Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Metallica… nomeados embaixadores do Record Store Day de 2016

Na sua 9.º edição o Record Store Day acaba de anunciar que este ano terá como embaixadores oficiais os Metallica. Este dia foi criado para celebrar as lojas independentes de discos e a sua cultura a nível mundial, sendo que este ano o dia será assinalado a 16 de abril.

metallica-photo-2.jpg"As lojas independentes de discos fazem parte do ADN dos Metallica", disse o baterista Lars Ulrich. "Elas foram essenciais ao fazer de cada um de nós os fanáticos de música em que nos tornámos. Não podíamos estar mais orgulhosos de sermos embaixadores do Record Store Day em 2016."

O apoio dos Metallica ao Record Store Day tem sido mais do que notável durante a quase década de existência desta iniciativa, com atuações em lojas de discos (como em 2008, na Rasputil Records, dando assim o arranque à primeira edição do Record Store Day) e uma mão cheia de edições muito especiais criadas para este dia. Aliás, no ano passado o grupo formado por James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujillo foi notícia quando lançou em cassete a coleção de demos "No Life Til Leather", que acabou por se tornar a edição mais vendida do Record Store Day de 2015. Além disso, o filme biopic "Jaco", sobre o lendário baixista Jaco Pastorius e produzido por Robert Trujillo, foi o Filme Oficial do Record Store Day de 2014, tendo uma sido lançada um edição em DVD, exclusiva do Record Store Day, para o Black Friday de 2015, incluindo um CD bónus com temas do próprio Trujillo.

Este ano o lançamento oficial da banda vai ao encontro do tema deste ano do Record Store Day, destacando a relação entre as lojas de discos norte-americanas e os seus parceiros franceses, entre o Record Store Day e o Disquaire Day, entre amantes de música nos Estados Unidos e em França, na sequência dos acontecimentos trágicos que tiveram lugar em Paris em novembro do ano passado. Os Metallica vão, por isso, lançar "Liberté, Egalité, Fraternité, Metallica! - Live at Le Bataclan. Paris, France - June 11th, 2003", um CD com gravações ao vivo da banda no Le Bataclan, sendo que as receitas das vendas durante o Record Store Day e nas lojas independentes de discos vão reverter para a campanha Give For France, da organização de beneficência Fondation de France.

 

O disco inclui as canções "The Four Horsemen", "Leper Messiah", "No Remorse", "Fade To Black", "Frantic", "Ride The Lightning", "Blackened", e no encore "Seek & Destroy" e "Damage, Inc".

 

Cellarius Noisy Machinae & Andromeda XXX no Sabotage

Cellarius Noisy Machinae é um colectivo de criadores e ponto de ancoragem, entreajuda e colaboração entre vários artistas, com anteriores experiências na música (em bandas como EzraPound e a Loucura; Santa Maria, Gasolina em Teu Ventre!; Pop Dell’Arte; ou The Great Lesbian Show), literatura e artes visuais.

44.jpg

Frankenstein Revisited" é o seu primeiro trabalho ao vivo e apresenta-se como uma aventura sob a forma de um espectáculo de música, vídeo, poesia, instalação cénica e performance medievodadaísta, a que chamam de “guitartrónica, noisy-videos & slogan-poems”. O espectáculo é uma viagem onírica construída a partir de uma reflexão sobre os “mitos” em torno da figura de Frankenstein.

As ambiguidades e os paradoxos de uma pulsão romântica e do delírio da criação ex nihilo alienados ou ampliados pelo uso da tecnologia são ponto de partida para esta aventura sonora, visual e cénica que procura re-des-encantar e re-explorar o que há de “frankenstein” no nosso mundo.

 

Jorge Ferraz: guitarra; electrónica e gravações; edição vídeo

Ondina Pires: artista visual e narração

Vítor Inácio: projecção e manipulação de vídeo e imagens; edição vídeo

Carlos Miguel Ferreira: performer e artista visual

Luís Manuel Ferreira: performer e artista visual

Luzia Balla: performer

 

Sabotage Club (Lisboa)

27 de Fevereiro 2016 | 22.30h

Rogério Godinho lança novo video "The Third Element" do album “Eterno Regresso”

“Eterno Regresso” é muito mais do que um simples conjunto de músicas.

