Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

O Sol da Caparica… Horários para o dia 12 de Agosto…

Foi esta quinta-feira, 11 de Agosto que arrancou a edição de 2016 do Festival O Sol da Caparica. A celebração da música invade a Costa da Caparica para mais uma edição do festival, que cada vez mais é uma referencia em Portugal. Segundo o Presidente da Camara de Almada, Joaquim Estêvão Miguel Judas, “O Festival é uma dessas amarras que prendem o Sol à Costa da Caparica. Lazer, Cultura, Amizade, Imaginação, Confraternização”

o sol.jpgO Alinhamento do dia 12 de Agosto é o seguinte:

 

Palco SIC/RFM

20.00 - Cristina Branco & Mario Laginha Trio

21.00 - Diogo Piçarra

22.00 - Jorge Palma & Sergio Godinho “Juntos”

23.15 -  Aurea

00.30 - The Gift

02.00 - Djeff Afrozila

 

Palco Blitz

18.00 - Roda de Choro de Lisboa

19.00 - Elida Almeida

20.00 - Melech Mechaya

21.00 - Mundo Segundo & Sam The Kid

22.00 - Jimmy P

 

Palco Dança

17.30 - Warm Up/Animação

18.45 - MG Boos

19.45 - Conviction Crew + The Future Iz Us + Feel It Crew

20.45 - Bollywood Showit + Hip Hop Show It + Breakdance

21.45 - Mokapancos + Lil Malaikes + Krump

23.00 - MG Boos + Feel It Crew / Encerramento

 

Debaixo da Lingua

18.00 - À conversa com Jimmy P, Diogo Piçarra e Rui Miguel Abreu

19.00 - Leituras de Poesia por Tom

19.30 - Apresentação do “Prémio Literário UCCLA: Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa”, c/ a presença do editor João Pinto de Sousa (A Bela e o Monstro), do vencedor da 1a edição, João Nuno Azambuja e do director cultural UCCLA Rui Lourido

 

Lounge Floresta

17.00 - Monstra - Selecção de Filmes de Animação

20.00 - 30 Anos de Música Portuguesa com Zé Pinheiro

22.00 - Monstra - Selecção de Filmes de Animação

01.00 - 30 Anos de Música Portuguesa com Zé Pinheiro

Jazz em Agosto na Gulbenkian… Z-Country Paradise

Z-Country Paradise é o paraíso sonhado por Frank Gratkowski e traduzido no desejo antigo de juntar uma banda com inequívoca inclinação para o rock. Durante anos, o saxofonista foi testando várias formações até se fixar no presente conjunto de músicos (com a presença nuclear da cantora Jelena Kuljic), coincidentes nesta forma endiabrada de promover o encontro entre música com uma pulsação vigorosa e a poesia de Jean-Arthur Rimbaud, Charles Simic e Gabriele Günther.

ZCountry-Paradise-©Oliver-Potratz.jpgphoto: Oliver Potratz

 

Palavras e notas numa irresistível combustão sonora..

 

Anfiteatro ao Ar Livre / Gulbenkian (Lisboa)

12 de Agosto 2016 | 21.30h

Thunder & Co. tem a missão de agitar o Sziget festival

O Sziget Festival, em Budapeste na Hungria arrancou ontem, dia 10 de Agosto, aquele que é um dos maiores festivais de música e performance da Europa, durante sete dias dá vida à “Ilha da Liberdade”.

Durante uma semana, mais de meio milhão de festivaleiros, originários de cerca de 80 países, irão ocupar a ilha e participar nas centenas de atividades, concertos e espetáculos de diversos géneros artísticos.

Thunder_and_Co.pngphoto: Promo

 

No dia 14 de Agosto, pelas 23 horas, Thunder & Co. atuam no Europe Stage antes do DJ português Groove Salvation. Portugal assume uma representação de peso no palco que promove talentos emergentes da música europeia, dando visibilidade adicional a banda com reconhecido potencial de internacionalização.

A música nacional está em destaque no palco de talentos emergentes após uma parceria de internacionalização entre a Bússola – Plataforma para o Desenvolvimento Artístico e o Sziget Festival.

Tom Chaplin, vocalista dos Keane, estreia-se a solo

O primeiro single será “Quicksand” e integra um conjunto de 11 temas escritos por Chaplin e produzidos por Matt Hales (Aqualong, Lianne La Havas).

tom.jpgphoto: Promo /DR

 

As músicas foram gravadas entre Pasadena (Califórnia) e Londres e são defenidos como temas “honestos e revigorantes” em que a voz de Tom aparece carregada de emoção. O álbum conta uma história que começa num lugar obscuro e termina de forma leve, sentindo-se essa progressão a cada tema.

