Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Do Brasil… Do Amor…

Do Amor emergiu na cena musical brasileira graças à criatividade com que produziram uma “nova música dançante”. O aclamado disco de estreia foi produzido por Chico Neves (Los Hermanos, Skank) e misturado no País de Gales por Tchad Blake. Quanto a “Piracema” (2011), foi criado entre uma fazenda no interior e os estúdios Monoaural, no Rio de Janeiro. Com uma composição bucólica e livre, proporcionada pelo ambiente de criação, o disco contou ainda com várias participações especiais, entre elas, Arto Lindsay e Rodrigo Amarante.

do amor.jpg

Agora em estúdio próprio, Do Amor preparam-se para editar o terceiro disco. Depois de actuarem no Primavera Sound Barcelona, regressam à Europa para concertos no Vodafone Mexefest (Lisboa) e Salão Brazil (Coimbra).

Após o concerto, segue-se Dj-set de sonoridades brasileiras com Inês Rodrigues.

 

Conheçam melhor a discografia do Do Amor aqui (download legal e gratuito)

 

Salão Brazil (Coimbra)

28 de Novembro 2015 | 22.30h

Ginga Beat da Rbmaradio.com agora na Vodafone.fm – Especial Vodafone Mexefest

À medida que um 2016 cheio de novidades se aproxima, o programa de rádio Ginga Beat prepara-se para fechar o ano de 2015 em grande: é já nos próximos dias 27 e 28 de Novembro que o programa mais fresco das frequências nacionais vai celebrar a sua nova casa em 2016 – a Vodafone.fm, com uma emissão especial em directo do VODAFONE Mexefest.

Gb_vodafone_especial_mexefest_w.jpgA emissão especial será composta de um bloco exclusivo em directo de um estúdio montado no festival conduzido pelo novo host do Ginga Beat em 2016 Joaquim Quadros, durante meia hora, sempre a partir das 17:30. Neste especial Ginga Beat da Red Bull Music Academy Radio na Vodafone.fm, o público poderá viajar pela programação do festival que melhor combina com o ADN do programa – todo o universo sonoro lusófono. A primeira das duas emissões especiais, contará com a actuação ao vivo e em directo os brasileiros Karol ConKa, colaboradores dos Buraka Som Sistema que se dedicam a movimentações bass e vibrações tropicais. No segundo dia, é a vez de Cachupa Psicadélica mostrar ao vivo, o projecto melhor condimentado da scene nacional, que cruza coordenadas de África e Lisboa e que acaba de lançar o seu mais recente trabalho.

 

Mas a novidade mais entusiasmante desta recta final do ano é que o Ginga Beat, um projecto de radio que tem vindo a inundar de cor o éter nacional nos últimos sete anos, terá a partir de 2016 um novo parceiro de transmissão: a Vodafone.fm (Lisboa 107.2|Porto 94.3|Coimbra 103.0 FM), uma estação que combina visão de futuro com uma energia tão jovem como fervilhante, precisamente a mesma compulsão que fez nascer o programa Ginga Beat. Este sentido de inovação e variedade combina na perfeição com o espírito da RBMA Radio. Esta nova parceria vai tornar tudo ainda mais desafiante e ground-breaking. Mais detalhes serão comunicados no início de 2016. Até lá, a ginga está toda na Vodafone fm.

II Edição do Festival Muvi Lisboa… E se a música pudesse ser Vista?

E se a música pudesse ser Vista? ... Este foi o desafio aceite e a partir do qual nasceu o MUVI Lisboa - Festival Internacional de Música no Cinema, o primeiro festival de cinema específico sobre música, que de 1 a 6 de dezembro de 2015 regressa para uma segunda edição no Cinema São Jorge, em Lisboa.

 

muvilisboa.jpg“Cansados de ver a produção cinematográfica que se faz em redor da música inserida apenas em pequenas secções de outros festivais de cinema, resolvemos inverter os acordes. O objetivo é trazer todos a palco e garantir a adesão e o envolvimento do público que gosta de música com o cinema, incentivar a criação autoral na área do cinema musical, tentar aproximar o universo da música e do cinema contemporâneo do maior número de pessoas e potenciar a circulação de obras e de autores nas áreas do cinema e da música em território nacional e internacional”

 

O MUVI Lisboa é organizado pela cooperativa cultural FWD Coop e amigos, e teve a sua primeira edição a setembro de 2014 para um público de 2000 pessoas em cinco dias de festival. O Festival é estruturado em três partes distintas: Secção Competitiva, Secção Não-Competitiva e Eventos Paralelos.

