Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

O mundo “crazy” de Seal no EDP Cooljazz (Reportagem)

À quarta noite do Festival EDP Cooljazz 2016, muda-se para o parque dos Poetas. Seal era o anfitrião de uma noite que levou uma enchente ao estádio do Parque.

Depois de uma primeira passagem em 2011 pelo mesmo festival, o regresso, bastante aguardado de Seal ao EDP Cooljazz, aconteceu esta quarta-feira num concerto onde o artista britânico, a comemorar os seus 25 anos de carreira, conseguiu cativar com muito “amor” um público fiel, que celebrou uma noite muito especial onde a palavra “crazy” fez todo o sentido.

DSC_0208 (Cópia).jpgE foi ao som de “Crazy” que Seal entrou em palco com um ritmo frenético que colocou o estádio em pé. Ritmo frenético que manteve com o tema “Killer”, o seu primeiro trabalho lançado já no longínquo ano de 1990 com ajuda de Adamski. Romântico por excelência, Seal não perde a oportunidade de interagir com o público, descendo do palco, sentindo o pulsar dos fãs.

Mas voltando ao mote de inicio do concerto, Seal fala de um mundo “crazy”, de um mundo que não percebe o que esta a acontecer, de um mundo que o marca, sobretudo depois de ter estado em Nice na véspera do concerto de Oeiras. “O mundo precisa de amor”, é essa a sua esperança, e como esperança para um mundo “menos crazy” dedica “Prayer for the Dying” às vitimas da tragêdia de Nice, afirmando que uma canção forte é tão ou mais importante que 10 segundos de silêncio.

DSC_0293 (Cópia).jpgHi everybody this is Isaac...”, desta forma Seal prossegue o concerto de uma forma acústica depois dos ritmos alucinantes do arranque da noite. Ao som de “Sara Smile” (um original de Hall & Oates), “Love”, “Every time I’m with you” e “Don’t cry”, o lado (sempre) romântico de Seal, sobressai das letras das suas canções interpretadas em formato acústico. Em perfeita harmonia com o público, Seal não deixa de apresentar as suas canções, mesmo quando apresenta temas menos conhecidos do público, incluídos no seu mais recente disco “7”, chegando mesmo a perguntar quem é que tinha o novo disco.  

DSC_0359 (Cópia).jpgVoltando à loucura do mundo (“crazy”) recupera o tema dos Tears for FearsMad world”, um tema sempre atual e que fez parte do seu imaginário musical dos anos 80. Numa retrospetiva de carreira recua até 2003 com “My vision” e 2007 com o tema “The Right Life”.

Regressa para o encore com o esperado “Kiss from a Rose” onde partilha a canção com o público presente. Sem dúvida um dos pontos altos a nível musical do concerto de Seal.

Termina o concerto, de lenço ao pescoço oferecido por uma fã, em ambiente de dança, agarrando mais uma vez o público até ao último segundo do concerto com uma canção incluída no seu mais recente álbum “7”.

DSC_0386 (Cópia).jpgApresentando-se em palco de uma forma minimalista, Seal conseguiu conquistar os (seus) fãs de uma forma onde o amor, mas também a revolta com o mundo estiveram presentes, na mensagem que quis transmitir junto do público Português. De fora ficaram os temas mais soul da sua carreira espelhados nos dois discos editados por Seal dedicados aos grandes mestres da Soul Music.  

 

Alinhamento

- Crazy

- Killer

- Daylight Saving

- Do you ever

- Prayer for the Dying

- Love’s divine

- Sara smile

- Love

- Every Time I’m with you

- Don’t Cry

- Mad World

- My Vision

- The Right life

 

encore

- Kiss from a Rose

- Life on the dance floor

 

DSC_0691 (Cópia).jpgA primeira parte do concerto de Seal esteve a cargo dos Portugueses HMB, a banda sonora perfeita para o arranque da noite, com as suas sonoridades soul cantadas em Português, e que de uma forma carinhosa não deixaram os seus créditos por mãos alheias.

