Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Do Brasil…. Seletores de Frequência lançam EP instrumental

Seletores de Frequência, a banda que acompanha o artista BNegão desde seu primeiro disco solo, “Enxugando Gelo” (2003), apresenta agora um novo show, instrumental e experimental. O grupo carioca compilou versões rearranjadas de canções que estão neste primeiro álbum e naqueles que o sucedem – o premiado “Sintoniza Lá” (2012) e o mais recente, “Transmutação” (2015). O setlist também conta com alguns clássicos do groove escolhidos a dedo e temas inéditos que estarão no disco instrumental do grupo (ainda sem data de lançamento).

a1794062204_10.jpgEste disco é um desejo antigo dos Seletores, e vinha sendo planeado desde 2014. Mas o lançamento de “Transmutação” pela editora Natura Musical em 2015 acabou por adiar os planos. Agora é hora de voltar ao plano original e instrumental, que está a cargo da banda formada por Pedro Selector (trompete), Fabiano Moreno (guitarra), Fabio Kalunga (baixo) e Robson Riva (bateria). E que conta com as participações especiais de Sandro Lustosa (percussão) e Marco Serragrande (trombone), parceiros de longa data.

 

No processo de criação das músicas que foram letradas por BNegão, o som sempre surgiu antes da palavra, ou seja, é natural que o grupo orquestre uma apresentação genuinamente instrumental, explorando ainda mais a inventividade de cada um dos músicos.

 

Vale lembrar que todos os discos dos Seletores, lançados com BNegão, possuem músicas instrumentais. No primeiro, “No Hay”; no seguinte, “Na Tranquila”; e no terceiro, uma conquista: “Surfin’ Astatke”, composição de Pedro Selector, ficou em 10º lugar na lista das melhores músicas de 2015 pela revista Rolling Stone Brasil. Nas influências, tudo aquilo que está no DNA da banda: Funk, Soul, Reggae, Dub, Afro, Jazz, Samba. Mas, acima de tudo, a missão de fazer música livre, sem rótulos. Para o público afinar o passo no compasso desse groove, os Seletores disponibilizam o EP com quatro músicas aqui

Benjamin Clementine…Regresso a Portugal leva-o ao #1 do iTunes

O cantor, que terminou ontem a sua mini-digressão em Portugal, com um concerto em Coimbra que esgotou em 24 horas, tem o seu disco de estreia “At Least For Now” na primeira posição do iTunes.

DSC_0025 (Cópia).jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Glam Magazine

 

Os Coliseus, em Lisboa e no Porto, renderam-se a uma actuação imponente e deram novas memórias ao artista que já tinha passado por cá no Super Bock Super Bock, no Vodafone Mexefest e noutros 4 concertos esgotados em Braga, Aveiro, Porto e Faro.  O disco “At Least For Now”, que está disponível em todas as lojas físicas e digitais, marcou o início de uma relação muito próxima com o público português. Canções como “London”, “Condolence” ou “Nemesis” soam tão ou mais comoventes em palco como em álbum, e valeram-lhe ainda o Mercury Prize no final de 2015.

 

“A minha música é sobre mim, mas é também sobre todos. Sobre o passado, presente e futuro”, explicava o artista numa das entrevistas que deu nos últimos dias. Daqui, Benjamin Clementine segue para uma digressão nos Estados Unidos e leva na bagagem a mais recente canção “I Won’t Complain”, que foi também a escolhida para a última campanha global da Burberry.

Kimi Djabaté apresenta "Kanamalu" na Mata do Buçaco

Kimi Djabaté é um músico e compositor guineense a residir em Lisboa há mais de década e meia. Descendente de uma família secular de músicos mandingas, Kimi Djabaté viveu toda a sua vida imerso em som e cultura, fosse aprendendo balafon (instrumento em que é virtuoso), tocando guitarra ou cantando. 

kimi.jpg"Kanamalu" é o título do novo álbum de Kimi Djabaté, que tem data de edição marcada para 10 de Junho pela Red Orange Recordings, Este lançamento é o seu terceiro álbum, “kanamalu”, que sucede a “Karam” (editado pela multinacional Cumbancha em 2009). Com a edição de "Karam", Kimi Djabaté foi mundialmente aplaudido, tendo o álbum inclusivamente sido distinguido com o segundo lugar da World Music Charts Europe no ano de lançamento.

 

Convento de Sta. Cruz / Mata do Buçaco (Luso)

4 de Junho 2016 | 21.30h

5 Seconds of Summer participam na banda sonora do novo “Ghostbusters”

A acompanhar a estreia em Portugal do novo “Ghostbusters”, realizado por Paul Feig, será lançado o disco “Ghostbusters: Original Motion Picture Soundtrack”, banda sonora que conta com a participação da banda sensação 5 Seconds of Summer (5SOS).

5SOS.jpgA banda encontra-se atualmente a bordo de uma longa digressão mundial, “Sounds Live Feels Live Tour”, que só chegará ao fim no início do próximo ano, estando a promover o muito aplaudido segundo álbum de estúdio, “Sounds Good Feels Good” (2015), que nos Estados Unidos entrou diretamente para o 1.º lugar do top Billboard 200 e que já soma mais de um milhão de cópias vendidas em todo o mundo. Há sensivelmente um ano a banda estreou-se em palcos portugueses, para um concerto repleto de fãs na MEO Arena, em Lisboa.