Este recinto serve de plataforma para artistas nacionais e promoção cultural de Portugal junto da comunidade internacional, trabalhando permutas e parcerias recíprocas com eventos internacionais de idêntica filosofia.

 

Cinema São Jorge (Lisboa)

1 a 6 de Dezembro de 2015

Electric Man apresenta álbum de estreia Amanhã no Sabotage e dia 5 no MUVI (Cinema São Jorge)

Electric Man é Tito Pires, fundador, vocalista e guitarrista dos Gessicatrip, e é também o nome do seu álbum de estreia, composto e tocado integralmente por si, fazendo jus à expressão one man band.

Electric_Man_5(BR).jpgEntre batidas electrónicas, guitarras em loop num jogo criativo de efeitos, sintetizador, devaneios de theremin e voz, nasce um “electro rock”, em muitos momentos dançável. A forma mantém-se livre e sem regras, resultando num som com identidade. “Star Point” é o novo single / vídeo do álbum de estreia.

 

Neste vídeo, Electric Man apresenta-nos um concerto surreal onde impera um ambiente de festa e onde todos são verdadeiras estrelas. A música diz-nos que todos podemos ser estrelas (ao nosso estilo). Dançar é, assim, a palavra de ordem. E dançar é o que vai acontecer já amanha no Sabotage. Os Sax on the Road são os responsáveis pela primeira parte.

 

Sabotage (Lisboa)

26 de Novembro 2015 | 23.00h

Fogo-Fogo convidam Dino D'Santiago este sábado....

"Se bem me lembro Fogo Fogo nunca tocou em Novembro!"

Mas isso está prestes a mudar.

fogofogo_novembro.jpgNo próximo dia 28 de Novembro, sábado, pelas 23h, o salão da Casa Independente volta a receber o calor de mais uma noite Jameson Jungle Fever, noite de mistura de sons únicos do mundo lusófono, noite em que o crioulo de Cabo Verde e o português são as línguas dominantes e os ritmos levam a cadência do funaná. E noite de ambientes tropicais e quentes só poderia ser noite de concerto dos Fogo-Fogo.

 

Quando se prepara para lançar o EP de estreia, a banda formada no palco do tigre e composta por Francisco Rebelo e João Gomes (Orelha Negra, Cool Hipnoise, Cais do Sodré Funk Connection), Danilo Lopes, David Pessoa e Márcio Silva (Edu Mundo) regressa à sala que a viu nascer mais uma vez e traz um convidado muito especial. Também com origens em Cabo Verde, apresentam Dino D' Santiago para uma viagem polifónica pelo que de melhor se faz naquele arquipélago.

 

"Em Novembro põe tudo a secar,

pode o Sol não tornar!

Porém para aquecer de vez

Há Fogo-Fogo no final do mês!!"

 

Casa Independente (Lisboa)

28 de Novembro 2015 | 23.00h

Reverence Festival Valada regressa ao Cartaxo em 2016...

O Reverence Festival Valada está de regresso ao Parque de Merendas de Valada, Cartaxo, para a 3ª edição do evento que tem trazido a Portugal os melhores artistas underground que se destacam no panorama atual alternativo da cultura psicadélica internacional, dando também destaque a artistas nacionais. Em 2016, o Reverence Festival volta a realizar-se em setembro, nos dias 8, 9 e 10.

rv0.jpgOs bilhetes para o Reverence Festival Valada estão à venda a partir de hoje, 25 de novembro, e, pela primeira vez, antes do início do ano. O cartaz, cujos primeiros nomes serão anunciados muito em breve, continua a privilegiar os géneros heavy psych, space rock e shoegaze, guardando também espaço para outras propostas, como uma seleção de alguns projetos emergentes portugueses.

