Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Blues Pills em Portugal….

Injustamente atirados para o saco do retro rock que, nos últimos anos, revelou ao mundo uma série de músicos jovens apostados em tentar reproduzir a todo o custo a genialidade do blues rock e do proto-metal popularizado na transição da década de 60 para a de 70, os Blues Pills apresentam predicados mais que suficientes para se destacarem dos seus contemporâneos numa categoria totalmente à parte.

Image7.jpgEm primeiro lugar, a banda, que inclui músicos norte-americanos, suecos e franceses, tem alma... Muita alma mesmo. Não aquela soul afinada de Otis Redding ou Marvin Gaye, mas uma interpretação mais profunda e intuitiva da alma, traduzida em música rock que vem de dentro de quem a toca e que, além de ouvida, tem de se sentir no âmago para ser apreciada na sua plenitude. Depois, têm também uma arma secreta – a vocalista Elin Larsson. A jovem sueca é dona de um registo vocal raro nestes dias de autotune e estilo sobre substância; uma voz que escorre com emoção bluesy e geme com o poder de ícones como Janis Joplin, Aretha Franklin ou Tina Turner.

Isso não significa, no entanto, que Larsson seja o único elemento digno de destaque na banda. Como um todo, os quatro elementos do grupo funcionam como a unidade poderosa que qualquer grande banda deveria ser. À semelhança de secções rítmicas clássicas como Ward e Butler ou Bonham e Jones, Cory Berry e Zack Anderson (ambos ex-Radio Moscow) operam com uma fluidez impressionante e criam um alicerce sólido mas bem maleável para o impressionante trabalho de guitarra de Dorian Sorriaux que, apesar da sua juventude, revela um domínio impressionante das seis cordas.

 

Hard Club – Sala 2 (Porto)

4 de Março 2016 | 21.00h

 

RCA Club (Lisboa)

5 de Março 2016 | 21.00h

The Gift… 20 anos ao vivo

Como se fosse ontem.

Como se hoje começasse o primeiro ensaio.

Como se hoje fosse.

1.jpgHá 20 anos atrás, em Alcobaça, não pensavam nos anos que podíam ter pela frente. Não imaginavam nada mais que o próximo dia. Nada os fazia mais felizes que subir as escadas para tocar, dia após dia. Hoje é igual. Nada os faz mais felizes que subir as escadas antes de cada palco...E hoje, 20 anos depois, anunciam o maior destino, a celebração.

 

“Celebramos 20 anos com sorriso aberto e convidamos todos, que de uma forma ou de outra, nos tiveram nas suas vidas. Em 20 anos muda-se tudo. Em 20 anos muda-se tanto. Mudamos aquilo que nos rodeia e às vezes temos a sorte de entrar na vida das pessoas. Celebrar 20 anos é isso mesmo, ter à nossa volta quem se deixou levar por um espectáculo, um disco, uma canção, um refrão apenas.

Nos dias 12 e 19 de Dezembro, estaremos em Guimarães e em Lisboa, a celebrar, junto de quem mais desejamos, os nossos 20 anos. Mas, não são apenas os palcos que vão assinalar esta celebração. Teremos um disco com as músicas que mais marcaram a nossa carreira, um livro que conta sem qualquer tipo de censura tudo aquilo que vivemos e sentimos ao longo destas duas décadas. E haverá mais, afinal só se faz 20 anos uma vez na vida.”

 

Pavilhão Multiusos (Guimarães)

12 de Dezembro 2015 | 22.00h

 

MEO Arena (Lisboa)

19 de Dezembro 2015 | 22.00h

Xutos & Pontapés Acustico "Se Me Amas"

Há muitas histórias dentro da História dos Xutos & Pontapés.

A história do “acústico” é uma das mais bonitas. Porque há coisas que não são planeadas mas podem ser muito importantes. Há momentos, inesperados, em que uma banda renasce porque se reencontra: consigo mesma, com as suas canções e com o público.

Image3.jpgEm 1995, de uma emissão de rádio, fez-se um disco “Ao Vivo na Antena 3”, que mudou o modo como este país sentiu a força da música dos Xutos & Pontapés. As canções, já feitas hinos, tornaram-se ainda maiores e, depois disso, por causa disso, nada voltou a ser como antes. Agora, vinte anos depois, Tim, Zé Pedro, Kalu, João Cabeleira e Gui revisitam esse momento tão singular nas suas carreiras: “Se me amas” é o regresso dos Xutos & Pontapés ao formato acústico, por duas noites apenas. Um encontro feliz e raro, feito de desafio e cumplicidade, entre músicos totalmente entregues à essência de canções que fazem parte da vida.

