Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

The Gift celebram álbum 20 na estrada

Os The Gift encerraram o ano de 2015 com a celebração dos seus 20 anos de carreira. Um momento especial em que partilharam histórias e memórias únicas com os fãs através da caixa "20", de um documentário e de dois espetáculos inesquecíveis no Multiusos de Guimarães e MEO Arena em Lisboa.

GLAM.jpgphoto: Paulo Mendes

 

Em 2016, preparam-se para lançar aquele que consideram ser o álbum das suas vidas, produzido por Brian Eno, regressam à estrada e levam o espetáculo “20” a inúmeros locais, dando continuidade às celebrações deste marco decisivo das suas carreiras.

 

A digressão "20" arranca em Macau no dia 2 de junho e continua em Portugal, dando oportunidade ao público de percorrer a história da banda através dos singles que marcaram gerações, de temas novos que já se tornaram incontornáveis como o “Clássico” e da recuperação de alguns "lados B" históricos que agora se recuperam para este novo espetáculo. A nova digressão terá um novo design de palco, novidades cénicas e a energia de sempre, num espetáculo que promete ser inovador e elegante, como a banda sempre tem feito ao longo dos últimos anos.

 

Datas confirmadas

Junho

2 – Macau – Grande Auditório do Centro Cultural de Macau

10 – Abrantes – Festas de Abrantes

11 – Aljustrel – Feira do Campo

12 – Pinhal Novo – Festas de Pinhal Novo

24 – Angra do Heroismo, Açores – Festas Sanjoaninas

25 – Lousã – Festas de São João

 

Julho

2 – São Miguel, Açores – Festival Lagoa ComVida

28 – Cantanhede – Expofacic

30 – São Roque, Pico, Açores – Festival Cais de Agosto

 

Agosto

7 – Viseu – Feira de São Mateus

9 – Montalegre – Festival da Juventude Montalegre

12 – Festival Sol da Caparica

14 – Batalha – Festas da Batalha

21 – Lagoa – Fatacil

29 – Grândola – Feira de Agosto

 

Setembro

17 – Alcanena – Fórum da Juventude – Praça 8 de Maio

24 – Viana do Castelo – Centro Cultural de Viana do Castelo

 

Mais datas serão anunciadas muito em breve, fazendo desta "Tour 20" uma das maiores digressões em Portugal.

Charanga… Lançamento do novo álbum “"Tribut'ó Ti Tobias" dia 21 de Maio

A Charanga é um projecto de criação e performance musicais. Na era digital e cultura actual, o coletivo usa computadores, beatboxes, sintetizadores, ferramentas virtuais e influências musicais globalizadas, mas também o tambor, a gaita-de-fole, o violino, a D. Ermelinda que canta a “Moda da Ceifa” e os adufes. O repertório é maioritariamente original, sendo complementado com variações, versões e deambulações inspiradas nas construções melódicas, harmónicas e rítmicas do cancioneiro popular português e galego.

capa_TTT_Charanga.pngO novo álbum "Tribut'ó Ti Tobias" surge partindo da ideia de homenagem, presta-se tributo a todos os que constroem e construíram a música ibérica (se é que ela existe). O álbum inclui clássicos da dita música tradicional revirados do avesso, tributos à sopa de feijão, desgarradas, salganhadas, uma homenagem ao emigrante do século XXI e muitos outros.

E é já no próximo dia 21 de Maio, às 22h, no Cine-teatro da Academia Almadense em Almada, a grande festa de lançamento do novo álbum da Charanga "Tribut'ó Ti Tobias".

 

A Charanga foi vencedora dos prémios Megafone/SPA 2014 organizados pela associação Megafone5 - João Aguardela. Participou ainda em festivais do circuito da música e cultura portuguesas (Andanças e Festa do Avante - 2010 / Outonalidades e Salva a Terra – 2011,2013 / L Burro e l Gueiteiro – 2012 / Iberfolk - 2013 / Festival Terra Transmontana e Festival Bons Sons 2014, etc). Da sua discografia fazem partem os seguintes registos - EP "Electrónica Cá da Terra" (2009), EP “TransBorda” e LP “Borda Tu!” (2013) e "Tribut'ó Ti Tobias" (2016).