rv01.jpgA primeira grande novidade para a edição de 2016 é que o Black Bass - Évora Psych Fest terá a seu cargo a curadoria do primeiro dia do festival, o dia 8 setembro, tal como aconteceu com o Lisbon Psych Fest na edição de 2015. Na 3ª edição do Reverence Festival Valada estão previstas pequenas mudanças conceptuais, incluindo atuações mais longas e menos sobreposições entre bandas potenciando a experiência de todos os festivaleiros que se deslocam às margens do Rio Tejo para três dias repletos de música

 

Fotografias: Paulo Homem de Melo

Casa da Música recebe amanhã concerto de apresentação do disco de estreia de emmy Curl

A Casa da Música, no Porto, recebe amanhã o concerto de apresentação de “Navia”, o álbum de estreia de emmy Curl, que chegou às lojas em meados de Outubro, numa edição de autor.  O concerto percorre o longa duração da cantora e compositora transmontana, uma das maiores promessas da indie pop nacional, reconhecida pela sua sonoridade dreamy etérea e enfeitiçante, que tem na sua arte um universo próprio, alimentado por outras áreas em que desenvolve trabalho como a moda, as artes plásticas ou a fotografia.

1444661753.jpgemmy Curl, a.k.a Catarina Miranda, está ao leme da sua caravela e assina todas as letras, composições e arranjos do seu disco de estreia, um álbum que co-produziu com João André, músico que também a acompanha em palco. Neste trabalho mostra a sua versatilidade cantando graciosamente, como nos tem vindo a habituar, temas em Inglês como: “Dreams Made This Boat”, “Sand Storm”, ou os dois singles “Amory” e “Come Closer”; mas canta também agora em português, explorando uma ideia de folk telúrica, próxima das raízes celtas presentes no cancioneiro popular transmontano, em temas como “Eurídice” ou “Volto na Primavera”.

Para aqueles que vão ao concerto na Casa da Música de transportes públicos, fica a indicação de que existe um bilhete especial de comboio, de ida e volta, no valor de apenas 2 euros. A parceria com a CP é válida para quem apresentar o ingresso do concerto amanhã nos comboios urbanos do Porto - Linhas de Aveiro, Braga, Guimarães e Marco de Canaveses. Recentemente emmy Curl converteu a sua viagem Aveiro-Porto num mini-concerto, espécie de aperitivo para o concerto de apresentação do seu “Navia”.

 

Casa da Música – Sala 2 (Porto)
26 de Novembro 2015 | 21.30h

Vodafone Mexefest… Influenciadores partilham roteiros

A Vodafone convidou cinco personalidades de destaque no panorama artístico/cultural nacional, que em comum têm uma enorme paixão pela música e um conhecimento profundo do Vodafone Mexefest. Estas personalidades construíram o seu roteiro para os dias do festival e partilham-no, agora, com o público, através da App oficial do Festival, disponível para iOS e Android e na posição 10 da TV da Vodafone. Ao mesmo tempo, desenvolveram diversas intervenções, que estarão presentes em vários pontos da Avenida da Liberdade, que têm como objetivo tornar ainda mais rico o festival, envolvendo o público com o evento. Olhares distintos sob o mesmo tema: “A música mexe na cidade”.

vv.pngInês Meneses, radialista e comunicadora, vai escrever um texto que será projetado na Praça dos Restauradores, junto à Grafonola Vodafone Mexefest. Do seu roteiro faz parte uma ida ao Ribamar, onde não pode faltar um pratinho de presunto, ameijoas e camarões no lume com alho e uma ida à Carbono, para ouvir boa música antes de avançar para o festival. Salvador Seabra, Cave Story e Chairlift são algumas das bandas que não vai querer perder.

 

Joaquim Quadros, locutor da Vodafone FM e especialista em música indie, vai sugerir músicas de novas bandas portuguesas, que podem ser descarregadas gratuitamente através de QR Codes disponíveis no Estúdio Vodafone FM. Da sua lista de sugestões consta o “Chinês Clandestino da Mouraria”, um “oásis” a dois quarteirões do Coliseu. Titus Andronicus, DJ Firmeza, Nicolas Godin e Bombino são apenas alguns nomes do seu roteiro.