 

Reportagem: Sandra Pinho

Fotografias: Paulo Homem de Melo

MEO Sudoeste… Programação Palco EDP e horários disponíveis

A 20ª edição do MEO Sudoeste chegará com ainda mais cor e de movimento, com o novíssimo Palco EDP. Jukebox Crew e os BLKBRDS fazem a programação deste palco, trazendo para o Festival a dança, aliada à música tocada ao vivo, uma surpresa para não dar descanso aos festivaleiros.

pppp.pngO conceito é simples, mas de sucesso assegurado, música e dança numa simbiose perfeita. Os BLKBRDS são um coletivo liderado por Vasco Alves e Vítor Fonseca aka Cifrão, que harmoniza de forma celebratória hip hop, rock, electro e funk inspirados nos anos 80. A eles, num enlace irrepreensível, os Jukebox Crew. Existem desde 2008 e são uma das “crews” mais reconhecidas de street dance com projeção Internacional. O projeto foi fundado por Vasco Gonçalves (coreógrafo de “Achas que sabes dançar?” e “The Voice”), conta com bailarinos como Fausto Belluci e Gonçalo Cabral – finalistas do “Achas que sabes dançar?” – e outros de enorme talento que colaboram com artistas como Agir, MGDRV, entre outros.

 

As atuações contarão ainda com alguns convidados para participações especiais: Virgul, NBC e April.

Os horários dos concertos estão já disponíveis e podem ser consultados aqui….

Filipa Cardoso completa cartaz do Palco Caixa na “Noite de Alfama”

A cerca de dois meses do Festival Caixa Alfama o cartaz está quase completo.

Na noite que se dedica a Alfama, no Palco Caixa, teremos 3 espetáculos muito especiais. A menina da terra Raquel Tavares será o nome maior desta noite, outro momento marcante será a homenagem que será feita a Beatriz da Conceição, da qual farão também parte Artur Batalha, Diogo Rocha, Sara Correia, Maura Airez, Miguel Ramos e Pedro Galveias.

GLAM - Filipa.jpgphoto: Paulo Homem de Melo

 

Anuncia-se agora “a cereja no topo do bolo” com o concerto de Filipa Cardoso a completar esta noite de luxo. É ainda apresentada a programação completa do Clube Lusitano, um dos novos espaços do festival, e do Palco Caixa Futuro na Sociedade Boa União dedicado a apresentar jovens vozes que asseguram o futuro do Fado.

 

Filipa Cardoso cresceu no bairro típico de Lisboa "Alto do Pina". Aos 15 anos de idade canta na “Taverna do Embuçado”, onde passou a ser presença diária, e na “Taverna d´el Rey”. Em 2004, concorre à Grande Noite do Fado, em Lisboa e vence. Depois de passar por várias casas de Fado reconhecidas, estabelece-se no elenco privativo do Sr. Vinho, de Maria da Fé. Segue-se também o Teatro de Revista. Em 2005 deve-se assinalar o lançamento, numa edição de autor, do seu primeiro CD, “Fragmento do Fado”. Em 2007, participa no Festival RTP da Canção, num dueto com Edmundo Vieira. Em 2009, lança o seu segundo álbum “Cumprir Seu Fado”, com a participação de Argentina Santos no tema "Fado da Herança".

 

O Palco Caixa Futuro, na Sociedade da Boa União, receberá um conjunto de novos talentos que prometem confirmar-se como nomes sólidos do Fado: Luana Velasquez, João Leote, Margarida Ribeiro, Mariana Botas, Pedro Pereira, Bárbara Santos, Rodrigo Figueira e Beatriz da Conceição. O Palco que já lançou nomes como Kiko, que acabou de editar novo álbum, promete voltar a ser um viveiro de novos talentos

 

O Clube Lusitano é um espaço centenário com princípios que encaixam nas premissas do Festival. A união e a solidariedade são valores inabaláveis da associação fundada em 1905. Por lá, desde sempre, a promoção de iniciativas de cariz cultural, artístico, lúdico e desportivo. Como lugar para o Festival Caixa Alfama, receberá fadistas com viagem e obra iniciadas há muito, e outros que, com o mesmo brio e dedicação dos “mais “velhos”, procuram inscrever-se na história do Fado. Os nomes que cantarão no Clube Lusitano são José António, José Quaresma, Silvino Sardo, Lino Ramos, Ana Margarida, Rui Vaz, Linda Rodrigues e Ana Marta, e durante os dois dias do Festival mostrarão todo o seu talento e paixão pelo Fado.