 

Cine-teatro da Academia Almadense (Almada)

21 de Maio 2016 | 22.00h

“Madur”… o novo e fresco disco de Cláudia Madur

Cláudia Madur é uma das vozes embaixadoras da cultura portuguesa.

Com 10 anos de carreira no Fado, nasceu em Baião, distrito do Porto, e desde cedo se apaixonou pela música. Motivada pelo seu pai aos 6 anos iniciou a sua formação musical na “Casa da Música de Baião”, inicialmente em clarinete e mais tarde em piano. No entanto, cedo percebeu que a sua grande vocação era o canto.

madur.jpgIniciou a sua carreira como fadista em Junho de 2006, na altura com 22 anos, e desde então tem sido convidada para variados espetáculos nas mais emblemáticas salas nacionais, destacando-se o Palácio da Bolsa, Teatro Sá da Bandeira, Teatro Circo ou a Casa da Música. A sua voz ecoou também por conceituados festivais e salas pela Dinamarca, Noruega, Alemanha, Chipre, Turquia, França, Espanha, EUA e Brasil.

 

Fado Sem Tempo” (2009) foi o seu primeiro álbum, disco que conta com poemas originais, muitos deles da sua própria autoria, interpretados em alguns fados tradicionais. Este trabalho foi gravado com músicos já muito conceituados, o Guitarra Portuguesa José Luís Nobre Costa, Guitarra Clássica Artur Caldeira e o Contrabaixo José Fidalgo. Parte integrante de coletâneas nacionais e internacionais, o seu trabalho chegou aos quatro cantos do mundo. Madur é uma das jovens vozes que veio acordar um fado até então esquecido. Pela forma de interpretar os poemas, a sua voz e postura em palco têm-na caracterizado como uma grande intérprete do fado Português.

A comemorar os 10 anos de carreira Madur lançou no passado dia 22 de Abril o seu novo álbum, homónimo, que promete uma longa viagem de espetáculos e emoções.

O single de apresentação chama-se “Vem de expresso”.

A V edição do Tibães Fashion é já este fim de semana…

No próximo fim-de-semana, 14 e 15 de maio, o Mosteiro de Mire Tibães, em Braga, será palco de mais um evento com muito glamour, o Tibães Fashion. Nesta V edição, o evento irá contar com presença de designers de renome.

Image1.jpgNo sábado à noite, a partir das 21h00, irão pisar o tapete vermelho: Nelson Lisboa, Pedro Ponte, Verney e Vicri by Jorge Ferreira. E porque o mundo da moda é feito de voltas e reviravoltas, não fosse a moda cíclica, no sábado o evento contará com um momento muito especial e mágico. Um convite à inclusão, à união e a darmos a mão.

Já o domingo será dedicado aos jovens criadores. Pelas 15 horas começam a desfilar na passerelle os coordenados dos jovens da EsproMinho – Escola Profissional do Minho, Sónia Silva X Kamush, Sílvia Freitas, Liliana Batista e Rowana.

 

A V edição do Tibães Fashion decorre no próximo fim-de-semana, 14 e 15 de maio, no Mosteiro de Mires Tibães, Braga. A entrada é gratuita e aberta ao público, no entanto está limitada aos lugares existentes.

Entretanto no Musicbox… Barbante + Men On The Couch

Duas bandas nacionais juntam-se dia 13 de Maio no Musicbox.

Para mexer com a noite do Caís do Sodré. Os Barbante, a caminho do seu primeiro album, convidam os Men On The Couch para ajudar à festa e dar a mostrar do que a música nacional é feita.

barb.jpgBarbante. Um quarteto de rock português com sangue na guelra nascido no Outuno de 2013. Tocado com alma e cantado com raiva os temas amarram-nos através das harmonias, dos solos que falam ao ouvido e das vozes que ecoam histórias de um passado presente. Composto por guitarras, rajão, baixo e um telefone. Barbante é um desenrolar eléctrico de uma sonoridade arrojada em distorções e com(tradições)

Os Men On The Couch são um grupo com um estilo individual e característico. Formado por 4 estudantes madeirenses, a banda conta já com várias produções de autoria própria, sendo que é possível ouvir as mesmas na rádio, mais precisamente na Antena 3.

