Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

O Ritual está de volta ao Porto…

O Ritual está de volta à cidade do Porto. A caminho de comemorar os 25 anos de existência, as Noites Ritual estão de regresso mais uma vez ao magnífico cenário dos Jardins do Palácio de Cristal para mais dois dias de concertos gratuitos e um conjunto de atividades paralelas, a Feira Ritual e o Palco Ritual.

GLAM - Marta.jpgphoto: Paulo Homem de Melo

 

Fechando uma vez mais a temporada de festivais de verão em Portugal, a 24ª edição das Noites Ritual terá este ano lugar a 23 e 24 de Setembro, numa organização da Câmara Municipal do Porto, através da Porto Lazer. Mais uma vez apostando em exclusivo na música portuguesa, no lançamento de bandas emergentes, nas atividades paralelas, Feira Ritual e o Palco Ritual (que este ano volta à Concha Acústica na Avenida das Tílias), as Noites Ritual têm já definido o seu cartaz musical para os 2 dias

 

23 de Setembro 2016

22.00 - The Black Zebra (Palco Ritual / Concha Acustica)

22.50 - Fandango (Palco Noites Ritual)

00.05 - Palankalama (Palco Ritual / Concha Acustica)

00.50 - Marta Ren &The Groovelvets (Palco Noites Ritual)

 

24 de Setembro 2016

22.00 - The Twist Connection (Palco Ritual / Concha Acustica)

22.50 - Peixe:Avião (Palco Noites Ritual)

00.05 - Cru (Palco Ritual / Concha Acustica)

00.50 - Sean Riley & The Slowriders (Palco Noites Ritual)

 

A Abertura de Portas esta prevista para as 20h00 com o início dos Concertos agendado para as 22h00. A Glam Magazine associa-se este ano ao evento sendo Perceiro / Media Partner das Noites Ritual.

TRC Zigur Fest’16 encerra o Cartaz…

Roundhouse Kick, Killimanjaro, Berlau & AM Ramos, Marvel Lima, Solar Corona, Fazenda e OZO são as últimas confirmações para os dias 2 e 3 do TRC ZigurFest. Por sua vez, Leviatã, Citizen:kane, Rapaz Improvisado, Homem em Catarse e Desterronics estarão responsáveis por agitar as hostes no dia 1 de Setembro, que marca o arranque oficial do festival em Lamego.

Com estas últimas confirmações - algumas delas resultantes do trabalho feito em parceria com o Um Ao Molhe, a Extended Records e o Desterro - fica encerrado o alinhamento estelar para a edição deste ano do festival.

tr.pngComo tal, podem desde já consultar o alinhamento e horários dos concertos aqui.

Vale a pena lembrar que os concertos de dia 1 (gratuitos) decorrem em três espaços emblemáticos da cidade de Lamego: Soldado Desconhecido, Coreto do Jardim da Câmara e a recém-construída Alameda do Castelo.

Nos dias 2 e 3, o TRC ZigurFest regressa ao formato tradicional, com concertos no Teatro Ribeiro Conceição e na Rua da Olaria.

Ana Moura na capa da prestigiada Songlines antes do regresso a Londres

A poucas semanas de retomar a digressão europeia, Ana Moura é capa da mais recente edição da revista britânica Songlines, a publicação de referência mundial no âmbito da World Music. A artista actua no próximo dia 26 de Setembro em Londres, no Barbican Center. Esta será a sua segunda apresentação londrina do ano, depois de um primeiro concerto em Abril no Cadogan Hall, que viu as suas 1000 cadeiras esgotarem com três meses de antecedência.

mouracapa.jpgA Songlines analisa, nesta última edição, o trabalho de Ana Moura ao longo dos últimos dois álbuns, através dos quais reafirmou a sua identidade artística na exploração de sonoridades habitualmente distantes do Fado que, na sua música, se fundem num único estilo e abrem um novo ciclo para a música portuguesa.

"Moura" encontra-se desde o lançamento no top nacional de vendas e atingiu recentemente a marca de dupla platina. Continua a caminhar juntamente com "Desfado", ambos no Top 10 dos mais vendidos em Portugal

Peter Murphy revisita carreira em Vilar de Mouros…

Peter Murphy, um dos mais icónicos nomes do indie/rock britânico, regressa a Portugal já amanha ao alinhamento do Festival Vilar de Mouros. Depois uma uma passagem em Maio com 2 concertos que esgotaram a Casa da Música no Porto e a Aula Magna em Lisboa, o regresso para a primeira noite do já mítico festival é um dos momentos mais aguardados.

