Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Agenda: Marcelo D2 na Figueira da Foz

Nada pode parar Marcelo D2. E não é de hoje. Desde que surgiu na cena com o “Planet Hemp”, há mais de 20 anos, a carreira deste original rapper das ruas cariocas e brasileiras, só evolui. Desde a mistura original de punk-rock com o rap, depois com o samba, com a MPB, do morro com o asfalto, com o mundo, sem nunca perder o chão. Nessa caminhada, D2 já levou a sua música a cerca de 25 países, sem precisar de tradução simultânea. O groove contagia os corpos em qualquer parte do planeta.

Nova imagem (1).bmp

Agora, Marcelo Maldonado Peixoto volta às origens com o sexto álbum solo, "Nada Pode Me Parar", no qual mergulha com alegria e propriedade no rap, no hip-hop, moderno ou old skool, dando um tempinho do samba (mas não completamente) que foi um elemento importante de seus discos anteriores. Neste trabalho D2 conta com várias participações de artistas como: Aloe Blacc, Like (Pac Div), Hélio Bentes (Ponto de Equilíbrio) Sain (seu filho), Batoré (Cone Crew), entre muitos outros. Recentemente colaborou no novo single do rapper português Dengaz", "tamojuntos", música que já toca nas principais rádios de Portugal e que se faz acompanhar de um videoclipe inteiramente filmado na cidade do Rio de Janeiro.

E porque não se faz mais malandro como antigamente, é de aproveitar em pleno verão, em ambiente de sala, limitado e intimista, a estreia de um dos principais arquitectos da música brasileira no palco do Casino Figueira.

Mais de um ano após a última visita, Marcelo D2 está de volta mais logo, com a força de "nada pode me parar" e com um convidado especial, Dengaz.

A primeira parte ficará a cargo de um projeto novo e que muito promete, Diana Martinez & The Crib.

 

Casino da Figueira (Figueira da Foz)

17 de agosto | 23.00h

Agenda: Eagles of Death Metal em Portugal

Os Eagles of Death Metal, banda co-fundada por Jesse Hughes e Josh Homme (Queens of the Stone Age) vêm a Lisboa, dia 10 de dezembro, para um concerto único em Portugal, no Espaço Armazém F. O novo álbum “Zipper Down”, o primeiro desde 2008, chega às lojas em CD, vinil e digital no próximo dia 2 de outubro e serve de pretexto para uma extensa digressão pela Europa e EUA.eodm.jpg“Zipper Down” foi gravado nos Pink Duck Studios em Burbank, Califórnia, e contou apenas com Hughes e Homme que tocaram todos instrumentos e gravaram todas as vozes do disco, já a produção ficou a cargo de Josh Homme. "O novo álbum, "Zipper Down", representa para mim uma atitude e filosofia de vida”, descreve Jesse Hughes. O primeiro single, “Complexity”, já pode ser ouvido no site da Pitchfork.

 

Formados em 1998 em Palm Desert, na Califórnia por Jesse Hughes e Josh Homme dos Queens of Stone Age, os Eagles of Death Metal não são uma banda de death metal. Tudo começou quando um amigo mostrou pela primeira vez a Josh Homme o género musical death metal e Homme imaginou como soaria um cruzamento entre os Eagles e uma banda de death metal. Assim nasceram os Eagles of Death Metal.

 

Armazém F (Lisboa)

10 de Dezembro | 21.00h

Agenda: "Josefa de Óbidos e a Invenção do Barroco Português"

Mais de 21 mil pessoas já visitaram a exposição "Josefa de Óbidos e a Invenção do Barroco Português", que foi inaugurada a 16 de maio no Museu Nacional de Arte Antiga.

1439566206.jpgJosefa de Óbidos (Sevilha, 1630 - Óbidos, 1684) é o alicerce desta grande exposição que nos desvenda, em oito núcleos, o Barroco português. Mais de 130 peças (pintura, escultura e artes decorativas) vindas de várias instituições nacionais e internacionais, como os museus do Prado e de Bellas Artes de Sevilha, o Mosteiro do Escorial e de inúmeras coleções privadas, portuguesas e estrangeiras, compõem uma mostra inovadora, que o Museu Nacional de Arte Antiga, em parceria com a Ritmos, preparou para o verão de 2015

 

Revisitar a obra de Josefa, pintora responsável por algumas das imagens mais reconhecíveis da História da Arte portuguesa, tem várias justificações. Mostrar a um novo público as suas pinturas, muitas em coleções privadas, e voltar a interrogar essas obras à luz dos contributos críticos entretanto colhidos, em exposições nacionais e internacionais onde a presença da pintora foi particularmente forte, são apenas algumas. Afastar de Josefa o mito da artista curiosa, porém provinciana, e apresentá-la como uma mulher emancipada e culta, cuja fé reflete a espiritualidade do século XVII, e como o mais eficaz e reputado expoente do Barroco português no ciclo que se seguiu à Restauração, é outro dos objetivos.

 

A exposição decorre até 6 de setembro, de terça-feira a domingo, entre as 10h e as 18h.

Buraka Som Sistema encerram ciclo em 2016….

“Obrigado a todos os que estiveram ontem no Piknic Électronik Lisboa a celebrar connosco o ultimo concerto de 2015. Foi mais um ano brutal em que ficámos eternamente gratos por conseguir partilhar a nossa musica com todos vocês....

buraka.jpgQueremos aproveitar também a ocasião para anunciar que estamos já a preparar para o inicio de 2016 uma tour muito especial, onde vamos não só celebrar o nosso décimo aniversário como também fechar o ciclo de existência dos Buraka Som Sistema. Foram 10 anos de actividade permanente de onde saíram 2 EP’s, 3 álbuns, dezenas de singles e mais de 800 concertos por todo o mundo, em que criámos uma relação especial com todos os que nos acompanham, mas chegámos a um momento em que precisamos de parar, respirar e ter tempo para outros projectos.

Nada se perde, tudo se transforma, por isso mais do que acabar queremos chamar a isto uma paragem por tempo indeterminado. Acima de tudo continuamos tão apaixonados por esta musica como há 10 anos atras e por isso queremos continuar a comunicar com todos vocês o que se passa no universo das pessoas que fazem parte deste projecto.”

 

Foi com esta declaração que os Buraka Som Sistema anunciaram no facebook, ao mundo, que vão fazer uma paragem por tempo indeterminado.

O grupo revela ainda que está a preparar uma digressão especial para o início do ano de 2016, para comemorar o 10.º aniversário da banda.

A declaração surge após a participação do grupo no Piknic Électronik Lisboa.

 

Fotografia: © Sara Silva / Glam Magazine