple M, Austrália

03h00 – “Am I Savage” (Realizado por Herring & Herring) – Ro69.JP (Rockin’ On), Japão

05h00 – “Halo On Fire” (Realizado por Herring & Herring) – BiLD / Metal Hammer, Alemanha

07h00 – “Murder One” (Realizado por Robert Valley) – Le Parisian, França

09h00 – “Spit Out The Bone” (Realizado por Phil Mucci) – NME, Inglaterra

11h00 – “Lords of Summer” (Realizado por Brett Murray) – Aftonbladet, Suécia

 

Hardwired… To Self-Destruct” estará disponível em duas edições, 2CD e duplo vinil, sendo o sucessor do multiplatinado “Death Magnetic”, de 2008. “Hardwired… To Self-Destruct” está ainda disponível em regime de pré-venda em www.metallica.com nos formatos CD, vinil, digital, Deluxe e Deluxe Deluxe. Greg Fidelman, engenheiro de som e responsável pelas misturas de “Death Magnetic”, produziu o álbum.

 

“Rendufe”… retrato da gravação de “Mergulho” do Filho da Mãe estreia em Dezembro

Em 2015, duas residências artísticas colocaram dois artistas de expressões díspares num confronto metafísico com resultados indeléveis: Filho da Mãe registou o seu “Mergulho” na pedra do Mosteiro de Santo André de Rendufe, em Amares, enquanto Miguel Filgueiras, realizador, trabalhava a sua residência sobre os dedilhados e rendilhados de Rui Carvalho.

untitled.jpgO resultado, em metatexto de vida própria, poderá ser visto já em Dezembro, altura em que “Rendufe", retrato de Miguel Filgueiras sobre esses tempos de “Mergulho” no profundo Minho de Amares, será estreado a propósito dos festivais de cinema documental Porto/Post/Doc e MUVI. No evento portuense, a estreia acontece a 1 de Dezembro e contará com um concerto do próprio Filho da Mãe.

 

A residência artística de Miguel Filgueiras na companhia de Rui Carvalho decorreu durante o passado mês de Novembro de 2015, numa iniciativa do festival Encontr’Arte Amares, que acontece de dois em dois anos, em parceria com a Lovers & Lollypops. Miguel Filgueiras é um cineasta de Viana do Castelo que recolheu a sua primeira atenção mediática e internacional em 2013, aquando da estreia de “Alto do Minho”. O filme esteve em exibição nos Estados Unidos, Canadá, Austria e Estónia, entre outros países, e percorreu diversos eventos de cinema portugueses, recolhendo distinções de lés-a-lés.

 

Mergulho”, do Filho da Mãe, foi editado no início do ano com o selo da Lovers & Lollypops.

Ricardo de Sá apresenta EP “Epifania”

O EP “Epifania” é o novo trabalho musical de Ricardo de Sá. Após o sucesso do álbum “Histórias” editado em formato digital pela Farol Música em 2014, Ricardo de Sá apresenta o EP “Epifania”. São cinco temas com uma nova atitude e irreverência.

image001

Simultaneamente Ricardo de Sá lança os videoclips dos cinco temas do EP, “Pessoa Errada”, “Não Te Quero Mais”, “Histórias”, “Fantasia” e “És Tu”

Epifania” usa a música ao vivo para fazer entender e compreender melhor o conteúdo do álbum “Histórias”.

As palavras e os sons ganham mais força e permitem ter uma experiência próxima de um concerto. É a forma de encerrar esta história e começar a contar uma nova.

Fuzzil apresentam videoclip do novo single… "Worms"

Oriundos de Alcobaça e sem rótulo aparente, os Fuzzil trazem consigo uma mistura agressiva de fuzz com vocais melódicos. Influenciados pelas ondas psicadélicas dos 60's/70's e toda a panóplia dos anos 90, buscam novas sonoridades provenientes dos antigos mestres.

a0871617617_10

"Worms" é o mais recente single dos Fuzzil, e aborda a lavagem cerebral feita pelos media no mundo inteiro, criando a analogia de "minhocas na mente".
Nos dias de hoje somos bombardeados com informação por todo o lado, toda ela extremamente atrativa aos nossos sentidos. A banda pergunta-nos se nos importamos com a veracidade dessas informações e incentiva-nos a fazê-lo. Dão assim continuidade ao lema "música como uma arma" seja ela uma critica, um incentivo ou um modo de vida.

Compostos por Daniel Costa (voz/guitarra), Leonardo Baptista (voz/guitarra), Alexandre Ramos (voz/bateria) e Wilson Rodrigues (baixo), lançaram o seu primeiro EP "Boiling Pot" em Novembro de 2015, tocando ao lado de bandas como Greenleaf, Miss Lava, The Sunflowers, Fugly, Stone Dead, Besta, The Black Wizards, Asimov, Bottlecap, Maize, Fuzz e Galgo.