Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

NOS Primavera Sound 2016… Animal Collective

Animal Collective são uma banda norte-americana originária de Baltimore, Maryland. "Here Comes The Indian" de 2003 foi o disco que motivou a mudança do nome da banda para Animal Collective. O futuro era isto… Quatro anos após a revolucionária “Centipede Hz”, os Animal Collective voltaram a estúdio para demonstrar por que se tornaram a banda que melhor soube exemplificar as mutações sonoras dos últimos tempos.

NPS2016 - Animal - Collective.jpgO resultado é “Paiting With”, um álbum que conta com participações de John Cale e Colin Stetson e que Avey Tare, Panda Bear e Geologist conceberam como um exercício de optimismo colorido e energia polirítmica.

Seguindo o caminho marcado por trabalhos como “Merriweather Post Pavilion” e “Strawberry Jam”, a banda de Baltimore virou mais uma vez de pernas para o ar a música pop e electrónica e embarcou numa nova viagem experimental que atinge o seu clímax no NOS Primavera Sound. Em 2015 a banda norteamericana também comemorou quinze anos de carreira com o lançamento de “Live At 9:30”, o seu primeiro álbum ao vivo.

 

Discografia

- "Here Comes The Indian" (Paw Tracks, 2003)

- "Sung Tongs" (FatCat Records, 2004)

- "Feels" (FatCat Records, 2005)

- "Hollinndagain" (Paw Tracks, 2006)

- "Strawberry Jam" (Domino, 2007)

- "Merriweather Post Pavilion" (Domino, 2008)

- "Centipede Hz" (Domino, 2012)

- "Live At 9:30" (Domino, 2015)

- “Painting With” (Domino, 2016)

 

9 de Junho 2016

Palco NOS / 01.10h

Ala dos Namorados… Vintage

Ala dos Namorados Vintage” é o nome da tour 2016 de uma das bandas portuguesas mais emblemáticas, a Ala dos Namorados.

Vintage… porque o concerto reúne os temas mais marcantes da carreira da Ala dos Namoradosvintage, também, porque aos temas originais do grupo, se juntam algumas músicas que marcam o cancioneiro português de meados do século XX – como “Animais de Estimação” ou “Noites da Madeira”. 

ala.jpgPela primeira vez na sua história, o grupo propõe-se a recriar alguns temas que marcaram a tradição da música pop portuguesa. A voz e interpretação inconfundíveis de Nuno Guerreiro, juntam-se às composições e arranjos de Manuel Paulo que fazem da Ala dos Namorados um exemplo de longevidade da música em Portugal. 

Mais de vinte anos passados, a Ala continua a privilegiar aquilo que é essencial nas canções, escusando-se a ornamentações dispensáveis. Ao vivo, além dos êxitos e criações mais recentes, a Ala dos Namorados cobre os temas de toda a sua carreira, quer na sua vertente mais intimista, quer no seu lado mais festivo, nunca esquecendo os sucessos incontornáveis do grupo, como “Caçador de Sóis”, “Loucos de Lisboa” ou “A História do Zé Passarinho”.

 

Teatro Aveirense

18 de Junho 2016 | 21.30h

La Outra ao vivo em Portugal pela primeira vez…

A cantautora espanhola La Otra apresenta-se em Portugal no final de Junho para uma pequena digressão que contempla datas em Lisboa, Braga e Coimbra.

La Otra_promo.pngEsta será a primeira visita da cantora madrilena ao nosso país, com o propósito de apresentar as canções do seu último álbum de originais “Pa’ fuera y pa’ dentro”, editado no ano passado. La Otra é o alter-ego artístico de Isabel de Mesa Casanova, jovem madrilena de 24 anos que começou a escrever por necessidade na adolescência, durante uma crise de solidão. Usou a música para se curar desenvolvendo o hábito de usar a mesma para sarar todas as feridas.

 

A forma como a sociedade em que vivemos está organizada foi uma fonte incrível de inspiração para canções simples e melódicas compostas na guitarra acústica e com uma intimidade palpável, já depositadas em dois registos de estúdio: “Amanecer Luchando” (2011) e o mais recente “Pa’ fuera y pa’ dentro” (2015), que virá agora apresentar e partilhar com o público português.

 

A digressão compreende as seguintes datas:

23 Junho 2016 - The Murphys Irish Pub, Coimbra

24 Junho 2016 - Convento do Carmo, Braga

25 Junho 2016 - Brave Soul, Sintra

26 Junho 2016 - Crew Hassan, Lisboa

Real Companhia Velha recebe prémios “Flavors & Senses - Os Melhores para 2016”

A sala de eventos da Real Companhia Velha, em Vila Nova de Gaia, foi o local eleito para a realização da 4.ª edição dos prémios ‘Flavors & Senses’, que se realizam já amanha, segunda-feira, dia 6 de Junho, pelas 18h00. João e Cíntia Oliveira, autores do blog de gastronomia e viagens Flavors & Senses, apaixonaram-se pelo espaço e é lá que vão revelar e entregar os prémios aos eleitos como os “Melhores para 2016” no que toca ao sector da gastronomia no Porto e Norte.

FS-MELHORES-PARA-2016-RCV.jpgOs prémios ‘Flavors & Senses - Os Melhores para 2016’ nomeiam em 13 categorias, entrando para a lista duas novas: “Serviço de Sala” e “Restaurante Especializado”. Esta é uma iniciativa que pretende distinguir não apenas os projetos consagrados ou os restaurantes de fine dining como também as novas revelações e espaços que mantêm acesa a melhor tradição nacional. Entre as categorias mais abrangentes e cobiçadas estão o “Restaurante do Ano”, o “Restaurante Revelação”, o “Chefe do Ano”, o “Chefe a Seguir” e o “Empresário do Ano”. E porque cada restaurante tem um perfil distinto, os prémios englobam também categorias diferenciadas: “Restaurante de Autor”, “Restaurante de Petiscos”, “Restaurante Trendy”, “Restaurante Especializado” e “Restaurante Tradicional”. Paralelamente, são também atribuídos os prémios de “Serviço de Vinhos” e “Serviço de Sala”.

 

Na corrida estão nomes fortes do sector, bem como espaços que têm elevado o posicionamento da cidade do Porto e do Norte, nos principais roteiros gastronómicos. Os vencedores serão escolhidos através de uma votação de um painel de jurados que inclui figuras ligadas à gastronomia, desde empresários, produtores de vinhos, outros chefes, jornalistas e críticos especializados.