O estilo musical que costumam tocar pode ser definido como Indie Rock, sendo que aquilo que mais os carateriza é a musicalidade e o sentimento transmitido nas suas canções.

 

Musicbox (Lisboa)

13 de Maio 2016 | 22.30h

Noite Principe feat. Poco + Puto Márcio + Nk + Black Sea Não Maya

As Noite Príncipe do Musicbox dispensam já grandes apresentações. Ao longo dos último quatro anos a editora portuguesa que mais tem dado que falar a nível internacional tem trazido ao centro de Lisboa alguma da mais entusiasmante música de dança mundial.

13-MAIO_NET_fix-copy1.jpgTarrachos, afrohouse e kuduro são apenas o ponto de partida para a verdadeira revolução electrónica que este grupo de produtoires tem vindo a desvendar, directamente dos bairros limítrofes da capital. A 13 de maio selecção abençoada com deejays Poco, Puto Márcio, Nk e o colectivo Blacksea Não Maya

 

Musicbox (Lisboa)

13 de Maio 2016 | 00.30h

Slowdive de regresso aos discos, 21 anos depois…

Os Britanicos Slowdive preparam a edição de um novo trabalho discografico, 21 anos depois da edição em 1995 de “Pygmalion”.

GLAM - Slowdive.jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Arquivo Glam Magazine

 

A banda juntou-se em 2014 tendo realizado uma serie de concertos um pouco por todo o mundo.

Registe-se a passagem no Festival Vodafone Paredes de Coura em 2015, o que levou a banda a preparar um conjunto de novas canções durante a digressão de 2 anos.

Até finais de junho a banda deverá ter praticamente o novo trabalho gravado em estúdio.

Dan Riverman… Profundo, maduro e envolvente…

Profunda, madura e envolvente, assim se pode caracterizar a sonoridade dos Dan Riverman…

Banda do Porto, composta por Dan Alves, Rui Materazzi, Mike Peixoto, Bruno Macedo e Jonas Araújo. A convite da Plural, gravaram varias músicas que tiveram grande destaque em novelas e telefilmes da TVI.

dd.jpgEm Londres iniciaram trabalho de produção com Saul Davies, guitarrista da banda britânica James e orientados por Pedro Rangel dos conceituados Estúdios Rangel, iniciam as gravações do seu álbum de estreia.

Têm o privilégio de receber Davey Ray Moor, membro fundador/compositor da banda Cousteau e elemento fundamental na produção dos temas.

Presentemente, depois do aclamado single de estreia "Fragile Hands", bem como o sucesso nos concertos de apresentação do EP “Hers”, lançam agora o segundo single "Dark Haired Girl”, fiquem atentos!

 

Casa das Artes / Café Concerto (Famalicão)

14 de Maio 2016 | 23.00h

Pete Rock, lendário rapper e beatmaker estreia-se em Portugal no Les Plages Electroniques Lisboa

Depois de anunciar os primeiros nomes do que é a 1ª edição da irmã mais nova da maior e mais cool beach party francesa, Les Plages Electroniques Lisboa confirma hoje a estreia em Portugal de um dos maiores nomes do hip-hop dos últimos 25 anos.

pelisb16_pete-rock_1200x1200px_rvb.pngPete Rock, grande pioneiro na fusão soul, funk e jazz com o hip hop, é um dos mais respeitados produtores do género de sempre, nome maior que revolucionou a produção rap através da sua inovadora magia de estúdio. Dado a conhecer no início dos anos 90 como metade dos aclamados Pete Rock & CL Smooth, desde então produziu ou remixou temas para nomes como Nas, Run DMC, House of Pain, Public Enemy ou The Notorious B.I.G. e serviu de inspiração a, nada mais nada menos, Kanye West.

Com uma enorme legião de fãs nos quatro cantos do mundo, Pete Rock vem em Junho à Praia do Rei, na Caparica, distribuir os seus clássicos beats soulful provando porque é um dos reis do Hip Hop.