É um projecto multi-artístico, de cariz intimista, em que a música, o Cinema (estilo curtas metragens), a poesia, a fotografia (com exposição itenerante associada), a dança e a pintura se unem para contar uma história. Essa história ficcionada fala de uma viagem, que tem Lisboa e o Fado como pontos de partida, feita por alguém que pretendia dar um novo rumo à sua vida, espreitando novas oportunidades. No fundo, a personagem é alguém que sentia “saudades do futuro”, daquilo que não viveu. Assim, com esta necessidades de mudança, decidiu rumar ao Brasil, ao Rio de Janeiro, fazendo essa viagem de barco, inspirado pela força e coragem dos navegadores portugueses, buscando novos desafios e novas sensações.

rogerio.pngTrata-se também de um projecto luso-brasileiro, na medida em que contou com a participação de artistas do Rio de Janeiro e São Paulo, na área do cinema e da fotografia, que captaram imagens nessas cidades brasileiras.

Rogério Godinho apresenta agora o novo video para o tema "The third element". Um vídeo onde fica claro o caráter multi-artístico do projecto

Nascido em Lisboa em 1976, Rogério Godinho iniciou os seus estudos musicais aos 8 anos de idade. Pianista, cantor e compositor, com formação no Hot Clube de Portugal, na Universidade de Évora e no Lemmensinstituut (Bélgica), tem vindo a definir um estilo muito próprio, com a sua música original, harmonicamente rica, e em que é dada muita importância à interpretação das palavras. As suas composições são o reflexo das suas grandes influências - o Fado, o Jazz, a MPB (Música Popular Brasileira) e a música clássica, sendo Amália Rodrigues, Carlos do Carmo, Bernardo Sassetti, Ryuichi Sakamoto, Esbjorn Sevensson, Chico Buarque, Maria Bethânia, Tom Jobim, Caetano Veloso, Puccini, Plácido Domingo, alguns dos artistas que mais o marcaram. Para além da música, fazem parte do seu universo artístico, como criador, a poesia, a fotografia e as filmagens. A comunicação resultante do envolvimento destas diversas formas de arte conduz a um trabalho que se pretende inovador. Em cada espectáculo, pretende-se proporcionar uma experiência sensorial abrangente e envolvente.

A ligação da sua música à obra de Fernando Pessoa tem despertado interesse junto da “comunidade pessoana”, nomeadamente, através da Casa Fernando Pessoa, onde já actuou por duas ocasiões.

Calexico no NOS Alive ‘16...

Os Calexico são a mais recente confirmação do NOS Alive’16.

A banda norte-americana vem dia 9 de julho ao Palco Heineken para apresentar ao vivo o mais recente trabalho “Edge of the Sun”. Os Calexico juntam-se assim a um cartaz, que já é considerado pela imprensa internacional como um dos melhores de 2016 e que conta com nomes como Radiohead, Arcade Fire, The Chemical Brothers, Pixies, entre muitos outros.

pertramer_4604378.jpgCom mais de duas décadas de existência, nove álbuns e incontáveis voltas ao mundo, Joey Burns e John Convertino atravessaram barreiras musicais abraçando uma panóplia infindável de estilos, variedade instrumental, construindo inconfundíveis assinaturas sonoras. O último álbum “Edge of the Sun” é prova disso mesmo, juntando ao longo de 18 faixas experiências de viagens por Madrid, Nashville, Tucson, El Paso e Berlin.

 

Nomes já anunciados:

Arcade Fire, Calexico, Carlão, Courtney Barnett, Father John Misty, Foals, Grimes, Hot Chip, Jagwar Ma, John Grant, José González, M83, Paus, Pixies, Radiohead, Robert Plant, Tame Impala, The 1975, The Chemical Brothers, Two Door Cinema Club, Vintage Trouble, Wolf Alice e Years & Years.

