Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

José Cid encheu de música o Campo Pequeno ontem á noite

Já se perderam a conta de quantas vezes José Cid actuou no Campo Pequeno, mas a noite de ontem foi diferente. Além de ter como convidados o Quarteto 1111 e o seu sobrinho Gonçalo Tavares, encantou o público com três horas de música.

José Cid 02.jpgNuma sala longe de estar cheia, o musico oriundo da Bairrada, interpretou temas como "Vem viver a vida amor", "Menino Prodígio", "Cabana", "Mentiroso compulsivo", entre outras. O momento alto da noite, foi quando se reviveram os velhos tempos, ou seja, quando entrou o Quarteto 1111.

O público a acompanhou com palmas e voz ainda mais fortes. No tema "A lenda de El Rei D. Sebastião", tiveram direito a um efusivo aplauso no final do tema. O quarteto é formado por José Cid, Mike Sergeant, Tózé Brito e Michel Silveira.

José Cid 05.jpgFoi possível saber pela boca de Cid que "já cantei jazz de Coimbra". Talvez quisesse dizer, em Coimbra, mas com a emoção trocou as palavras.  Após sair para encore, que regressou de imediato, disse “então só mais duas”. No entanto foram muito mais que duas, foram mais 45 minutos de concerto. José Cid tocou até se cansar, pois era notório que não tinha vontade de abandonar o palco nem o seu público.

 José Cid 03.jpgA TóZé Brito dedicou uma música do seu próximo disco, que deverá sair em Março de 2016. Enquanto Cid tocava, TóZé ficou a seu lado a ouvi-lo atentamente. Já na despedida disse "embora (o campo pequeno) não esteja cheio, foram um público muito bom".

 José Cid 01.jpg

Ficou a promessa de regressar para gravar o seu novo DVD, em breve.

 

Reportagem: António Manuel Teixeira

Fotografias: Kevin Ribeiro Roman

 

 

A festa (da insignificância)… de Paulo Ribeiro

A Companhia Paulo Ribeiro celebra 20 anos e a sua história conta com mais de duas dezenas de criações, comprovando um percurso longo que se funde com a própria história da chamada nova dança portuguesa. Percetível também neste percurso é a presença de um movimento perpétuo de exploração de espaço, ideias, conceitos, dúvidas, encontros, desencontros e surpresas. Se por um lado Paulo Ribeiro reconhece que os processos criativos são quase sempre angustiantes, o coreógrafo admite também que os recebe como momentos festivos.

mail_ap_livro_festa.jpg(c) José Alfredo

 

A nova criação, que assinala os 20 anos, com estreia na Culturgest, assume-se assim como uma festa, na qual o coreógrafo tem a pretensão de dar corpo às motivações interiores e secretas, dar corpo à utopia, à expectativa e à vontade de criar uma plataforma de entendimentos e cumplicidades. Uma festa, uma manifestação de prazer, que se estende do autor ao palco e do palco ao público. A propósito da apresentação da nova criação, Paulo Ribeiro orientará uma aula destinada a pessoas interessadas no contacto com a linguagem do coreógrafo.

 

Coreografia e Direção: Paulo Ribeiro

Interpretação: Ana Jezabel, Filipa Peraltinha, Teresa Alves da Silva, Rosana Ribeiro, São Castro, Allan Falieri, André Cabral, António Cabrita, João Cardoso e Valter Fernandes

Música: Tom Zé, Matthew Shlomowitz e Ben Harper

Consultoria e direção musical: Miquel Bernat

Músicos ao vivo: Drumming Grupo de Percussão (Miquel Bernat e Miguel Moreira)

Figurinos: José António Tenente

Desenho de luz: Nuno Meira

Produção: Companhia Paulo Ribeiro

Coprodução: Théâtre De Chaillot; Scène National De Besançon; Fundação Caixa Geral de Depósitos - Culturgest; Teatro Nacional São João, Teatro Viriato e Câmara Municipal de Viseu

 

Teatro Viriato (Viseu)

18 e 19 de Dezembro 2015 | 21.30h

THE GIFT encheram Multiusos de Guimarães com 20 anos de música…

Na noite de ontem, 12 de dezembro, o Pavilhão Multiusos em Guimarães encheu-se para receber o primeiro de dois concertos de celebração dos 20 anos THE GIFT. Numa noite de comunhão total com o público, a banda apresentou um alinhamento que percorreu os momentos mais fortes de uma carreira repleta de singles, muitos deles cantados a uma só voz em Guimarães.

DSC_9522.jpg(c) 2015 Paulo F. Mendes

 

O concerto começou com o novo tema “Clássico” que elevou a vocalista Sónia Tavares acima do público presente, num voo para uma noite que se revelou inesquecível e um concerto de mais de duas horas e meia. Nesta noite de celebração não faltaram temas como “OK, Do You Want Something Simple”, “Meaning of Live”, “Primavera”, “Question of Love”, “RGB” e, já no encore, “Fácil de Entender” e, em noite de homenagem a Frank Sinatra, a muito aplaudida versão do tema “My Way”.

DSC_9614.jpg(c) 2015 Paulo F. Mendes

 

No dia 19 de dezembro, os THE GIFT apresentam este espetáculo no MEO Arena, encerrando um ano marcado pelo lançamento do disco 20, um livro de autoria de Nuno Galopim, uma caixa premium que, além do disco e livro inclui, ainda 4 CD e 4 DVD e um documentário realizado por Nuno Duarte e Guilherme Cabral.

 

Mais fotografias de aqui

 

Foi este o alinhamento do concerto de 12 de dezembro no Pavilhão Multiusos de Guimarães:

- Clássico

- Laura

- Dream WSE Dream

- Truth

- Changes

- How The End... Always End

- OK, Do You Want Something Simple?

- Doctor

- Senschut

- Butterfly

- Wallpaper

- Meaning of Life

- Primavera

- Made For You

- Question of Love

- RGB

- Driving You Slow

- Front Of

- The Singles

- In Repeat

- Fácil de Entender

- My Way (homenagem a Frank Sinatra)

- My Lovely Mirror

- Music