Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Rodrigo Leão & Scott Matthew lançam álbum, "Life is Long", a 30 de Setembro

“Life Is Long”, o muito aguardado disco de parceria entre Rodrigo Leão e Scott Matthew está quase a chegar. O lançamento está marcado já para o próximo dia 30 de setembro. ´

Desde o primeiro encontro, em 2011, que a dupla tem sossegadamente vindo a trocar ideias, emoções, canções, pelo meio de carreiras que os têm levado aos quatro cantos do mundo. Dois percursos que se cruzam quando tem de ser: aconteceu primeiro com “Terrible Dawn” em A Montanha Mágica, depois com “Incomplete” em Songs, e agora dá origem a um álbum inteiro assinado em parceria.

rodrigo-leão.jpgAqueles que já os viram juntos em palco sabem o quão ricos estes encontros podem ser, de como a voz doce e profunda de Scott e a as melodias e orquestrações encantadoras de Rodrigo Leão se unem na perfeição. Este álbum é mais um passo nesta parceria tão frutuosa.

Entretanto, “Life Is Long” ainda está disponível em regime de pré-venda no iTunes, sendo que no dia 25 de setembro será disponibilizada uma nova canção deste disco, “Death Defying”, que se sucede a “Unnatural Disaster”, “The Fallen”, “Enemies” e “That’s Life”, o primeiro single. Esta é uma oportunidade única de ouvir antes do álbum chegar às lojas algumas das canções que fazem deste encontro entre Rodrigo Leão e Scott Matthew tão especial e único.

Life Is Long” é a história de um encontro improvável que provou ser inevitável, entre um compositor conhecido pelas suas melodias enlevadas e uma voz que as leva ao patamar superior de magia. “That's Life” é a primeira amostra do que podemos ouvir em “Life Is Long”: um disco de uma beleza discreta mas arrebatadora, como só Rodrigo Leão e Scott Matthew poderiam fazer juntos.

Essa magia será vivida novamente em palco, tendo os dois músicos já um concerto marcado para o Coliseu do Porto, a 4 de novembro, no âmbito do Misty Fest

Minta & The Brook Trout levam "Slow" em mini digressão pelos EUA

"Slow", terceiro álbum dos Minta & The Brook Trout continua em suave viagem e vê, já na próxima semana, a sua edição americana ser lançada em K7. Para assinalar a ocasião, a banda de Francisca Cortesão atravessa o Atlântico, cruza os E.U.A. e chega à California para 7 concertos de apresentação.

GLAM - Minta.jpgphoto: Paulo Homem de Melo

 

As delicadas paisagens sonoras inspiradas na mitologia da folk americana encontram assim o cenário perfeito.

A digressão nos E.U.A. conta com as seguintes datas:

 

1 de Outubro 2016 – Merced @ The Old 78

4 de Outubro 2016 – São Francisco @ Amnesia (Lançamento da edição americana de "Slow" em K7) c/ Talk of Shamans, Poor Things, Ry Pieri Art Boss

5 de Outubro 2016 – Modesto @ Deva Cafe c/ Poor Things, Levi Minson

6 de Outubro 2016 – Emeryville @ Scandinavia c/ Ghost Town Jenny, Johanna Warren

7 de Outubro 2016 – TBA

8 de Outubro 2016 – São Francisco @ NOISE Record Shop (In-store) + Fortress Callossum c/ Drawing Water, Secret Cat

UHF Sinfónico... a festejar o dia mundial da Musica no Forum Luisa Todi

Na sequência da 9ª edição do prestigiado Festival da Orquestra Nacional de jovens, na Figueira da Foz, realizada no passado mês de Julho, apresenta-se em repetição, um concerto muito marcante na história dos dois agrupamentos musicais.

uhf.jpg

Pela primeira vez, o grupo UHF subiu ao palco do Grande Auditório do CAE para, em simultâneo com a Orquestra Nacional de jovens, realizarem um concerto que agora se recria em Setúbal para as comemorações do Dia Mundial da Música. Sob direção do Maestro Cristiano Silva, Diretor Artístico do Festival ONj, a banda liderada por António Manuel Ribeiro promete recordar os temas que marcaram gerações e com sonoridades nunca antes ouvidas. “Cavalos de Corrida”, “Rua do Carmo”, Menina que Estás à Janela”, serão alguns dos temas interpretados.

 

UHF

Voz: António Manuel Ribeiro

Guitarra: António Côrte-Real

Baixo: Cebola

Bateria: Ivan Cristiano

Raquel Tavares apresenta o álbum "Raquel" no Caixa Alfama

Raquel Tavares vai apresentar o seu mais recente disco “Raquel” editado em Maio deste ano, no Festival Caixa Alfama, no Palco Caixa pelas 00:10.

Em “Raquel”, o seu terceiro e mais recente disco, continua a ser esse Fado, a sua essência.

raquel.jpgMesmo refletindo a pulsação do presente, ou não fosse esta enorme coleção de canções produzida por Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt, é sempre de Fado que se trata, do mais sentido respeito pelo seu peso e tradição, quando ouvimos Raquel Tavares.

Por isso é o Fado que junta alguns dos mais importantes compositores da moderna lusofonia, como Caetano Veloso, Mallu Magalhães, Rui Veloso, António Zambujo, Miguel Araújo, Jorge Cruz e Tiago Bettencourt, a nomes incontornáveis da sua História, de Alfredo Marceneiro a Pedro Homem de Mello, passando por João Dias, Carlos Rocha ou Arlindo de Carvalho. E é o Fado que persiste quando Raquel recebe a companhia de Carlão, Rui Veloso, António Serrano e Rui Massena. O primeiro tema de apresentação deste trabalho chama-se “Meu Amor de Longe” e actualmente conta já com mais de 1.100 000 visualizações no Vevo.

 

Porque o Fado e Raquel Tavares são um ser só. Uno e singular. É isso que a distingue. É isso que faz de “Raquel” um disco especial. E intemporal.