 

Depois de 10 anos de grande sucesso em Cannes, Les Plages Electroniques estreia-se em Lisboa com o que é já o mais inesperado e eclético cartaz de música electrónica que interessa em 2016.

Com os melhores dj nacionais e internacionais, a proposta é viajar com os pés na areia por estilos tão diversos como o nu-disco, House, Techno, French Touch ou Hip-Hop.

 

3 de Junho

- Jimmy Edgar [USA]

- Danny Daze [USA]

- Magazino [Portugal]

- Bondax [UK]

- Yall [Spain]

- Villanova [France]

- Glove b2b John E [Portugal]

 

4 de Junho

- Etienne de Crécy [France]

- Fakear [France]

- Moullinex B2B Xinobi [Portugal]

- Pete Rock [USA]

- DJ Marfox [Portugal]

- The Geek x Vrv [France]

- Crayon [France]

 

5 de Junho

Local em Lisboa e Line-up a anunciar brevemente

 

Mais nomes a anunciar brevemente

 

A Jigsaw… inquilinos na Casa do Povo em Ovar a 13 de Maio…

Numa sexta feira 13, de Coimbra para Ovar, os A Jigsaw são os próximos inquilinos da Casa do povo de Ovar. O álbum “No True Magic” é o mote para mais uma etapa da Ibéria Tour 2016, que conta com mais de 30 palcos agendados entre Portugal e Espanha.

13073025_956637351119819_349646322_o.jpgO duo multi-instrumentista João Rui e Jorri, recorda o conceito de “willing suspension of disbelief” (algo como “suspensão voluntária da incredulidade”), proposto pelo poeta e filósofo inglês Samuel Taylor Coleridge em 1817… na abordagem a uma obra literária, o leitor pode suspender o julgamento da implausibilidade da narrativa, de modo a melhor desfrutar dela. Um desafio semelhante é proposto aos espectadores de um número de ilusionismo, convidados a aceitar a magia como explicação para os truques que acontecem diante dos seus olhos.

É a possibilidade de acreditarmos em milagres e em particular, no milagre maior da imortalidade que nos alivia do peso de sabermos que esta não existe. Abordando a questão nesta perspetiva, “No True Magic” fala-nos, portanto, dos termos em que aceitamos e convivemos com a nossa mortalidade.

O duo vem acompanhado da sua banda de suporte, os The Great Moonshiners Band, onde alinham nomes como Victor Torpedo (The Parkinsons, Tiguana Bibles, Tédio Boys), Tracy Vandal (Tiguana Bibles), Pedro Antunes (BunnyRanch) e Paula Nozzari (The Parkinsons).

 

Casa do Povo (Ovar)

13 de Maio 2016 | 22.30h

Isaura apresenta novo single “8” em evento inédito…

A cantora e compositora Isaura apresenta esta sexta-feira, pelas 22h, o novo single e o alinhamento para a digressão de Verão. A nova canção chama-se “8” e será apresentada no antigo Cinema Mundial, em Picoas. Depois do sucesso do EP “Serendipity” e dos temas “Useless” e “Change It”, a nova cara da música electrónica em Portugal apresenta o single “8” num ensaio inédito e à porta fechada na mítica sala Lisboeta. O acesso é exclusivo para os fãs que apoiam a cantora na plataforma de streaming Tradiio e quem quiser garantir o seu lugar basta juntar-se à através da página da artista

8.jpgIsaura foi uma das revelações da música portuguesa em 2015. Em apenas um ano, esgotou concertos por todo o país na digressão com Francis Dale, atuou na BBC em Londres e viu o tema “Change It” chegar ao TOP em várias rádios portuguesas. Este ensaio servirá também para apresentar o alinhamento da nova digressão, que irá passar por festivais como o Rock in Rio, NOS Alive e Bons Sons.