 

Campo Pequeno (Lisboa)

18 de Dezembro 2015 | 22.00h

The Wild Booze disponibilizam “LSD” no Youtube

Já está disponível no Youtube, no canal da editora Sister Ray, o novo vídeo dos The Wild Booze. “LSD” é uma canção straightforward e sem preconceitos, descreve a trip da droga de novo tão na moda e, para quem nunca a experienciou, deixa um “so take the LSD, chew it and you'll see” porque “Yes it melts your brain but I assume that will be worth it. You'll feel the heat, the symphony, the power trip of joy.” Direta, sem presunções nem artifícios.

O vídeo, com assinatura do realizador João Brochado, da Cimbalino Filmes, é fiel ao espírito da canção. Anula quase por completo o cenário, recorre à noção de noite, aos contrates de sombras, à saturação de imagem e aos jogos de luz. São os The Wild Booze e a “LSD”, sem qualquer subterfúgio.

GLAM - The Wild Booze.jpg(c) 2015 Paulo Homem de Melo

 

A canção, a rodar na Antena 3 desde o dia 0 deste mês, irá constar no primeiro CD da banda a lançar em 2016 pela Sister Ray. Os The Wild Booze foram, na edição deste ano, a banda a abrir as hostilidades no Vodafone Paredes de Coura. Deles, os primeiros acordes a ouvirem-se no Palco Vodafone Festival Sobe à Vila, no dia 16 de Agosto. Ainda sem qualquer obra no mercado, apenas com o lançamento virtual de dois singles e de um vídeo, os The Wild Booze conseguiram merecer a atenção e a distinção por parte dos programadores do Paredes de Coura, facto que pode bem servir a quem ainda não teve a oportunidade de os ouvir, para ter certeza prévia de que é “coisa” que tem qualidade, como disse João Carvalho, diretor do Festival Paredes de Coura, em entrevista à Wav Magazine: “Não temos preconceitos, desde que as coisas tenham qualidade, podem estar em Paredes de Coura.” .

The Wild Booze é uma banda formada por jovens de Guimarães, onde se juntaram em finais de 2011, como power trio. A partir de 2014, consolidaram a formação atual com um som assente no Indie Rock e canções poderosas. Foram vencedores do concurso de bandas de garagem UMplugged, da Universidade do Minho, finalistas do Rockastrus e marcaram presença nos festivais Som Fest, Barca Primavera Fest, Gravel Fest, no Festival Praga e no Barco Rock Fest. Banda convidada na NOS em D’Bandada 2015 e no IV Concurso de Bandas da FMUP, a par de concertos um pouco por todo o país.

São constituídos por Hugo Leite (Voz/Guitarra), José Freitas (Baixo), João Pedro Passos (Guitarra) e Pedro Andrade (Bateria).

“Não me digas” single de apresentação do novo EP de Darko

Prelude” é o EP que marca o regresso de Darko e apresenta o segundo álbum de originais, a ser lançado pela Sony Music em Abril de 2016. Ao sucesso dos temas “Crying Out” e “Fomos Somos”, junta-se a composição “Não me Digas” e ainda dois inéditos exclusivos desta edição, que inclui também o tema “Bestie”, com as participações de Emmy Curl e Mikkel Solnado.

Capa do EP.jpg“Não me Digas” assinala o retorno do colectivo de Zé Manel à escrita de temas em português e é um manifesto ao amor e às histórias inacabadas. Com influências de um fado que só ousa emergir da saudade, esta é uma poderosa balada que personifica a redenção de um regresso inesquecível ao passado recente. Para todos os que ousam amar sem temer as imperfeições do caminho.

 

O projecto Darko actua esta sexta-feira, na Praça do Município, pelas 21h30, num concerto integrado no Mercado de Natal da CML (convidados especiais: Irma Ribeiro, Iolanda e Jahde).

Carl Palmer's ELP Legacy no Paradise Garage…

Carl Palmer, membro fundador dos Emerson Lake & Palmer e dos ASIA, e um dos bateristas mais famosos na história do rock, apresenta pela primeira vez em Portugal o seu projecto Carl Palmer's ELP Legacy em trio instrumental. Carl Palmer é um virtuoso da bateria, que colocou esse instrumento na linha da frente do rock n’ roll.