 

André Tentugal, realizador e mentor dos We Trust, fez uma curta-metragem, que será exibida na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge, nos intervalos entre os concertos. Para antes do festival, André aconselha um espaço acolhedor, onde se pode ouvir jazz e “tomar um copo” - o Primeiro Andar. Tó Trips, Villargers, Ducktails, Benjamin Clementine, Ariel Pink e Nicolas Godin são alguns dos artistas a não perder.

 

Paulo Segadães, fotógrafo, realizador e baterista de The Legendary Tigerman, vai expor fotografias de sua autoria, colocadas em mupis especiais na Avenida da Liberdade, entre a Praça dos Restauradores e o Cinema São Jorge. Paulo Segadães sugere começar a noite saboreando um cachorro no Quiosque Hot Dog Lovers. Descendo a Avenida da Liberdade, vai assistir ao concerto de Tó Trips e de seguida ao de Villagers. Sugere ainda o café Beira Garde e os concertos de Roots Manuva, Benjamin Clementine e Patrick Watson. Diz que acabará a noite no restaurante Galeto, na Avenida da República.

 

Rui Miguel Abreu, jornalista, radialista e divulgador de música nova, associa-se ao Vodafone Mexefest com o Mercado de Música Independente, que tem lugar nos dias do Festival, entre as 12.00 e as 19.00, no Picadeiro Real do Antigo Colégio dos Nobres, espaço integrado no Museu de História Natural e da Ciência. Durante as tardes do festival haverá showcases e as editoras presentes oferecerão 10% de desconto a todos os portadores de bilhete para o Festival. Rui Miguel Abreu considera a passagem pela Carbono, obrigatória. Sugere também o restaurante do Cinema São Jorge, segundo o próprio, uma das melhores varandas de Lisboa, e os concertos de Ariel Pink e Nicolas Godin, entre outros.

 

Os roteiros completos podem ser consultados na App do Vodafone Mexefest, uma parceria com a app Inviita, apoiada no Vodafone Power Lab. Para além de poderem aceder aos roteiros compostos por estas personalidades, os utilizadores podem criar o seu próprio roteiro e partilhá-lo.

 

Documentário "The Gift - Meio Caminho da História" em ante-estreia nos cinemas UCI

Nos próximos dias 2 e 3 de dezembro, os cinemas UCI em Lisboa (El Corte Inglés) e Gaia (Arrábida Shopping) exibem, em ante-estreia, o documentário televisivo sobre os 20 anos de carreira dos THE GIFT. Ambas as sessões, nos dias 2 e 3 de dezembro respetivamente, têm início às 21:00 e apenas estão acessíveis por convite. No entanto, de forma a garantir que os seus fãs não perdem esta oportunidade, os THE GIFT vão sortear bilhetes para as duas sessões nas suas redes sociais e através do parceiro media destes eventos, a Rádio Comercial.

gg.pngApós a exibição do documentário, o público terá oportunidade de colocar questões à banda, aos realizadores do documentário e a Nuno Galopim, autor do livro "The Gift 20" que marcam presença em ambas as sessões e vão explicar, na primeira pessoa, todo o processo de criação e desenvolvimento destes dois registos sobre a vida e carreira dos THE GIFT. A sessão de dia 2 de dezembro, em Lisboa, será precedida de uma sessão de autógrafos que tem início às 19:30 no foyer principal dos cinemas UCI do El Corte Inglés. O documentário, com cerca de uma hora, retrata os 20 anos da banda, desde o primeiro concerto em Alcobaça em 1994 até à gravação do novo álbum a ser lançado em 2016. Neste trabalho, é possível ver, pela primeira vez, imagens inéditas mas também reviver alturas marcantes da banda, sem esquecer alguns momentos bem difíceis por que passaram. Os THE GIFT foram entrevistados durante muitas horas para este filme e os realizadores tiveram acesso total ao arquivo da banda o que permitirá, a quem vê este documentário, conhecer todos os detalhes do imaginário da banda.

 

Realizado por Nuno Duarte e Guilherme Cabral autores, entre outros, do documentário "Match-Day", o documentário THE GIFT - Meio Caminho da História será transmitido na SIC, na noite de 5 de dezembro, após as sessões de ante-estreia nos cinemas UCI.