 

Já confirmados

Aldina Duarte, Ana Margarida, Ana Marta, António Parreira, António Pinto Basto, Artur Batalha, Bárbara Santos, Beatriz, Beatriz da Conceição, Carla Pires, Carminho, Diogo Rocha, Filipa Cardoso, Gisela João, Fábia Rebordão, Fado Nação – Maria da Nazaré e António Passão,  FF Fernando Fernandes, Guilherme Banza, João Leote, Kiko, Linda Rodrigues, Lino Ramos, Luana Velasquez, Madur, Marco Oliveira, Marco Rodrigues, Margarida Ribeiro, Maria Ana Bobone, Mariana Botas, Marina Mota, Maura Airez, Miguel Ramos, João Casanova, José António, José da Câmara, José Quaresma, Paulo Parreira, Pedro Calado, Pedro Galveias, Pedro Pereira, Raquel Tavares, Rodrigo Figueira, Ricardo Parreira, Ricardo Ribeiro, Rui Vaz, Sangre Ibérico & José Gonçalez, Sara Correia, Silvino Sardo, Vânia Duarte

 

Reverence Valada Festival 2016… vencedores do concurso nacional de bandas e novas confirmações

No passado sábado, dia 16 de julho, o Centro Cultural do Cartaxo recebeu a final do concurso nacional de bandas promovido pelo Reverence Festival Valada. Moloch e Ossos D'Ouvido de Benavente foram as bandas vencedoras e fazem agora parte da programação oficial do Festival nesta sua 3ª edição, integradas na programação do palco Indiegente com curadoria de Nuno Calado.

Dois vencedores divididos em duas categorias: Moloch é uma banda oriunda de Lisboa, ganhou o concurso para banda nacional e atua no dia 10 de setembro, e Ossos D'Ouvido, uma banda de Benavente, ganhou o concurso para banda local e atua no dia 9 de setembro.

the-veldt-peterborough-3-credit-alexander-kretov.jNoutras notícias do Festival, Farflung, banda que se preparava para arrancar com a sua digressão europeia, cancelou as datas em todo o continente por motivos pessoais. Com isto, lamentavelmente, a sua presença no Reverence Festival Valada 2016 foi também cancelada. Vindos de Nova Iorque, The Veldt (na fotografia) são o novo nome que se junta assim à programação oficial do Festival e que promete dar de si depois de, recentemente, ter feito uma digressão conjunta com os Brian Jonestown Massacre.

 

As Reverence Sunrise Sessions voltam, também, nesta 3ª edição do Festival. Os Ozric Tentacles vão encerrar o segundo dia do Festival com um concerto ao nascer do sol, marcado para as 3H30 da manhã e acabando às 6H00 da madrugada de sábado.

Na madrugada de domingo, das 5h00 às 6H00 as Reverence Sunrise Sessions ficam a cargo dos Summer of Hate - artistas portuenses do psych/drone -, responsáveis pelo encerramento do festival.

 

O Reverence Festival acontece nos dias 8, 9 e 10 de setembro no Parque de Merendas de Valada, Cartaxo, e integra mais de 50 das melhores bandas de rock nacionais e internacionais, incluindo The Sisters of Mercy, The Brian Jonestown Massacre, Killing Joke e The Damned

Max & Iggor Cavalera apresentam "Roots" na íntegra no Hard Club

Para comemorar os 20 anos de “Roots” o icónico álbum dos Sepultura, os irmãos Max & Iggor Cavalera, ex-vocalista e ex-baterista da banda de metal brasileira, estão de regresso à estrada para celebrar as duas décadas de um dos mais aclamados discos do género.

rootscover.jpgOs irmãos Cavalera, fundadores de uma das maiores bandas de metal de todos os tempos, conseguiram em 1996 com o álbum “Roots” garantir a eternização do nome Sepultura. O álbum foi vencedor de vários discos de ouro nos EUA, Austrália, Canadá, França, Áustria, Holanda e Reino Unido. O disco contou com mais de dois milhões de cópias vendidas por todo o mundo.

 

Hard Club (Porto)

6 de Novembro 2016 | 20.00h

António Zambujo e Miguel Araújo… últimos concertos em Beja e na Maia

António Zambujo e Miguel Araújo já fizeram história, ao conseguirem, no mesmo ano, actuar 28 vezes nos Coliseus de Lisboa e Porto. Ficava apenas a faltar um final memorável para esta saga. Por vontade de ambos, esta aventura terminará nas suas terras natais: Beja e Maia.

foto4.jpgEm Beja, os concertos serão no Pax Julia Teatro Municipal, e as duas datas anunciadas ontem - 27 e 28 de Outubro - esgotaram em poucas horas, pelo que se confirma mais uma data (a terceira e última em Beja): 29 de Outubro. Os bilhetes estarão à venda na próxima segunda-feira, pelas 14h.

 

Brevemente será anunciada a data na cidade da Maia.

