Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Agenda: Katia Guerreiro… Digressão Até ao Fim

A digressão do novo álbum de Katia Guerreiro vai "Até ao Fim”

Faro é a próxima cidade portuguesa a receber a fadista que "canta para a lua". No dia 17 de Outubro, Katia subirá pela primeira vez ao palco do Teatro das Figuras de onde parte para a Suíça para um concerto em Vernier, dia 20 de Outubro, regressando novamente à Suiça a 21 de Novembro para uma apresentação em Genève.

katia.jpgAinda em Novembro, a fadista tem 6 concertos agendados em França: dia 12 na Salle Malesherbes, em Maison Laffite, dia 15 no Théâtre Gérard Philippe, em Saint-Cyr-l'École, dia 26 no Théâtre des Bouffes du Nord, em Paris, dia 27 no Espace Jacques Prévert, em Aulnay-sous-bois.

A digressão termina no Centre Culturel, em Provins, dia 28 de Novembro.

Até ao Fim!

 

Fotografia: Paulo Homem de Melo

Discos: Virgem Suta… “Limbo” chegou hoje às ruas

"Limbo", o terceiro disco da banda de Nuno Figueiredo e Jorge Benvinda, chegou hoje às lojas físicas e digitais. No fim de uma semana a apresentar o trabalho em exclusivo no MEO Music, os Virgem Suta estiveram na Cave do Markl, para um concerto transmitido em directo pelo Facebook, e que teve mais de 60 mil visualizações.

limbo.jpegDo disco já eram conhecidas as canções "Ela Queria" e "Regra Geral".

Só recentemente foi conhecida a capa de "Limbo", bem como o seu título e o seu significado, através de um texto que a Universal Music divulgou à imprensa: Por vezes, parece que a expressão "linhas tortas" foi feita a pensar nos Virgem Suta, responsáveis por algumas das voltas-ao-texto mais sinceras e incisivas da pop em português, mas ao mesmo tempo mais bonitas e enternecedoras. É meia volta da chave para fazer o ouvinte pensar, em tempos tão importantes. É um "Limbo": da dualidade surge o título do disco, um trabalho crítico mas que se sente optimista, um jogo que traça a linha entre estar bem ou mal, apaixonado ou não, com ou sem vontade de ficar e lutar, tal como o turbilhão de emoções que a banda sentiu ao longo deste período. As letras dos Sutas colocam sempre as duas perspectivas, mas geralmente, as histórias acabam sempre com um final mais positivo.

 

A produção está a cargo de Nuno Rafael, aliado de Sérgio Godinho desde “Domingo no Mundo” (1997), mas também um dos criadores desse momento especial que foram os Humanos, para além de ter colaborado com bandas tão diferentes como Dead Combo, The Poppers, OIOAI ou Xutos e Pontapés, e de já ter participado em "Doce Lar".