Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Grognation apresenta "Na Via" no Musicbox

“Se é pra ir vamos todos, se é pra ir vamos todos, ninguém vai só…”, este é o mote dado pelos Grognation no início do seu último EP “Na Via”. Lançado a 1 de Junho de 2014, este EP é o 4o trabalho da crew de Mem Martins, que são já uma certeza dentro do Hip Hop Nacional e que estão “Na Via” para se afirmarem como valores seguros da musica portuguesa para os próximos anos.

gr.pngPara Factor, Neck, Papillon, Harold e Prizko, este EP representa o caminho já percorrido e a aprendizagem adquirida desde as primeiras mixtapes e o EP “Sem Censura”, mas que é apenas mais um objectivo concretizado até a saída do album, previsto durante o ano de 2016. Para abertura da noite dois showcases: Grilocks, que irá apresentar algumas faixas da sua mixtape “Carisma” e Haze, que traz o EP “Um dia destes num destes dias”.

 

Musicbox (Lisboa)

23 de Janeiro 2016 | 22.30h

"Mais Música, Mais Ajuda" no Plano B

"Mais Música, Mais Ajuda" assume-se como um projeto inovador de responsabilidade social que pretende conjugar o poder da música com a necessidade de despertar cidadãos, empresas e organizações para uma cidadania mais ativa e participativa, contribuindo assim, para a sustentabilidade e manutenção de projetos e atividades da associação.
No dia 29 de Janeiro a Associação Caís lança a iniciativa e organiza dois concertos em simultâneo no Porto e em Lisboa.

Image2.jpgAo longo de seis meses, em mais de dez espetáculos musicais, esta iniciativa irão juntar os melhores artistas portugueses dos mais variados estilos musicais no combate à indiferença e à exclusão social.

A edição de lançamento no Porto do projeto conta com a presença dos For Pete Sake e de Frankie Chavez

 

Plano B (Porto)

29 de Janeiro 2016 | 22.00h

"Mais Música, Mais Ajuda" no Estúdio Time Out

"Mais Música, Mais Ajuda" assume-se como um projeto inovador de responsabilidade social que pretende conjugar o poder da música com a necessidade de despertar cidadãos, empresas e organizações para uma cidadania mais ativa e participativa, contribuindo assim, para a sustentabilidade e manutenção de projetos e atividades da associação.

Image1.jpgAo longo de seis meses, em mais de dez espetáculos musicais, esta iniciativa irão juntar os melhores artistas portugueses dos mais variados estilos musicais no combate à indiferença e à exclusão social. A edição de lançamento do projeto conta com a presença dos The Black Mamba e de O Martim

 

Estúdio Time Out (Lisboa)

29 de Janeiro 2016 | 22.00h

Baile Tropicante feat. La Flama Blanca + Tiago Santos

O baile que mensalmente visita a herança etnográfica e antroplógica da América Latina convida, em Janeiro, Tiago Santos. Músico fundador, guitarrista, compositor e letrista dos Cool Hipnoise, Spaceboys ou Cais do Sodré Funk Connection, assumido fã da dita ‘Música Negra’. É também dj da Oxigénio, onde apresenta os programas Planeta Jazz, Hora do Sol ou Heróis no Ar e ‘gira-discos’.

baile-tropicante-22-JAN-2016-WEB-e1452521822184.jpLa Flama Blanca tem vindo a incendiar pistas de dança, deflagrando a cumba e o reggaeton com o seu Baile Tropicante, no Musicbox, e ateando amores desenfreados. La Flama é, também, um conceituado actor, tendo participado no blockbuster português “Sei Lá” no papel de violinista rebelde.

.

 

Musicbox (Lisboa)

22 de Janeiro 2016 | 01.30h

Balla apresenta “Arqueologia” no Maus Hábitos

Os últimos anos têm afirmado o trabalho de composição e produção de Armando Teixeira como dos mais criativos e distintivos na música pop portuguesa.

balla.jpgEstreado em 2000, o seu projecto Balla construiu um vasto imaginário sonoro através de uma discografia que experimenta a electrónica, orquestrações, ambientes latinos, de música negra e uma variedade de soluções sem espartilhos, em busca da Canção. No dia 23, Balla apresenta-se no Maus Hábitos (Porto) para apresentar o novo Livro/Disco "Arqueologia" que figura na maioria das listas dos melhores de 2015.