 

“8 é uma música de fé, da convicção com que se dá cada passo, da paz com que se procura um caminho verdadeiro - não necessariamente sobre religião. É uma canção que fala de corações cheios, realizados e de bem com as suas escolhas. 8 é fazer as pazes connosco, 8 é a paciência para esperar e a certeza que nos faz ter coragem para depositar a nossa vida nas mãos de uma energia maior. É não ter pressa de chegar, é querer viver cada minuto sem desfazer de um único segundo e repetir, baixinho, que nunca é tarde para palmilhar até onde se quer chegar”. Isaura

 

Cinema Mundial (Lisboa)

13 de Maio 2016 | 21.00h

 

Imaginarius… “Simplicity is the ultimate sophistication”

A rua como palco principal aberto à criatividade e à surpresa, num ambiente artístico ímpar capaz de nos transportar para universos diferenciados. O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua ocupa as ruas de Santa Maria da Feira para mais uma edição, a 16ª, numa edição que procura inspiração em alguns dos grandes génios criativos da Humanidade. A apresentação do Festival decorreu no passado dia 20 de Abril onde foram apresentados os traços gerais da 16ª edição.

DSC_0382 (Cópia).jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Glam Magazine

 

O Imaginarius transforma o Centro Histórico da cidade nos dias 20 e 21 de maio de 2016, apostando na diferença e na experiência, fruto de um ecossistema criativo em franco desenvolvimento. Esta edição representa uma oportunidade única de criação artística para os agentes criativos nacionais, com projetos inovadores, sustentados nos cruzamentos multidisciplinares experimentais, capazes de gerar valor pela sua difusão nacional e internacional. O festival chega assim à sua 16ª edição com um percurso consolidado na promoção das Artes de Rua em Portugal e reforçando a sua dimensão e posicionamento à escala europeia. A aposta na internacionalização do festival e dos artistas nacionais, capacitando os agentes criativos e os seus produtos artísticos, gera resultados cada vez mais positivos. A capacidade de integração e discussão em grupos de trabalho à escala internacional posicionou o Imaginarius no centro nevrálgico das Artes de Rua da Europa, confirmando Santa Maria da Feira como a Capital Portuguesa das Artes de Rua.

 

O acolhimento de um polo do observatório europeu para as Artes de Rua, o reconhecimento pelos seus pares com o selo EFFE (Europe for Festivals, Festivals for Europe) e o reconhecimento da capacidade da equipa de produção do festival pela EFA (European Festivals Association), ao eleger o Imaginarius como um dos 20 festivais europeus integrantes do seu plano de formação e estágio, são apenas alguns exemplos do reconhecimento internacional do festival, que terá um momento de destaque máximo em 2017. Santa Maria da Feira é a cidade eleita para o acolhimento do FRESH STREET#2, a segunda edição do maior seminário europeu para o desenvolvimento das Artes de Rua, que acontecerá no Europarque, de 24 a 26 de maio de 2017. Esta conquista reforça a posição de Santa Maria da Feira e do Imaginarius na escala internacional, garantindo uma posição essencial para complementar a aposta na criação artística contemporânea, assegurando condições e visibilidade dos artistas nacionais e potenciando a difusão internacional dos seus projetos.

DSC_0386 (Cópia).jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Glam Magazine

 

A 16ª edição do Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua acontece durante 2 dias, no Centro Histórico de Santa Maria da Feira, com a participação de mais de 300 artistas oriundos de 16 países (Alemanha, Bélgica, Brasil, Colômbia, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, México, Portugal, Sérvia e Taiwan), que apresentarão 42 espetáculos e intervenções artísticas, protagonizados por 47 companhias e projetos artísticos. Ao longo do festival decorrem 181 apresentações que perfazem mais de 173 horas de atuação, durante 12 horas diárias de programação contínua.

 

Esta edição do Imaginarius reflete igualmente uma aposta vincada na produção artística, com 9 criações em coprodução com o festival em destaque num programa vasto em estreias para o público: 16 estreias absolutas e 22 estreias nacionais. O programa inclui, ainda, 5 workshops, projetos de serviço educativo, atividades específicas para profissionais do setor cultural e criativo e um conjunto de serviços complementares e de acolhimento para o público, com destaque para o renovado espaço de gastronomia criativa e o Mercado Imaginarius que, nesta edição, recebe a visita do Urban Market by Portugal Lovers.

