Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Livros… “João XXI O Papa Português”

Se há vidas excepcionais que merecem ser contadas, esta é uma delas.

Passam em 2016, 740 anos da aclamação de Pedro Hispano ao lugar mais alto da Igreja Católica.

Quem era afinal este homem, que ficou conhecido como João XXI?

 

untitled.jpg O historiador Armando Norte percorre a vida de João XXI nas suas três principais facetas: o homem, o intelectual e o pontífice. O seu nome de baptismo, Pedro Julião, convida-nos a olhar para as suas raízes, remetendo para os anos iniciais da sua vida e para o percurso que construiu, desde muito cedo, no interior da Igreja.

Já a designação de Pedro Hispano, pela qual ficou conhecido nos meios intelectuais, liga-o de imediato ao cientista, ao académico e à autoridade incontestada que também foi. E, por fim, o seu nome apostólico, João XXI, evoca o seu pontificado e a curta carreira que protagonizou na Cúria Romana enquanto papa.

Uma vida que foi uma trajectória longa e improvável, quando se olha para um indivíduo originário de um reino ultraperiférico – sendo Portugal a periferia de uma periferia, chamada Península Ibérica – que parecia condenado à obscuridade, mas que se tornou papa. Uma obra essencial para resgatar do esquecimento a vida e a obra desta figura ímpar da História de Portugal.

 

 

Edição: Esfera dos Livros

Festival Flamenco de Lisboa esta de regresso…

O Festival de Flamenco de Lisboa está de volta ao coração da capital para apresentar no Teatro da Trindade três espetáculos distintos. Com nove anos de existência, o evento continua a surpreender e provavelmente será esta a sua edição mais audaz, na qual se procura exultar o lado mais luminoso e misterioso da guitarra, do baile e do cante flamenco.

FFL2016 SD.jpgCabe ao quarteto de Javier Conde as honras de abertura do festival, no dia 26 de Outubro. Conhecido como “miúdo revelação” da guitarra flamenca, é reconhecido pelo seu respeito pelos mestres e pelo seu próprio “compás” flamenco e adivinha-se que venha a ser um dos grandes pilares da guitarra e do flamenco da Extremadura no mundo. No espectáculo que apresenta em Lisboa “El flamenco y su vibrante mundo” serão interpretados alguns dos estilos mais representativos do flamenco.

Um concerto que está inserido na Experimenta Extremadura, um projecto bianual, que pretende despertar o interesse e conhecimento da Extremadura em Portugal, com a realização de diversas iniciativas à qual o Festival Flamenco de Lisboa se associou.

 

Intrigante e certamente original, será o espetáculo que a Columna Flamenca, uma companhia de Flamenco criada em Lisboa em 2016 pela Associação Flamenco Atlântico, irá estrear. A companhia conta com artistas de várias nacionalidades: portugueses, espanhois e marroquinos. No dia 26 de Novembro, estreiam a sua primeira criação, CORPO SONORO, um tríptico intimista de baile flamenco, inspirado no texto “Rayuela” do escritor Júlio Cortazar, nos poemas de Federico Garcia Lorca e no álbum “Street Hassle” de Lou Reed, gravado em 1978.

 

O Festival Flamenco de Lisboa, termina no dia 27 de Novembro, com mais uma estreia em Portugal, desta vez: Manuel Fernández Montoya, “El Carpeta”, da dinastia “Los Farruco” e irmão mais novo de Farruquito. O Flamenco corre-lhe no sangue e na raça mas conseguiu criar o seu espaço com a alma aberta e a sua forma de bailar o Flamenco. Uma noite onde se apresentará o presente e o futuro do novo baile flamenco.

 

Simultaneamente, estão agendadas duas actividades paralelas que permitem vivenciar a Arte Flamenca e que se realizam no Espaço Flamenco Atlântico, às 18h00: aulas de Guitarra, no dia 26 de outubro e aulas de Baile, no dia 26 de novembro. O Festival é organizado pela Flamenco Atlântico, associação cultural sem fins lucrativos.