CORDIS encerra o 8º Festival das Artes nos Jardins da Quinta das Lágrimas

No ano em que se realiza a 8º edição do conceituado Festival das Artes - Festival de Verão realizado no Anfiteatro Colina de Camões, nos Jardins da Quinta das Lágrimas, em Coimbra -  o CORDIS tem o privilégio de actuar na ultima noite - 31 de Julho pelas 21:30 - garantindo um encerramento do Ciclo da Música com grandes emoções.

CORDIS FA 2.jpgO piano de Paulo Figueiredo e a guitarra portuguesa de Bruno Costa serão acompanhados pelos instrumentos de cordas dos 4 músicos que compõem o Quarteto Arabesco bem como pelos instrumentos de sopro (saxofones e flauta transversal) de Edjam.

Viagem Medieval com áreas aromatizadas…

A Viagem Medieval em Terra de Santa Maria associou-se à Nortempresa, após o desafio lançado pela organização aos jovens empreendedores da indústria das essências, para aromatizar alguns dos espaços mais emblemáticos do evento, com inspiração na Rainha Santa Isabel. Assim nasce a fragrância “Isabel” que na passada quarta-feira, 20 de julho, fez o seu primeiro happening aquando da inauguração da exposição “20 anos em Viagem”, no Museu Convento dos Lóios, e por lá ficará até ao final do evento. A Loja Interativa de Turismo, a Loja Oficial da Viagem Medieval e o Castelo d’Isabel são outras áreas que estarão aromatizadas durante o evento.

viagem3.jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Arquivo Glam Magazine

 

Esta fragrância especial tem como notas aromáticas em evidência a Flor de Lotus, que encerra em si significados como a pureza, a perfeição e a paz; a Flor de Laranjeira, que retrata e simboliza Portugal com leveza e caráter; e, por fim, as Rosas, que aludem à Rainha Santa e ao milagre que a Igreja lhe atribuiu na sua mais plena bondade.

 

A Nanotecnologia associada ao Marketing Olfativo é uma aposta desta empresa de Braga, que, em parceria com a Universidade do Minho, tem aplicado os seus investimentos estratégicos no âmbito da I&D do Marketing Olfativo, uma área com muito para descobrir e explorar e que, comprovadamente, desperta as melhores sensações, deixando as melhores memórias olfativas em quem vive esta experiência puramente sensorial.

A XX Viagem Medieval em Terra de Santa Maria decorre de 27 de julho a 7 de agosto de 2016, no centro histórico de Santa Maria da Feira, e vai recriar episódios do reinado de D. Dinis. O evento é organizado pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, empresa municipal Feira Viva e Federação das Coletividades de Cultura e Recreio do Concelho.

E do Brasil… Betina lança single "Carne de Sereia"

Betina revela mais um single de seu disco de estreia. “Carne de Sereia", é a faixa título, é aquela que trata dos encontros e das imperfeições, das transmutações das relações ao longo da vida, mas principalmente de como o verdadeiro amor nunca morre. Enquanto ela brinca com a voz e as palavras num cenário onde a lágrima vira mar, um time infalível assume a sonoridade.

betina.jpgA música tem a participação de Chiquinho e Missionário José, do Mombojó; a produção de China; mix de Diogo Valentino, do Supercordas e master de Buguinha Dub. O disco de Betina, “Carne de Sereia”, será lançado no dia 5 de agosto, em todas as plataformas digitais e streaming.

 

Vagos Metal Fest 2016… Fleshgod Apocalypse e Betraying The Martyrs

A 13 e 14 de Agosto a capital nacional do Metal é na Quinta do Ega em Vagos, com um cartaz cuidado, num festival onde o Folk Metal se cruza com o Death. Onde o Thrash encontra o Black Metal, onde o Industrial pára para ouvir o Heavy Metal.

O Vagos Metal Fest marca o início de um novo festival de Heavy Metal, que disputará atenções com os melhores festivais Ibéricos.

cartaz_vmf_df_004_b.jpgNão existem no Vagos Metal Fest barreiras de género – é um Festival com todos para todos. Fleshgod Apocalypse e Betraying The Martyrs são as novas confirmações para o Vagos Metal Fest

Festival Para Gente Sentada… Mallu Magalhães a primeira confirmação

A décima segunda edição do Festival Para Gente Sentada está de regresso a Braga nos dias 16 e 17 de Setembro. Mallu Magalhães é a primeira artista confirmada.