DSC_0396 (Cópia).jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Glam Magazine

 

A programação oficial da 16ª edição do Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira volta a dividir-se em 3 secções que se contextualizam em 3 diferentes nichos de espectador. Às companhias convidadas a criar ou a apresentar os seus projetos nas ruas de Santa Maria da Feira, juntam-se a seleção Imaginarius Infantil, dirigida a um público entre os 3 e os 12 anos – focando experiências e atividades diferenciadoras capazes de complementar a oferta familiar do festival e reforçar os conceitos de educação pela arte – e o concurso internacional de criações de artistas emergentes Mais Imaginarius, que possibilita aos artistas em início de carreira um espaço para apresentação dos seus projetos perante o grande público e um júri internacional de especialistas.

O Imaginarius apresenta-se, em 2016, como um festival atual e sensível, com o seu eixo central de programação em representações da criatividade dos grandes génios da Humanidade. Leonardo Da Vinci, Joan Miró, Ludwig van Beethoven ou Wolfgang Amadeus Mozart são apenas alguns exemplos de criadores que servem de inspiração às representações contemporâneas programadas.

 

A histórica companhia francesa Plasticiens Volants apresenta no Imaginarius a estreia mundial da sua nova criação “Da Vinci, Volare!”, um grande formato de rua que transforma em realidade os esboços de máquinas voadoras de Leonardo Da Vinci, conquistando os céus de uma forma mágica e surpreendente.

DSC_0399 (Cópia).jpgphoto: Paulo Homem de Melo / Glam Magazine

 

A aposta do Imaginarius e do Município de Santa Maria da Feira na criação artística contemporânea para o espaço público possibilitará a estreia, nesta edição do festival, de 9 projetos em coprodução, numa dimensão reveladora de uma nova dinâmica do ecossistema criativo de Santa Maria da Feira, com reforço evidente da experimentação artística, através de novos conceitos multidisciplinares resultantes de cruzamentos artísticos. O grande formato VERTICO, das companhias feirenses Décadas de Sonho e Persona, e o inovador MUTE, que junta Noiserv ao Ballet Contemporâneo do Norte, integrando performers com limitações auditivas da EREBAS Feira, são dois projetos em destaque num programa de criações que inclui, ainda, novos espetáculos das companhias locais Cão à Chuva, Projeto EZ e Teatro em Caixa, a estreia de Navio de Espelhos, que completa o programa de criação com a companhia ARTELIER?, em curso desde 2015, a estreia de um novo projeto comunitário com a Orquestra Criativa e a primeira apresentação de um projeto de criação em residência da nova companhia alemã A Barrel of Monkeys Company.

 

O espaço público de Santa Maria da Feira será, ainda, invadido pelo projeto Reclamar a Cidade, uma intervenção urbana do Micro Atelier de Arquitetura e Arte que, tendo sido selecionado como finalista do Arte Laguna Prize (Veneza), terá estreia no Imaginarius.

O programa de criações e residências completa-se com Mira, Miró. Mirando!, uma criação original do Teatro Art'Imagem para o público familiar e que será o destaque da programação do Imaginarius Infantil, num contexto mais vasto de experimentação e contacto com realidades artísticas diferenciadoras.

A inspiração e a diferença alargam-se aos restantes projetos da programação oficial do festival, que nos dias 20 e 21 de maio serão apresentados no Centro Histórico de Santa Maria da Feira, num festival plural, aberto e multidisciplinar, capaz de surpreender a cada instante.

O Imaginarius está na rua!

Caixa Ribeira… Horários dos concertos da 2ª Edição do Festival já disponíveis

A pouco mais de três semanas, faz-se a contagem decrescente para a 2ª edição do Caixa Ribeira.

Com um cartaz de luxo, composto por Ana Moura, António Chaínho, António Zambujo, Jorge Fernando, Raquel Tavares ou Rodrigo com Florência, entre outros grandes intérpretes do Fado, a Ribeira do Porto prepara-se para os receber no coração da cidade Invicta.

versao_885_pt.jpgA partir de hoje, todos podem marcar nas suas agendas, nos dias 3 e 4 de junho, os imperdíveis concertos a que irão assistir nos mais de 10 espaços do Festival.