 

Este regresso dos 5SOS, um dos maiores fenómenos da música pop atual, sucede-se também ao lançamento do DVD "How Did We End Up Here? - Live At Wembley Arena", no final do ano passado, registo dos três concertos esgotados que o grupo australiano deu no Estádio de Wembley.

 

Além dos 5SOS, também os Fall Out Boy (em colaboração com Missy Elliott) e Wolf Alice participam na banda sonora deste novo “Ghostbusters”, filme que conta com um elenco de luxo de comediantes, como Melissa McCarthy, Kristen Wiig, Kate McKinnon, Leslie Jones e Chris Hemsworth.

Shawn Mendes lança single... “Treat You Better”… Novo álbum sai em Setembro

Depois de vários dias a “provocar” os seus fãs nas redes sociais com o lançamento de um novo single, chega finalmente às lojas e plataformas digitais a nova canção de Shawn Mendes, “Treat You Better”. Em apenas algumas horas, a música já chegou ao 1º lugar no iTunes em Portugal. Este single é a primeira ponta do véu que se levanta sob o novo álbum do cantor lusodescendente, disco que tem data de lançamento prevista para setembro.

capa_shawn_mendes.jpgO álbum sucede a “Handwritten” (2015), o seu muito aplaudido disco de estreia, que ainda em maio passado o músico canadiano apresentou em Lisboa, na Sala Tejo da MEO Arena, que esgotou em poucos minutos. Esse concerto assinalou também a estreia de Shawn Mendes em palcos portugueses. Ao longo do último ano Shawn Mendes tornou-se num dos maiores fenómenos da pop juvenil. Depois de ter sido descoberto através de vídeos que colocava na Internet, Mendes assinou um contrato discográfico com a Island Records e viu o single “Stitches” alcançar os tops de todo o mundo. A canção entrou no top de airplay nacional e chegou ao 1.º lugar do top oficial de singles do Reino Unido, do top do iTunes, o 1.º lugar de airplay de canções pop nos EUA e o 5.º lugar do top Billboad Hot 100.

 

Entretanto, já atuou na primeira parte dos concertos de Taylor Swift , na cerimónia dos People’s Choice Awards, em populares programas televisivos como o “The Tonight Show with Jimmy Fallon”, além de já ter sido nomeado pela "Forbes" uma das 30 personalidades com menos de 30 anos mais prestigiadas, e eleito pela revista "Time", por dois anos consecutivos, um dos adolescentes mais influentes da atualidade.

 

Treat You Better” marca uma nova etapa na carreira de Shawn Mendes que está a criar as mais altas expetativas entre os seus milhares de admiradores em todo o mundo.

Rafael Delaunay Gomes é padrinho da 3.ª edição do “La Rosa/Carvalhas Hill Challenge”

Faltam precisamente 7 dias para a 3.ª edição do ‘La Rosa/Carvalhas Hill Challenge’, uma prova que se realiza em pleno rio e Douro vinhateiro, no Sábado, dia 11 de Junho. O campeão de triatlo Rafael Delaunay Gomes tem já garantida a sua presença: o desportista vai ser padrinho desta bela e estimulante iniciativa. Combinar desporto, vinhos, gastronomia e lazer num inegável cenário de beleza natural é a proposta destas duas casas produtoras de vinho do Porto e Douro: Quinta de la Rosa e Real Companhia Velha (Quinta das Carvalhas).

Rafael Delaunay Gomes.jpgPretende-se com o ‘La Rosa/Carvalhas Hill Challenge’ mostrar o Douro, suas paisagens, património e vinhos de forma activa, mas esta não é, de todo, uma prova só para atletas. Antes pelo contrário, é um convívio acessível a todas as idades e preparações físicas. Por isso mesmo são várias as opções que a mesma oferece: Hill Challenge; Estafetas; Hill Challenge Team; Up Hill; ou Caminhada. Se a travessia do rio Douro desafia a 220 metros de natação e a subida em uphill a 3720 metros, a caminhada entre a Quinta de la Rosa e o topo da Quinta das Carvalhas faz-se, por estrada, ao longo de 9kms.

 

No formato de hoje, este ‘Challenge’ remete-nos para 2014, mas a sua essência conta já com uma longa história, uma vez que o primeiro registo escrito data de 1927. Um património histórico da família Bergqvist, proprietária da Quinta de la Rosa.

A “nova edição” da ‘La Rosa/Carvalhas Hill Challenge’ foi impulsionada por Jorge Moreira, um amante do desporto e enólogo das duas empresas: Quinta de la Rosa e Real Companhia Velha. Com ritmos diferentes, o enólogo e Sophia Bergqvist, gestora da Quinta de la Rosa, são elementos activos na prova.

Colectânea Caixa Ribeira'16 chegou às lojas esta sexta-feira….