GLAM - Mallu.jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Arquivo Glam Magazine

 

A jovem cantora paulista, que começou a compor as suas próprias músicas aos 12 anos, tornou-se um fenómeno da internet e cativou, desde cedo, o público. Ao Festival Para Gente Sentada traz “Saudade”, onde apresenta o seu repertório a solo, bem como passagens por Banda do Mar, em formato voz e viola.

O Festival Para Gente Sentada é uma co-produção da Ritmos, da Câmara Municipal de Braga, do Theatro Circo e do GNRation. Braga voltará a ser anfitriã do Festival com os concertos a terem lugar no Theatro Circo, GNRation e em vários espaços da cidade.

Concertos Gratuitos Casino Estoril arrancaram ontem à noite…

Os Grandes Concertos do Casino 2016 estão de regresso ao Estoril e arrancam ontem à noite com uma programação de luxo. Todas as quintas-feiras, de 21 de julho a 8 de setembro, o Casino Estoril vai receber alguns dos maiores artistas nacionais com oito concertos de entrada livre. Ana Moura, Tiago Bettencourt, Luís Represas, Pedro Abrunhosa, Clã, Deolinda, HMB e António Zambujo são os nomes que compõem este cartaz.

GLAM - Ana Moura 6.jpgphoto: Sergio Magalhães / Glam Magazine

 

Ana Moura foi a artista que abriu as hostes da primeira quinta-feira que teve lugar ontem 21 de julho. A fadista apresentou no Casino Estoril “Moura”, o sétimo disco de originais, editado no passado dia 27 de novembro, que em apenas duas semanas se tornou disco de platina e que voltou a juntar a voz da fadista a alguns dos mais notáveis nomes de uma nova geração de compositores nacionais e internacionais. Um noite memorável este arranque dos Grandes Concertos do Casino do Estoril

 

Quinta-feira, 28 de julho, para terminar o mês em grande é a vez de Tiago Bettencourt subir ao palco, com os grandes êxitos que o figuraram como um dos maiores artistas portugueses da atualidade. Já o mês de agosto marca o reencontro de Luís Represas com os fãs, dia 4 no Casino Estoril. Num concerto a não perder, o artista conciliará vários êxitos de um singular percurso a solo com alguns clássicos que notabilizaram a sua banda, os Trovante.

 

Dia 11 de agosto é a vez do norte viajar mais a sul com um dos maiores artistas nacionais, Pedro Abrunhosa. O cantor e compositor dono de variados temas de sucesso, foi escolhido para interpretar o cântico de apoio à Seleção Nacional para o Euro 2016. O músico regravou o êxito “Tudo o Que Eu Te Dou” para o hino da seleção e o tema que há muito havia sido um sucesso voltou a fazer história. Já no dia 18 é a vez dos Clã atuarem no Casino Estoril. A banda marcou o regresso aos palcos com o álbum “Corrente”, com a energia e irreverência reconhecidas pela excelência das suas apresentações ao vivo, e numa altura que se prepara para editar a sua compilação de êxitos, de uma carreira com mais de 20 anos.

 

Os Deolinda são outro dos nomes deste cartaz de luxo e passam pelo Casino dia 25 de agosto. Três anos após terem partilhado o mais recente longa duração “Mundo Pequenino” e terem tornado o seu Mundo mesmo pequenino com uma extensa digressão que os fez pisar muitos palcos portugueses e internacionais, a banda regressa agora com um novo disco, “Outras Histórias”, que promete voltar a instalar-se nas gargantas e nos corações do público. Setembro, não podia começar de outra forma e a primeira quinta-feira do mês recebe os HMB no Casino Estoril. Uma das bandas sensação da nova geração, os HMB já conquistaram o público e já deram provas irrefutáveis do seu enorme talento.

 

Os Grandes Concertos do Casino não poderiam terminar da melhor forma e quinta-feira dia 08 de setembro atua António Zambujo, um dos nomes mais marcantes da atualidade. António Zambujo iniciou o ano de 2015 nos palcos, chegou ao #1 do top de World Music do iTunes Francês e, em maio, nos Globos de Ouro, foi galardoado com dois prémios, para Melhor Intérprete Individual e Melhor Música. Um mês depois foi condecorado com Comenda de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

 

Todos os concertos têm inicio às 23h00

21 de julho - Ana Moura

28 de julho - Tiago Bettencourt

4 de agosto - Luís Represas

11 de agosto - Pedro Abrunhosa

18 de agosto - Clã

25 de agosto - Deolinda

1 de setembro - HMB

08 de setembro - António Zambujo

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.