Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Discos: MK Nocivo é “O mesmo de sempre”

Com um novo trabalho à porta a ser apresentado no último trimestre deste ano, pela Music In My Soul, MK Nocivo presenteou, no passado dia 7 de maio, o público com o lançamento do single “O Mesmo de Sempre”. Mantendo-se fiel a si próprio, MK Nocivo, revela um single frontal, sincero, transparente e orelhudo elevando deste modo as expectativas relativamente ao álbum que avezinha.

De salientar que no próximo dia 3 de Outubro o artista estará no Warehouse para mais uma batalha da Liga Knock Out.

MKNocivo_FotoPromocional.jpgO interesse de Jorge Rodrigues pelo Hip Hop despertou em 1998, depois de ouvir o clássico "It’s Like That" dos RUN DMC, e a sua primeira paixão foi o graffiti. Mas só em 2004 é que começou a escrever rimas e a produzir. A vontade de evoluir e aprender era enorme, assim como o sonho de possuir um registo em nome próprio. Ao longo dos anos, foi criando faixas soltas, organizando uns concertos e juntando dinheiro para o seu primeiro registo a solo, "Capítulo Obsceno", que saiu em 2007. O dinheiro obtido com esse trabalho deu para comprar algum material e montar um home studio e, a partir daí, editou várias mixtapes que disponibilizou online para download gratuito.

 

O projeto MK Nocivo nasceu, oficialmente, em maio de 2004 e o primeiro concerto aconteceu em outubro, no Dia Mundial da Música, no Teatro Municipal de Bragança. Em termos de discografia, conta já com inúmeros trabalhos e colaborações. Além disso, foi vencedor do Rock Rendez Worten 2008 e finalista do concurso de bandas Sumol Summer Fest, em 2014.

 

“A excepção à regra, a prova que do nada nasce tudo” é como o próprio MK Nocivo se define. Isso mesmo poderá ser confirmado aquando da edição do seu novo álbum, “PRO DOMO – Em Causa Própria”, que está para breve e do qual “O Mesmo de Sempre” é o single de apresentação

Agenda: Esta a chegar a 2ª edição da Restless Tour...

Restless Tour é uma tournée portuguesa de colaboração entre artistas folk/ blues um pouco à semelhança do que acontecia nos Estados Unidos nas décadas de 50/60.restless.jpgDepois da primeira edição ter esgotado salas um pouco por todo o país, a Restless Tour regressa em 2015 com um cartaz ainda mais reforçado. Este ano, o anfitrião e mentor da ideia, Sam Alone, convidou também os We Bless This Mess e Frankie Chavez para abrilhantar o cartaz. Entre as novidades encontra-se também a estreia absoluta em palco do duo folk Storm & The Sun, que Sam Alone decidiu apadrinhar. Além das novidades estão de regresso à festa os habituais Fast Eddie Nelson, Roy Duke e Fellow Man.

Para quem não está familiarizado com o conceito, o formato Restless Tour é uma apresentação bastante diferente do habitual onde cada artista se "despe" e apresenta músicas suas em formato a solo e acústico e outras acompanhado por todos os restantes músicos da tournée. Os sete projectos tocarão também em uníssono algumas versões de clássicos intemporais do folk.

 

Salão Brazil (Coimbra)

8 de Outubro 2015

 

RCA (Lisboa)

9 de Outubro 2015

 

Bafo do Baco (Loulé)

10 de Outubro 2015

Agenda: Dia Mundial da Música… no Teatro Micaelense

O Teatro Micaelense celebra o Dia Mundial da Música, 1 de outubro, com um concerto da jovem açoriana Sara Cruz, pelas 21.00h, e, no Salão Nobre, às 22.00h, um café-concerto pelo Quarteto 4/4, de Michael Smith, Paulo Vicente, Paulão e Mike Ross. A entrada para ambos os concertos é gratuita, sujeita ao levantamento de bilhete na bilheteira.

dia.jpgPara além dos concertos, o Teatro promoverá também uma feira de discos usados, a partir das 20 horas. A inscrição para venda na feira é gratuita e deverá ser realizada até 29 de setembro, na bilheteira do Teatro Micaelense. O número de participantes é limitado e as inscrições estão sujeitas a aprovação.

 

O Dia Mundial da Música foi instituído em 1975 pelo International Music Council, organização fundada pela UNESCO, com o objetivo de levar música de todo o tipo a todo o tipo de pessoas, dentro dos ideais de paz e respeito fomentados pela instituição.

 

Teatro Micaelense (Ponta Delgada)

1 de Outubro de 2015

Discos: Kurt Cobain: Banda sonora de "Montage of Heck" chega em Novembro

A 13 de Novembro, em CD, cassete e digital, é editada a banda sonora do mais autêntico documentário de sempre sobre o líder dos Nirvana. Depois, o projecto chega a vinil.

cobain.jpgElogiado como um dos mais inovadores e íntimos documentários de sempre, "Kurt Cobain: Montage of Heck" é o único retrato autorizado do ícone da música. Ao seguir Kurt desde os seus primeiros anos de idade, esta peça detalhada partilha com o público a história de um artista e da sua dificuldade em encontrar o seu lugar no mundo.

A esperada banda sonora vai agora ser editada pela Universal Music em CD, cassete e digital a 13 de Novembro. Depois, em Dezembro, chega um vinil duplo e um single que inclui as faixas "And I Love Her" e "Sappy (Early Demo)". Num complemento ideal ao documentário que já está editado em DVD, a banda sonora é composta por várias gravações não editadas feitas pelo próprio Cobain, num raro olhar sem-filtro à progressão criativa do artista, entre maquetes, experiências e pedaços de temas, algumas delas posteriormente incluídas em álbuns dos Nirvana. O título é o mesmo de uma colagem musical que Kurt criou com um pequeno gravador em 1988.

Enquanto que a edição Standard se foca na música encontrada nas cassetes pessoais de Cobain (e inclui 13 faixas), a versão Deluxe conta também com faixas de “spoken word” e outras demos, num total de 31 faixas.

"Kurt Cobain: Montage of Heck" é o mais autêntico documentário feito sobre a vida e a obra de Kurt Cobain, reveladas pela lente do próprio, já que o produtor Brett Morgan teve acesso sem restrições aos arquivos familiares do artista, e a co-produção esteve a cargo da filha de Kurt, Frances Bean Cobain. A banda sonora chega agora como forma de experienciar estas gravações que, de outra maneira não estariam disponíveis.