GLAM - Peter Murphy.jpgphoto: Sergio Magalhães / Glam Magazine

 

Estes concerto faz parte de um numero muito reduzido de espetaculos do músico britanico e que revisita quatro décadas de êxitos de uma carreira absolutamente grandiosa. A voz forte de Peter Murphy trará assim um ambiente de saudosimo e celebração musical ao Festival.

Peter Murphy ganhou fama mundial como mítico vocalista dos Bauhaus tendo iniciado a sua carreira a solo em meados dos anos 80, sendo hoje dono de vários álbuns de sucesso, entre eles os aclamados “Deep”, “Love Hysteria” ou “Holy Smoke”.

 

Natural de Northampton forma em 1978 juntamente com Daniel Ash (que viria a formar os Love and Rockets), David J e Kevin Haskins os Bahaus, banda que marcou uma viragem musical em finais dos anos 70 na Inglaterra. Percursores de uma sonoridade única, foram inspiração para um conjunto de bandas surgidas nessa altura. Fala-se de um estilo muito próprio, o punk gótico que surge igualmente de alavanca à projeção das chamadas editores independentes.

 

Blossoms… A banda sensação britânica está há duas semanas no 1.º lugar do top UK

O ano de 2016 é definitivamente dos Blossoms. Desde que em janeiro a BBC os elegeu como um dos grupos a ter mais em atenção o nome Blossoms não passou mais despercebido e, agora que acaba de chegar ao mercado o seu álbum de estreia, homónimo, a crítica e o público rendem-se completamente às canções indie pop viciantes do grupo britânico.

blossoms_art.jpgAliás, o disco encontra-se há duas semanas consecutivas no 1.º lugar de vendas do top do Reino Unido. A imprensa não tem mesmo poupado elogios à música da jovem banda, comparando-os a nomes como The Stone Roses ou The La’s: “Os Blossoms saltaram do seu cavalo de Tróia como heróis modernos do rock”, escreveu a NME, que distinguiu com 4 estrelas o álbum da banda.

 

A banda tem também merecido comparações a outros grandes nomes da música como os Arctic Monkeys, Depeche Mode ou The Doors, pela forma como cruzam ambientes psicadélicos com synth pop e uma sensibilidade indie, numa sonoridade que tem tanto de único como de familiar.

Os Blossoms são um grupo de melhores amigos, tendo todos nascido em Stockport, pequena cidade junto a Manchester. Aliás, o nome da banda surgiu precisamente de um pub inglês que ficava no caminho do autocarro para Manchester. Foi em 2013 que estes cinco amigos se decidiram juntar, depois de já tocarem separadamente noutros grupos.

Este primeiro álbum que está a gerar um grande fenómeno no Reino Unido foi gravado nos Parr Street Studios, em Liverpool, e produzido por Rich Turvey e pelo mentor sónico da banda, James Skelly, com quem já tinham trabalhado nos EPs “Blown Rose”, “Charlemagne” e “At Most A Kiss”.

4º Aniversário Cultur'Arte Mag com cartaz completo…

A Cultur'Arte Mag nasceu em 2011, em Coimbra, como uma magazine online ao serviço da cultura. Nascida do sentimento de querer fazer mais pelo que é "nosso", e com uma acção multidisciplinar, a Cultur'Arte Mag procura, então, contribuir para a difusão dos agentes e actividades culturais.

00.jpgphoto: Tiago Paiva

 

As comemorações do 4º aniversário completam-se com os The White Knights. De Braga, Luís Machado, Rui Geirão, André Branco e Tiago Gomes preparam uma estreia contagiante em Coimbra, marcada pelo espirito do surf garage rock e tutti fruti!

Bem disposto, o quarteto bracarense gosta de viajar pelo mundo energético do garage rock, sem medos, e de conquistar tudo e todos com as suas danças frenéticas. Por isso, toca a levar aquele sapato para dançar!

Senhoras e senhores… “Uma Nêspera…no Coliseu”

Três amigos, Bruno Nogueira, Nuno Markl e Filipe Melo, são os responsáveis pelo podcast de culto - "Uma Nêspera no cu". Durante duas temporadas, este trio chocou o país com uma série de dilemas morais perturbadores, num exercício semanal de demência e de liberdade de expressão. Agora, ao vivo e com convidados, irão partilhar com o público uma edição especial do programa, nas salas mais emblemáticas do país.

Nespera_Coliseus_Extra_Newsletter.pngInicialmente abertos 2 espectáculos, 1 em Lisboa e 1 no Porto, a loucura instalou-se e já temos 5 Coliseus! 3 em Lisboa e 2 no Porto. Será a última oportunidade de ver e ouvir o finíssimo "Uma nêspera no cu", uma vez que depois destes espectáculos o projecto termina.

 

Nota importante: todos os espectáculos terão dilemas e convidados diferentes. Portanto podem sempre perder o amor à vida e ir a todos.