Image8.jpgDurante perto de duas horas, os entusiastas da bateria poderão contar com uma apresentação excepcional dos temas instrumentais de maior sucesso dos Emerson Lake & Palmer e de outros compositores clássicos, com novos e audazes arranjos.

Carl Palmer's ELP Legacy um trio composto por Carl Palmer na bateria e percussão, Paul Bielatowicz na guitarra e Simon Fitzpatrick no baixo.

 

Paradise Garage (Lisboa)

2 de Abril 2016 | 22.00h

MEO Sudoeste | Martin Garrix

O MEO Sudoeste chega à sua 20ª edição e com o aproximar do Natal, chega hoje o primeiro presente para todos aqueles que farão da Zambujeira do Mar a sua casa de 3 a 7 de Agosto. É um dos DJs mais apreciados da atualidade e promete fazer do ano de 2016, um ano em cheio: Martin Garrix.

Header_Martin_Garrix.jpgHolandês com apenas 19 anos, ocupa já o 3º lugar na lista dos 100 melhores DJ mundiais do ranking da revista DJ Mag. O seu génio começou a revelar-se com as colaborações com Jay Hardway nos hits “Error 404” e “Wizard”. No entanto, a produção “Animals”, catapultou-o definitivamente para a fama e reconhecimento, ocupando o topo das listas musicais de variadíssimos países. Em 2015, Martin Garrix, editou com Usher “Don’t Look Down” e com o seu amigo e mentor Tiësto o hit “The Only Way Is Up”. É já presença garantida nas melhores cabines do planeta - Ultra Music Festival, Tomorrowland, entre outros – e por isso, está de volta ao MEO Sudoeste para se confirmar como um dos melhores do Mundo.

NOS Alive ’16 | Foals confirmados para dia 8 de Julho

Os Foals são a mais recente confimação do NOS Alive’16.

A banda vai subir ao Palco NOS dia 08 de julho para apresentar pela primeira vez em terras lusas o mais recente longa-duração, “What Went Down”, editado no passado mês de agosto. O quinteto liderado por Yannis Philippakis conta com quatro álbuns de estúdio e uma sólida base de fãs. A trajetória notável do grupo, bem como as suas potentes atuações ao vivo, garantiram-lhes serem considerados uma das mais importantes bandas de rock alternativo da atualidade.

FOALS.jpgO novo disco de originais, sucessor do aclamado “Holy Fire” (2013), foi gravado em França e contou com a produção de James Ford, conhecido por trabalhar com os Arctic Monkeys, Florence and The Machine, Mumford And Sons, Haim, entre outros.

Em 2016 o NOS Alive regressa ao Passeio Marítimo de Algés, nos dias 07, 08 e 09 de julho para a sua 10.ª edição.

Nomes já anunciados: Father John Misty, Foals, José González, M83 e Pixies.

Os capitães da areia no Teatro Diogo Bernardes este sábado

Os Capitães da Areia encerram a programação de 2015 do Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, num concerto muito esperado, tendo em consideração as características inovadoras que a banda tem acrescentado à música produzida em Portugal.

“A Viagem dos Capitães da Areia a bordo do Apolo 70”

Num passeio a pé pela Avenida da República, Os Capitães da Areia vão à livraria do Centro Comercial Apolo 70, no Campo Pequeno, em Lisboa. Sem querer, desencadeiam um mecanismo que transforma o Centro Comercial numa estupenda Espaço-Nave, partindo para uma odisseia intergaláctica cheia de peripécias delirantes e encontros cósmicos com artistas como a Mel do Monte, José Cid, Capitão Fausto, a actriz Joana Barrios, o Artista Anteriormente Conhecido como Tiago Guillul, Samuel Úria, Rui Pregal da Cunha, Toy, Tiago Bettencourt, Bruno Aleixo (o cão da zona Centro), o visualista Tiago Pereira, Adufeiras de Monsanto, Ana Pires, Adélia Garcia, Moças Nagragadas, a família Urbano Jorge, Lena d’Água, Miguel Ângelo e Manuel Fúria.

os_capitaes4x3_.jpg“Os Capitães da Areia tiveram a coragem de tornar possível um disco impossível. Não os conheço pessoalmente, mas consigo sentir o seu entusiasmo ao conseguir juntar as peças de um puzzle provavelmente melhor do que eles teriam sonhado: conseguir reunir numa mesma aventura musical e com uma assombrosa coerência os Capitão Fausto, Toy, Tiago Cavaco, Samuel Úria, Miguel Ângelo, Rui Pregal da Cunha, Tiago Pereira, as Adufeiras de Monsanto, Joana Barrios, Lena D’Água, Tiago Bettencourt, Bruno Aleixo, etc etc, não é para quaisquer uns. Não é para quaisquer uns IMAGINAREM, quanto mais conseguirem FAZER. Eles imaginaram e fizeram, o que é muito bom. Ainda melhor é perceber que o resultado final é das coisas mais loucas e imaginativas que se encaixaram num disco.”