O dia 3 de Junho de 2016 marcou o início da segunda edição do Caixa Ribeira. Com um cartaz com Ana Moura, António Zambujo, Jorge Fernando, Raquel Tavares entre tantos outros, estão prometidos dois dias de grande festa na Ribeira do Porto. Consequente ao sucesso resultante do Festival de Fado surge agora o primeiro volume em CD com o seu alinhamento a ser alusivo à edição do Caixa Ribeira’16.

O duplo álbum estará à venda a partir de ontem, dia 3 de Junho, coincidindo com o primeiro dia do Festival, e compreende um alinhamento composto por temas de 29 dos fadistas presentes no Festival.

cartaz.jpgEm Julho de 2013, a Música no Coração, começou o sonho de fazer um Festival de Fado. Há muito que a homenagem ao Fado, no País do Fado, na altura acabado de ser elevado à condição de Património Imaterial da Humanidade estava pensada e a vontade de realizar um Festival de Fado era muita. Assim foi. Em Setembro de 2013 juntaram-se os Melhores Fadistas do Mundo, na casa do Fado, Alfama e o sucesso foi estrondoso. Com o apoio da Caixa Geral de Depósitos que apostou no projeto desde o início, duas noites esgotadas com mais de 40 Fadistas em 10 salas e a prova de que o Fado é uma canção de todos para todos. A chegada ao Porto e à Ribeira era uma questão apenas de tempo. Em 2015, a 1ª edição do Caixa Ribeira repetiu o sucesso das edições lisboetas e colocaram ainda mais o Fado na agenda dos Portugueses. Em 2016, Caixa Alfama e Caixa Ribeira são já referências do panorama musical luso e a ideia de perpetuar cada edição destes Festivais era cada vez maior. A Música no Coração em parceria com a Sony Music, em 2016 serão editadas duas colectâneas, uma Caixa Ribeira e outra Caixa Alfama.

 

Alinhamento do CD Caixa Ribeira ’16

CD1:

1 - Ana Moura - “Buzios”

2 - António Zambujo - “Flagrante”

3 - António Chainho & Paulo de Carvalho - “Fado Áureo”

4 - Mafalda Arnauth - “Meus Lindos Olhos”

5 - Filipe Duarte - “Recordações do Passado”

6 - Maria da Fé - “Valeu a Pena”

7 - José Gonçalez - “Bate Coração”

8 – Kiko - “São João Bonito”

9 - José Geadas - “De Viela em Viela (ao vivo)”

10 - Filipa Cardoso - “Dia Estranho”

11 - Miguel Ramos - “Aqui Na Alma”

12 - Joana Amendoeira - “Lisboa no Coração”

13 - Pedro Moutinho - “Não Me Conformo”

14 - Maria João Quadros - “Quando a Noite Adormece”

15 – Beatriz - “Pintadinho”

 

CD2:

1 - Gisela João - “Voltaste”

2 – Rodrigo - “Quando Vieres Logo à Noite”

3 - Jorge Fernando - “Chuva”

4 - Raquel Tavares - “Meu Amor de Longe”

5 - Liliana Luz - “Barco Negro”

6 - José Manuel Barreto - “Se Eu pudesse”

7 - Ana Sofia Varela - “Lágrima”

8 - Teresa Tapadas - “Avé Maria”

9 - Simone de Oliveira - “No Teu Poema”

10 - Helder Moutinho - “Manual do Coração”

11 - Aldina Duarte - “A Fada Do Lar”

12 - Maria Armanda - “Mãe Solteira”

13 - Sandra Correia - “Coração Vadio”

14 – Rosita - “Meu Porto Minha Ribeira”

Luis Sepúlveda no Porto de Encontro

O convidado da edição de junho do “Porto de Encontro” é Luis Sepúlveda, recentemente distinguido com o Prémio Eduardo Lourenço e um dos nomes mais prestigiados e acarinhados pelos leitores portugueses. A sessão está marcada para o dia 8 de junho, às 21:30, na Casa da Música e antevê-se uma Sala Suggia repleta de admiradores de grandes obras do autor como “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar” e “O velho que lia romances de amor”.

777172.jpg

Esta edição muito especial do “Porto de Encontro” conta com as participações de Manuel Freire (que tocará o tema “Pedra Filosofal”), do grupo de danças andinas Intichaski, do Teatro de Marionetas de Mandrágora e ainda com as leituras do ator Pedro Lamares. Luis Sepúlveda visita Portugal para apresentar o seu novo livro, “História de um cão chamado Leal”, uma fábula onde o escritor reflete sobre o peso do passado e da memória, a força da amizade e da solidariedade e o respeito pela Terra e por todos quantos nela habitam.

O prestigiado contador de histórias chileno é também um dos protagonistas (a par de Richard Zimler) da próxima etapa da Viagem Literária, no dia 10 de junho, no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra. Nos dias 11 e 12 de junho, Luis Sepúlveda está na Feira do Livro de Lisboa, com o ilustrador Paulo Galindro, a propósito do seu novo livro.

A 47.ª edição do “Porto de Encontro” conta com a colaboração da Casa da Música e  o  apoio do Jornal  de  Notícias, da  Antena 1, das Livrarias Bertrand e da Arcádia.