 

Maus Hábitos (Porto)

23 de Janeiro 2016 | 22.00h

Cícero Lee… Apresentação do novo disco “Those Who Stay”

Mais do que um baixista, Cícero Lee é um incansável estudioso do instrumento, cujo objetivo pessoal é atingir um grau de expressividade e destreza que seja, de facto, digno de nota. É também contrabaixista, compositor, professor, fotógrafo, e uma forte presença no meio musical nacional em géneros que vão do Jazz ao Pop-Rock, passando pela World Music e Música Tradicional Portuguesa.

fotocicero lee.jpg(DR)

 

Sucessor de “Ventos” (Sintoma Records, 2013), Cícero Lee apresenta em Coimbra “Those Who Stay”, disco que explora os conceitos de lembrança, da certeza e da expectativa. Neste concerto, o músico faz-se acompanhar de José Salgueiro (bateria), Carlos Garcia (piano) e Desidério Lázaro (saxofone tenor)

 

Salão Brazil (Coimbra)

23 de Janeiro 2016 | 22.30h

MEO Sudoeste confirma Steve Angello

O nome que se anuncia hoje tem na última década colocado o seu nome no Olimpo dos DJs: pela primeira vez em nome próprio no MEO Sudoeste: Steve Angello

steve.pngO sueco Steve Angello é um dos mais reconhecidos nomes da música electrónica da última década. Com os parceiros Sebastian Ingrosso e Axwell criou o fenómeno Swedish House Mafia, e com eles atingiu um êxito retumbante chegando a ser nomeado para vários Grammys. Depois de vários anos na ribalta com espetáculos nos maiores festivais de música eletrónica do mundo, amanhã é editado o seu novo trabalho “Wild Youth”, que conta já com o êxito “Children of the Wild” e que terá como próximo avanço o tema “Someone Else”, que conta com a participação de Dan Reynolds dos Imagine Dragons.

 

Para tirar o máximo partido, não só das actuações dos já anunciados Wiz Khalifa, Martin Garrix e Steve Angello, mas de todo o Festival, está também já disponível, em parceria com a XTravel, o XBUS, a forma mais simples e segura para desfrutar da melhor semana de Férias do verão

Dinamite - Concerto de Homenagem e Encerramento de Carreira de Dina

Em 2016 Dina comemora os 40 anos da sua carreira musical. É o ano que Dina encerra a sua carreira que construiu uma obra única abrangendo vários estilos músicas desde o pop, funk, folk, rock e até pela canção de intervenção.

DINAMITE_capa_lettering-750x422.jpgPara assinalar este aniversario, mais de 15 artistas nacionais da nova geração da musica moderna Portuguesa resolveram levar a palco em duas datas únicas, 22 de Março em Lisboa e 24 de Março no Porto, um espetáculo onde o cancioneiro da cantora Portuguesa será revisitado.

Para esse efeito foi criada uma banda que vai acompanhar os participantes neste projeto. Com novas roupagens, o repertório de Dina será recuperado e dado a conhecer às novas gerações, como o caso do album “Dinamite” lançado em 1982.

 

Intérpretes:

Ana Bacalhau (voz)

B Fachada (voz, teclados e programações)

Best Youth (voz e guitarra)

Da Chick (voz)

D’Alva (voz e programações)

Márcia (voz e guitarra)

Mitó (voz)

Samuel Úria (voz e guitarra)

Tochapestana (voz, guitarra e teclados)

 

Banda:

Manuel Dordio (guitarra e direcção musical)

David Santos (baixo)

David Pires (bateria)

João Gil (teclados)

 

Direcção artística: Gonçalo Tocha

Produção executiva: Sophie Bárbara

Produção: BARCA13 / DáBaile

 

São Luiz Teatro Municipal (Lisboa)

22 de Março 2016 | 21.00h

Teatro Municipal Rivoli (Porto)

24 de Março 2016 | 21.30h

NEOPOP FESTIVAL '16… Primeiras confirmações: Carl Cox, Ben Sims B2B James Ruskin, Matador e Unforeseen Alliance

Já são conhecidas as primeiras confirmações para a edição deste ano do Neopop Festival em Viana do castelo.  E começamos com a grande lenda do techno, um dos grandes que quase não precisa de apresentações: depois de deixar rendidos os que não perderam a edição de 2014, Carl Cox regressa ao Neostage para distribuir batidas infecciosas como só ele o sabe fazer.

Cc.jpgAinda com o techno a ser o rei e senhor, Ben Sims B2B James Ruskin vai colocar dois pesos pesados frente a frente num duelo de dimensões ainda por apurar. O dj e produtor irlandês Gavin Lynch, mais conhecido por Matador, chega de Berlim com o que sáo os remixes e releases deep mas interessantes dos últimos tempos. Já para não falar dos incríveis live acts de que é protagonista.

 

De França com amor, os Unforeseen Alliance, considerados o 'créme de la créme' da renovada cena techno francesa, compõem o primeiro lote de luxo do que será, segundo a organização, o melhor Neopop de sempre.