Destacam-se “Still Waiting” onde Tom explora os altos e baixos da vida, enquanto que “Hardened Heart”, que já tem vídeo disponível, é mais intimista já que o cantor fala, de forma muito honesta e objetiva, sobre as suas lutas e experiências pessoais. “Quicksand” traça a linha ténue entre alegria e desespero culminando com um refrão que é igualmente sincero e inspirador.

“The Wave”, que já se encontra em pré-venda, é a primeira experiência de Tom Chaplin fora dos Keane, a banda britânica que dispensa apresentações. Entre 2004 e 2013, cinco álbuns chegaram a número um, tendo vendido milhões de cópias em todo o mundo.

Gil do Carmo estreia o vídeo de "A Menina do Calção Branco"

A Menina do Calção Branco” é um dos cartões de visita do quarto registo de Gil do Carmo, um disco cuja história se desenrola nas suas influências: do jazz ao fado, world music e bossa nova, em canções tão diferentes como “Flor de Sal” ou o primeiro single “O Teu Cheiro a Café Torrado”.

gil.jpgNeste trabalho, Gil conta com a colaboração de músicos que o ajudaram a encontrar um espaço próprio, como Yami, António Serrano, João Frade ou José Manuel Neto.

Mas sobre o novo single, quem escreve é Rui Zink:

“É Jazz, é fado, é blues, é samba? É uma coisa estranha e estranhamente familiar, esta voz multipolar a uma voz. Fado-caipirinha, samba-tinto, fado que se pode dançar, MPB que nos pede alguma melancolia – em mistura (sábia) com alegria. Música que se bebe, tanto quanto se escuta.

Terá Gil do Carmo inventado uma nova forma musical? Não sei. Mas inventou sem dúvida um novo”

“Singular”… o novo disco da Badi Assad

Singular” é o novo disco de Badi Assad, que será lançado nas próximas semanas pela editora Eldorado. O disco foi lançado recentemente nos Estados Unidos e Europa, sendo agora editado na terra natal da artista como parte das comemorações de 25 anos de carreira da cantora, compositora e violonista.

Captura de Tela 2016-07-18 a_s 16_47_51.pngComo avanço do seu 14º disco, a faixa “Entrelaçar”, composição de Badi, está disponível para download gratuito no site da cantora. Diferente do disco anterior, "Amor e Outras Manias Crônicas", totalmente autoral, desta vez Badi volta também sua atenção para composições de outros artistas, especificamente da cena jovem internacional independente.

O sucesso "Royals", da neozelandesa Lorde, ganha sonoridade brasileira pelo violão-voz de Badi e percussão de Simone Sou, além de videoclipe gravado numa fábrica de engarrafamento de água em Águas da Prata (SP).

Patinho Feio apresentam o vídeo "Poesia Má"…

Foi em 2013 que António Justiça (que já tinha feito parte de vários projectos musicais), surgiu com a ideia de um novo projecto. Juntaram-se, André Imaginário (guitarra), Rui Valentim (teclas) Filipe Pires (baixo) e João Malaquias (bateria) e formaram a banda Patinho Feio.

pf.jpgCom um ano de 2015 pleno de concertos, surge em Junho de 2016 o primeiro disco “Para Não Se Estar Calado”.

O rock em Português está vivo, de boa saúde, recomenda-se e Patinho Feio está aí para provar isso mesmo. O single de estreia chama-se "Poesia Má" e agora a banda apresenta o vídeo.

“Muddy Water”… o novo Single de Max Costa

O músico brasileiro Max Costa acaba de estrear “Muddy Water”, portentoso single blues rock com uma mensagem conscienciosa, inspirado no desastre ambiental ocorrido em Novembro passado na Barragem de Fundão, em Minas Gerais, que desalojou habitantes, contaminou bacias hidrográficas e destruiu o habitat de várias espécies.

Muddy Water” é o single de avanço do primeiro álbum a solo do músico, “The Storyteller”, a ser editado ainda este ano com o selo da Music For All.

Max Costa_promo.jpgphoto: Promo /DR

 

Max Costa nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, mas mudou-se para Porto Alegre logo após o nascimento onde viveu até à idade adulta. Aprendeu a tocar violão quando passou no exame de admissão para a faculdade de Engenharia Química, tendo feito parte da formação de diversas bandas de rock e blues.

No início da década de 2000 lançou dois discos independentes com a Banda Dive-POA. Compõe em inglês por considerar que esta é a língua do Blues. Tem por característica uma voz agressiva e rasgada, que faz com que os seus blues sejam ainda mais tocantes.

Com mais de 20 anos de carreira, apresentou-se ao serviço de várias bandas, sempre enquanto vocalista, como a Get Up (nos anos 90), Dive-POA (música autoral no inicio dos anos 2000, com os quais lançou dois trabalhos) e com a Free Riders Blues Band na Serra Gaúcha.