"A Beautiful disaster"... o novo video de "The Great American Lie" dos Ménage (Exclusivo)

A banda dos irmãos Ferreira,os Ménage, acabam de lançar um novo single / video do seu disco “The Great American Lie”. O video "A beautiful disaster" terá a sua estreia a 2 de março em exclusivo para Portugal.
Em primeira mão pode ser visto aqui na Glam Magazine..

hires2.jpg

Com a produção de David Bottrill (Muse, Placebo, Peter Gabriel) e Ted Jensen (Radiohead, Björk, Sigur Rós), os Ménage estão preparados para divulgar a sua música através da edição de um conjunto de EP’s durante o ano de 2015. São estes lançamentos que acompanham a banda e asua respetiva progressão de carreira. O primeiro disco chega agora a Portugal através de iPlay. “The Great American Lie” consiste num conjunto de dois dos quatro EP’s esperados para 2015, assim como a inclusão de ‘bonus track’ intitulado “Black & White TV”, com a participação de Jim Barr dos Portishead.

O disco escontra-se já disponível em formato físico e igualmente em todas as plataformas digitais.A banda já tema agendadas algumas datas para o mês de abril em Portugal.

O álbum e os vídeos irão reflectir as situações actuais e o desenvolvimento da banda, "We are Ménage and so are you!" é o lema!

 

Jimmy P anuncia segundo single “Não Tás a Ver”… novo disco “Essência” será editado dia 1 de Abril

"Não Tás a Ver” será o segundo single retirado de “Essência” e chega às rádios nacionais a 7 de Março, dia em que estreia também o novo vídeo. O aguardado terceiro longa duração de Jimmy P será editado dia 1 de Abril e o primeiro concerto de apresentação está agendado para uma semana depois, a 8 de Abril, no Hard Club, no Porto. A primeira parte está a cargo de JÊPÊ e Fábia Maia.

jimmy.jpgFigura central da nova geração da música portuguesa, Jimmy P representa o que de melhor se faz na música urbana actual, espaço largo para onde faz confluir uma fusão perfeita entre o Rap, o Reggae e o R&B. O poder da rima, bem como a prevalência da palavra longe de estereótipos misóginos e lugares comuns, nunca deixará de ser central no seu trabalho que, mais do que nunca, atinge em “Essência” uma sofisticação melódica que já se adivinhava nos discos anteriores e que está reservada apenas aos clássicos.

Com milhares de seguidores no facebook, instagram, twitter, youtube, snapchat e vídeos com mais de três milhões de visualizações, Jimmy P é um caso sério de popularidade.

 

Agenda:

26 fevereiro 2016 - Estação da Luz (Aveiro)

17 março 2016 - Futuralia (Lisboa)

18 março 2016 - Caparica Surf Fest (Almada)

19 março 2016 - Pedra do Couto (Santo Tirso)

2 abril 2016 - MDA - Nova Era (Porto)

7 abril 2016 - NB (Coimbra)

8 abril 2016 - Hardclub (Porto)

James… o regresso ao MEO Marés Vivas

James, a icónica banda de Manchester formada em 1982 e composta por Tim Booth (voz), Jim Glennie (baixo), Saul Davies (guitarra e violino), Mark Hunter (teclado), David Baynton-Power (bateria) e Andy Diagram (trompete), atua a 16 de Julho no Palco MEO do MEO MARÉS VIVAS.

james-band-press-shot-2014.jpgDR / Press photo 2014

 

A criatividade duradoura e o legado musical, tornou James uma das bandas indie britânicas mais influentes. Com 30 anos de carreira e 13 álbuns de estúdio que venderam 13 milhões de álbuns no mundo inteiro, os seus maiores hits incluem “Sit Down”, “She's a Star”, “Laid” e “Getting Away With It (All Messed Up)”.

O 14º álbum, “Girl at The end of The World” será lançado a 18 de Março de 2016 e conta com uma breve aparição do seu ex-mentor Brian Eno.

Globalmente conhecidos pelas suas incríveis atuações ao vivo, a banda tem sido a atração principal e atuado nos maiores festivais em todo o mundo, como o festival Glastonbury, Lollapalooza, Rock In Rio, Coachella, Hard Rock Calling, Isle of Wight, Latitude, V Festival V, T in the Park, entre muitos outros, a 16 de Julho é a vez se subirem ao Palco MEO.