 

Lançamento de "Thug Life" de C de Croché

O novo disco de C de Crochê (nome de guerra de Adriano Fernandes, baixista de Chibazqui e de Cochaise e colaborador habitual de Filipe Sambado e Filipe da Graça, entre outros), intitulado "Thug Life", vai estar disponível para escuta integral e gratuita no bandcamp do próprio a partir da próxima segunda-feira, 25 de Janeiro.

Capa.jpgO disco foi gravado entre Albufeira, Londres e Lisboa e foi produzido e misturado pelo Filipe da Graça (aka Filipe Fernandes, o seu irmão). A masterização ficou a cargo do Alexandre Pereira e o trabalho gráfico é do Silas Ferreira.

A edição física do disco, com o selo FlorCaveira, vai estar disponível para venda no concerto de lançamento no dia 4 de Fevereiro no Lounge (Rua da Moeda, 1, Lisboa), concerto esse que contará ainda com a actuação na 1ª parte do Filipe Sambado.

Roger Plexico & Ace ao vivo…

A Baboom e a Monster Jinx uniram forças e conseguiram convencer Roger Plexico e Ace a apresentarem ao vivo o seu álbum em colaboração.

Rogerace_janeiro16_poster.jpgAce, DJ SlimCutz e Taseh vão subir ao palco para fazer as colunas vibrar no Porto (Maus Hábitos) e em Lisboa (Music Box). Consigo levam alguns djs da crew do Monstro Roxo para fazerem a festa..

 

Maus Hábitos (Porto)

22 de Janeiro 2016 | 23.00h

 

Musicbox (Lisboa)

27 de Janeiro 2016 | 23.00h

Dia 21 de Janeiro 2016…. Um turbilhão musical…

O dia 21 de Janeiro de 2016 vai ficar marcado por um dia de grandes novidades musicais. No turbilhão que é o mundo dos festivais, O Primavera Sound de Barcelona, descolava a sua nave logo pela manhã, com a apresentação do cartaz da edição de 2016, que como habitualmente acaba por se refletir na edição do Porto. Radiohead, LCD Soundsystem, PJ Harvey, Sigur Rós, Air, e muitos outros saltam à vista de quem assiste ao vídeo de apresentação e depois à apresentação do cartaz.

Image1.jpgPor cá, à mesma hora, a Everything is New apresentava com cabeça de cartaz para a 10ª edição do NOS Alive’16 os Radiohead. Ficávamos a saber que a banda britânica trocava o Primavera Sound pelo Alive, mantendo apenas o “NOS”.

O nome dos Radiohead no NOS Alive’16 criou de imediato uma onde de grande expectativa junto dos fãs, que ainda são muitos, da banda de Thom Yorke. Tendo passado pelo Alive em 2012, é de esperar que os Radiohead esgotem o dia (8 de Julho) em que sobem ao palco, um dia que conta com as confirmações de Tame Impala, Foals, Year & Years, Hot Chip, Courtney Barnett e Father John Misty.

Algum público mais novo questiona-se sobre os Radiohead, a banda que marcou o final da década de 90 no século XX, mas para esses, O Sudeste confirmou a presença de Steve Ângelo, bem do agrado dos mais novos… e nem me alongo mais sobre o assunto.

Voltando ao inicio da manhã… numa resposta quase em simultâneo, a Ritmos anunciava a primeira confirmação para a 5ª edição do NOS Primavera Sound. Os franceses, AIR, surgem assim como a primeira banda para o festival do Porto, depois da mesma ter sido apresentada no cartaz de Barcelona.
Os AIR, a banda sonora mais que perfeita para o parque da Cidade do Porto, traz um conjunto de emoções fortes para um público mais adulto e que como sempre espera do Primavera Sound um cartaz que corresponda aos seus encantos.

Resta para já saber o que do cartaz de Barcelona marcará presença no cartaz do Porto…. LCD Soundsystem, PJ Harvey, Sigur Rós, Cabaret Voltaire ou até mesmo um Brian Wilson recriando ao por do sol o album dos Beach BoysPet Sounds”…

Vamos esperar....

 

Paulo Homem de Melo (Jan/16)

Moxila + Éme em digressão nortenha…

Começa a 21 de Janeiro a Tour Nortenha de Éme e Moxila! Passando por Porto, Braga, Barcelos e Aveiro.  Éme termina as apresentações do seu aclamado "Último Siso" e presenteia-nos com novas canções a gravar em breve. Depois de uma longa digressão com banda de apoio Éme apresenta-se a solo à guitarra, que é o formato que conhece melhor. Mariana, é a artista e ilustradora da Gentle Records conhecida como Moxila. Começou por ser uma cover band de Melody Dog mas como elas só tinham três músicas, ela começou a fazer as suas próprias canções. Foi nesse momento que se tornou a melhor artista "Retarded Pop", da contemporaniedade e, provavelmente, de sempre.