 

2 de dezembro

Cinemas UCI El Corte Inglés

19:30 - Sessão de autógrafos The Gift

21:00 - Exibição do documentário

22:00 - Q&A com THE GIFT, realizadores do documentário (Nuno Duarte e Guilherme Cabral) e Nuno Galopim, autor da biografia "The Gift 20"

22:30 - Live Act

 

3 de dezembro

Cinemas UCI Arrábida Shopping (Gaia)

21:00 - Exibição do documentário

22:00 - Q&A com THE GIFT, realizadores do documentário (Nuno Duarte e Guilherme Cabral) e Nuno Galopim, autor da biografia "The Gift 20"

NOS Alive 2016… M83 é a primeira confirmação…

M83 é a primeira confirmação da 10.ª edição do NOS Alive. O projeto do francês Anthony Gonzalez vai estrear-se no NOS Alive dia 9 de julho, no Palco NOS. O músico de Antibes encontra-se a preparar o sétimo disco de estúdio, sucessor do aclamado "Hurry Up, We're Dreamin", editado em 2011. O lançamento do segundo disco de originais, "Dead Cities, Red Seas & Lost Ghosts", foi a rampa de lançamento para o sucesso de M83. A crítica especializada, como a conhecida revista britânica NME ou a francesa Pitchfork, consideraram este um dos melhores álbuns do ano.

M83.jpgO sexto disco de originais do francês, "Hurry Up, We're Dreaming", editado em 2011, foi nomeado para o Grammy de Melhor Álbum de Música Alternativa, garantido o reconhecimento mundial com o êxito "Midnight City". Anthony Gonzalez trabalhou com artistas como Air, Zola Jesus ou Brad Laner, tendo igualmente remixado temas de Placebo, Daft Punk e Bloc Party. Ultimamente o músico aventurou-se por outras áreas musicais tendo participado na banda sonora de êxitos cinematográficos como "Oblivion" e "Divergent".

Em 2016 o NOS Alive regressa ao Passeio Marítimo de Algés, nos dias 7, 8 e 9 de julho para a sua 10.ª edição.

Campo Pequeno é palco da maior mostra de artesanato e design nacional

De 28 Novembro a 2 de Dezembro, o Campo Pequeno vai ser palco do Mercado de Natal, a maior mostra de artesanato e design de origem exclusivamente portuguesa. Na quinta edição da iniciativa que pretende aproximar os consumidores dos pequenos ofícios, mais de 120 projetos inovadores vão ser apresentados aos cerca de 25.000 visitantes esperados.

Mercado de Natal - Campo Pequeno (2).jpg“O Mercado de Natal pretende funcionar como uma montra do melhor que se faz ao nível do artesanato e design em Portugal. Divulgando os inovadores projetos que a cada ano vão surgindo um pouco por todo o país, queremos contribuir para o desenvolvimento da microeconomia nacional” refere Luciana Megre, responsável da organização.

 

Diariamente, das 11h às 21h, na Arena do icónico edifício de Lisboa vão ainda marcar presença várias Instituições Particulares de Solidariedade Social, nomeadamente a Casa da Criança de Tires, a Amnistia internacional e a Vale d’Acor, que se associam à iniciativa com o objetivo de divulgar a sua obra e angariar receitas extraordinárias para fazer face às dificuldades financeiras que enfrentam. “Com a quadra natalícia a aproximar-se, e vivendo nós num contexto em que a poupança é palavra de ordem, esta é também uma excelente oportunidade para encontrar produtos bem nossos e únicos a preços muito vantajosos” acrescenta Anabela Oliveira, co-organizadora do evento.

Natal Solidário Campo Pequeno 6.jpgA quinta edição da iniciativa conta igualmente com vários workshops e ateliês temáticos, como Cestaria e Fotografia, para além das “Tasquinhas do Mercado”, um espaço de convívio com petiscos, tapas, vinhos de pequenos produtores, cerveja artesanal e gins nacionais.  Afirmando-se como uma sugestão diferente e divertida para experimentar em família, o Mercado de Natal vai ter também à disposição o “Espaço da Brincadeira”. Para além de pinturas faciais e jogos didáticos, no local sob supervisão das educadoras da Casa da Criança de Tires, os mais pequenos aprender a criar enfeites para a árvore de Natal e presentes personalizados. Os visitantes vão ainda poder deixar ofertas solidárias para a instituição no espaço.