Nuno Markl em “A Cave do Markl”.

 

Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima)

12 de Dezembro 2015 | 21.30h

Video do mais recente single de Sara Paço “Soul Red Car” estreia Domingo na MTV

“Soul Red Car” é o título do mais recente single de Sara Paço, uma das vozes mais promissoras e surpreendentes do atual panorama da música nacional, que esteve recentemente em destaque devido à sua muito elogiada participação no programa The X Factor UK.

Nota de Agenda_Soul Red Cara antestreia.jpgO novo single da cantora que mistura blues, jazz, soul, funk e pop, conta a história de uma rapariga que se apaixona perdidamente pelo seu carro. Toda a canção, com letra e música da cantora, é uma declaração de amor ao famoso roadster MX-5, seu companheiro de muitas viagens. Depois da apresentação ao vivo que teve lugar no “Salão do Automóvel de Lisboa” vai ser agora lançado o videoclip de “Soul Red Car”, realizado por João Gandarez para a MTV e cuja antestreia terá lugar no Double9, um novo conceito de bar que une o mundo dos cocktails ao dos chás.

 

Acompanhada pela sua guitarra e sem nunca esquecer a prancha de surf que faz parte da sua personalidade, Sara Paço irá cantar e tocar uma mão cheia de músicas neste que é um dos mais recentes espaços da zona nobre e boémia de Lisboa, situada entre o Bairro Alto e o Chiado.

 

Double9 (Lisboa)

11 de Dezembro 2015 | 18.00h

 

"O Baile dos Pirilampos" e Oficinas de Natal prometem encantar os mais pequenos

Durante o mês de dezembro, o espírito natalício chega ao Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, através das crianças que terão oportunidade de participar nas Oficinas de Natal que, este ano, se irão realizar nos dias 18, 21, 22 e 23 de dezembro. Destinadas às crianças entre os 6 e os 12 anos de idade, estas Oficinas terão como tema o Circo. Para os mais pequenos, o Serviço Educativo tem ainda outra proposta, “O Baile dos Pirilampos”, um espetáculo delicado e intimista, pensado especialmente para crianças entre os 3 e os 5 anos.

Baile dos Pirilampos_cr+®ditos Adriana Pardal.jpg(c) Adriana Pardal

 

O Baile dos Pirilampos” vai estar em cena nos dias 18, às 10h30 e às 15h00, e 19 de dezembro, às 16h00, na Black Box da Plataforma das Artes e da Criatividade. Dirigido às crianças entre os 3 e os 5 anos, “O Baile dos Pirilampos” aborda os sons da noite e a sua relação com as várias luzes que brilham na escuridão, explorando a poética visual deste universo misterioso. Neste espetáculo, as crianças terão a sensação da noite ao relento, sendo guiados por uma menina que habita uma árvore.

No Centro Cultural Vila Flor, dezembro é mês para as Oficinas do Natal. Nesta pausa letiva, e sob o tema Circo, dois grupos irão desenvolver, ao longo de três dias, especiais números circenses. No quarto e último dia, os pequenos artistas trabalharão em conjunto para que, ao final da tarde, a tenda se abra e o circo se apresente a um público especial. Há um programa direcionado para crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 9 anos e um outro vocacionado para crianças entre os 10 e os 12 anos. Os trabalhos serão desenvolvidos em paralelo e no último dia todos se juntam para apresentar o espetáculo às famílias.

 

As Oficinas do Natal decorrem entre as 10h00 e as 12h30 e à tarde têm início às 14h30 até às 16h30. A inscrição para o programa completo (4 dias) custa 24,00 eur sem almoço ou 44,00 eur com almoço incluído. A inscrição diária (exceto dia 23) tem um valor de 7,00 eur sem almoço ou 12,50 eur com almoço incluído. As inscrições devem ser efetuadas até uma semana antes do dia pretendido através do formulário online disponível no site www.ccvf.pt.