666.jpgDepois do lançamento do EP “Passa-se alguma coisa estranha aqui” em 2011 e do álbum “Gância” em 2012, João Marcelo, o compositor e cantor lisboeta conhecido como Éme, conta agora com mais um cancioneiro: “Último Siso” renova tanto o seu compromisso com a arte de fazer canções como afirma o simples facto de que rodeado de amigos é que trabalha bem. Se na instrumentalização conta com outros membros do bando-editora Cafetra Records, do qual também faz parte, Júlia Reis na bateria, Miguel Abras no baixo eléctrico e Lourenço Crespo nas teclas, na produção a influência de B Fachada é determinante na configuração geral do disco. A voz tem um corpo material, tal como o mundo a representar tem os limites de quem o percepciona e interpreta, e o siso do cantautor parece ter que ver precisamente com isto que afirma: "em vez de estar a tentar pôr as canções que eu gostava de fazer, de tentar tirá-las de um sítio qualquer da minha cabeça, é mais uma questão de moldar as canções àquilo que eu sou"

Moxila começou por ser uma cover band de Melody Dog mas como elas só tinham três músicas, ela começou a fazer as suas próprias músicas. Foi nesse momento que se tornou a melhor artista portuguesa, da contemporaniedade e, provavelmente, de sempre. Moxila é uma das principais defensoras da teoria que diz que as bananas são todas colonas umas das outras e por isso idênticas entre si. Existem tipo 12 formatos de banana no mundo e todas as outras são cópias dessas. Se fores ao supermercado, consegues encontrar lá umas três ou quatro exactamente iguais.

 

21 de Janeiro 2016 - Café au lait (Porto) (23.30h)

22 de Janeiro 2016 – Sé la Vie (Braga) (22.30h)

23 de Janeiro 2016 - CCOB (Barcelos) (22.30h)

24 de Janeiro 2016 – Galeria Má-Arte (Aveiro) (17.30h)

AIR confirmados no NOS Primavera Sound 2016

O duo francês Air é a primeira confirmação para a quinta edição do NOS Primavera Sound, que volta ao Parque da Cidade, no Porto, de 9 a 11 de junho de 2016. Em plena época de comemoração de alguns dos seus grandes sucessos, com a reedição da banda sonora de “As Virgens Suicidas” e recordando o pop etéreo e a electrónica sedosa que marcaram a carreira depois de “Moon Safari”, Nicolas Godin e Jean-Benoît Dunckel estão de regresso.  

air1.jpgEmbaixadores estabelecidos da elegância pop, usam o french touch mais inquieto e a electrónica súbtil como ponto de partida para construir imponentes sinfonias lunares. Vinte anos após a sua formação, o duo de Versailhes continua a ser uma das grandes referências da música francesa graças a trabalhos como “10.000 Hz Legend”, “Talkie Walkie” e “Love 2”.

Além dos projectos paralelos, como Darkel, lançaram em 2012 “Le Voyage Dans La Lune”, banda sonora moderna para o clássico cinematográfico de Mèliés. Em 2014, surpreenderam com “Music For Museum”, um EP inspirado nas obras de arte do Palácio de Belas Artes em Lille.

Radiohead confirmados no NOS Alive’16

Os Radiohead acabam de confirmar presença na 10.ª edição do NOS Alive. A banda de Thom Yorke e Ed O'Brien sobe ao Palco NOS a 8 de julho, dia em que estão igualmente confirmados Tame Impala, Foals, Years & Years, Hot Chip, Father John Misty e Courtney Barnett.

radiohead.jpgDesde o lançamento do álbum de estreia “Pablo Honey” em 1993, os Radiohead contam com oito álbuns editados e mais de 30 milhões de discos vendidos em todo o mundo. Vencedores de uma longa lista de prémios, hoje são indiscutivelmente considerados uma das mais inovadoras e influentes bandas das últimas décadas. Em 2005 a revista Rolling Stone integrou a banda na lista “The Greatest Artists of All Time”. Também Jonny Greenwood e O'Brien foram ambos incluídos na lista de melhor guitarrista, e Yorke na lista de melhor vocalista, da aclamada publicação norte-americana. Os Radiohead confirmam este concerto único em Portugal depois de quatro anos afastados dos palcos.

 

Nomes já anunciados:

Courtney Barnett, Father John Misty, Foals, Hot Chip, John Grant, José González, M83, Pixies, Radiohead, Tame Impala, The 1975, The Chemical Brothers, Wolf Alice e Years & Years.