 

5ª Edição do Fashion Day 2016... Abertas inscrições Jovens criadores

O Fashion Day é uma organização que promove Jovens Criadores Nacionais e tem como finalidade de lançar directamente para o mercado nacional.É organizado em parceria com o pelouro da cultura e da juventude da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

Capa30.jpgNo sentido da apresentação ao público da 5ª edição em 2016, estão abertas as candidaturas para Jovens Criadores de Moda para esta mesma edição até ao dia 30 de Novembro. Os candidatos devem enviar os respetivos portfolios (em formato PDF), com o máximo de informação disponível, através do seguinte mail: fashion.day.epce@gmail.com

 

Nesta 5ª Edição do Fashion Day, são abertas as mais diversas Áreas, onde cada criador pode apresentar uma delas.

- Vestuário

- Calçado

- Joalharia

- Acessórios

 

Na 5ª edição serão apresentados 10 Jovens Criadores. Cada ciador terá de apresentar 10 coordenados no Fashion Day 2016, a realizar em meados de Maio num mosteiro emblemático na cidade de Gaia.

Victor Torpedo (Karaoke) Live Show + Mighty Sands + Projeção do documentário Barreiro Rocks

Depois de Tédio Boys, Parkinsons, Tiguana Bibles ou Subway Riders, Victor Torpedo apresenta-se a solo com o espetáculo “Karaoke Show-live!”. Com uma estética DIY próxima do postpunk, a que se acrescenta a vasta cultura musical de Torpedo, este é um projeto irónico mas também de amor, ódio, raiva e desespero. A banda sonora varia entre o punk rock, reggae, dub, rock, pop e música eletrónica, culminando num mash up cinematográfico. Novembro é o mês de “Adventure Culture”, 3º capítulo de Raw.

torpedo_crédito João Duarte.pngOs Mighty Sands (ex-Los Black Jews) são um quinteto de surf rock lisboeta. Desde a sua formação que têm percorrido Portugal em festivais como o Indie Music Fest, Rodellus Fest, Gliding Barnacles e apresentaram-se ainda no Musicbox, nos jardins do CCB, Sabotage Club, entre outros. O single "DK" faz parte da playlist da Vodafone.fm e o seu aguardado primeiro EP foi lançado em Outubro.

Barreiro Rocks, documentário realizado por Eduardo Morais (Meio Metro de Pedra, Música em Pó) retrata 15 anos de vida do Festival que decorre no Barreiro. Estreia do recém-lançado documentário em Coimbra.

 

Salão Brazil (Coimbra)

27 de Novembro 2015 | 21.30h

 

Fotografia: João Duarte

We Trust regrava "We are the Ones" com Diana Martinez….

Estamos num momento de viragem a nível mundial, vivemos tempos de crise, instabilidade e incerteza onde o futuro está suspenso e o medo cresce nas pessoas com uma força desmedida. É em momentos destes que a arte ganha também uma força maior para comunicar mensagens, para fazer pensar e sentir, para inspirar.

we trust.jpgEsta nova versão do single “We Are The Ones” dos We Trust surge como uma simplificação da mensagem anteriormente transmitida quando a canção foi dada a conhecer no início de 2014. Apresentada numa versão despida e minimalista, e aliada de um vídeo inspirador que tenta recordar momentos que o mundo viveu também eles de mudança, mas pela paz, tais como o fim do Apartheid, a queda do Muro de Berlim... homenageando também figuras cujos feitos tornaram o mundo em algo melhor.

O objectivo é claro, relembrar que a possibilidade de mudança está nas nossas mãos e que juntos seremos sempre mais fortes.

Esta nova versão de “We Are The Ones” conta com a participação especial da jovem cantora portuguesa Diana Martinez, amiga pessoal da banda e acérrima defensora dos direitos humanos.

 

Fotografia: Paulo Homem de Melo