Luiz Caracol estreia video do novo single “Por acaso"

Por acaso” é o nome do primeiro single do segundo álbum de Luiz Caracol (letra e música), que terá o título de “Metade” e que representa bem, não só a mestiçagem do Luiz e da sua música, como toda a mistura que se encontra em si, nas suas influências e no seu trabalho a solo.

luiz.jpgNeste seu tema de estreia podem encontrar-se muitos dos elementos que inspiram a sua maneira de sentir e de fazer música, onde se misturam sonoridades e cores de uma Lisboa mulata, com palavras de uma letra sobre um encontro tão casual e tão bairrista, típicos de uma cidade tão única como ela é.

Gravado na Tasca Beat do Rosário, em Alfama, generosamente cedida pela família OqueStrada, com a participação especial da Marta Miranda e dos músicos Norton Daiello e Ruca Rebordão.

The Codfish Band… apresentam "Devil's Tongue" em formato digital dia 27 de Maio

Nas palavras dos próprios The Codfish:

A história dos The Codfish Band poderia ser contada pelas Groupies, poderíamos falar de drogas, sexo e rock n´roll! Mas não! Não passou da simples ousadia de quatro músicos, que sem nunca terem dado um concerto junto decidiram gravar um álbum -  “Devil’s Tongue” - e daí saiu nada mais do que Rock,  Rock pesado, sujo, Rock que sabe a rock.

99.jpgThe Codfish Band, não surgiu  com o objectivo de ser a banda do bacalhau mas simplesmente uma fusão de um símbolo da gastronomia Portuguesa com  o clássico e tão Português aperto de mão. Porque apesar dos temas serem cantado em Inglês somos uma banda 100% Portuguesa.”

The Codfish Band é formada por Luis Miguel, voz e guitarra. Miguel Ros Rio, guitarra e voz. Nuno Escabelado no baixo e Pedro Kystos na bateria.  

Diva cubana Omara Portuondo e cantor flamenco Diego el Cigala trazem '85 Tour' ao Porto

Mais do que um concerto, no próximo dia 27 de Julho o Coliseu do Porto recebe a grande celebração do percurso artístico e de vida da grande embaixadora da música cubana Omara Portuondo. E como não há festa sem amigos, a lenda viva dos Buena Vista Social Club™ assinala os 85 anos que completou em finais do ano passado e os 70 dedicados à música, com uma série de concertos na companhia de um dos mestres e voz maior do flamenco, Diego el Cigala.

omara-portuondo-diego-el-cigala.jpgOmara Portuondo e Diego el Cigala cruzaram-se pela primeira vez nos palcos no Hollywood Bowl, em Los Angeles, no Verão passado e foi tanta a cumplicidade sentida que houve necessidade de aprofundar o encontro com uma digressão conjunta, a "85 Tour", onde ambos embarcam numa viagem apimentada pelos clássicos eternos da música cubana, assim como pelos temas do reportório de cada um.

 

Omara Portundo, tantas vezes comparada aos expoentes do jazz como Billie Holiday ou Edith Piaf e cuja voz cálida e fulgorosa só melhorou com a idade, faz a retrospectiva da sua carreira, a começar pelos seus anos de juventude e o amor pelo cabaret transportado até aos dias de hoje, sem esquecer os tempos mágicos de Buena Vista. Diego El Cigala, expoente mundial do flamenco, vencedor de vários Grammy, conta já com algumas incursões pelos ares de Havana, sendo um dos seus albúns mais prestigiados, Lágrimas Negras, feito em colaboração com Bebo Valdés (figura incortonável da época de ouro da música cubana), unindo os ritmos cubanos à voz flamenca do cantor espanhol.

 

"Celebrating Music", mote desta digressão mundial que junta Omara Portuondo e Diego el Cigala e que passa pelo Coliseu do Porto a 27 de Julho, não poderia antecipar melhor a promessa de uma enorme festa a que nunca falta o "feeling", ingrediente principal a que Omara Portuondo sempre se refere e que lhe vale o carinhoso cognome de "namorada do feeling".

 

Coliseu (Porto)

27 de Julho 2016