Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Festivais: NOS Primavera Sound 2015 / Line up (Parte 1)

Nas próximas semanas vamos fazer uma antevisão dos vários artistas que marcam presença na edição de 2015 do NOS Primavera Sound.

É já no dia 4 de Junho que a cidade do Porto recebe a maior manifestação musical da Primavera. Pelo 4º ano seguinte o NOS Primavera Sound traz à cidade do Porto a "Primavera" acompanhada de música.

O Parque da cidade vai ser invadido pelos sons do melhor que se faz a nível musical. A cidade do Porto é literalmente tomada de assalto pelos vistantes oriundos de mais de 40 países que são esperados no festival.

À semelhança das edições anteriores são esperadas cerca de 70.000 pessoas nos 3 dias do Festival.

 

Aqui ficam os primeiros 4 nomes em destaque que estão confirmados no festival:

 

ANTONY AND THE JOHNSONSNOS-antony.jpgAntony Hegarty chega ao NOS Primavera Sound ainda com o concerto memorável no Auditório do Parc del Forum de 2005 bem presente.

A discografia do britânico, que vive em Nova Iorque, mostra-nos obras da envergadura de “I Am A Bird Now” ou “The Crying Light”, que o impulsionaram para ser uma das estrelas mais sonantes da última década. Graças a uma voz que combina jazz, soul e uma sonoridade de cabaret que o aproxima de astros maiores como Nina Simone, Antony Hegarty é admirado por artistas conceituados como Dennis Hopper, Kate Bush ou Lou Reed.

O seu ultimo disco editado foi em 2012, “Cut the World” (Rough Trade Records). Dia 5 de Junho sobe ao palco no parque da cidade.

 

ARIEL PINKNOS-ariel.jpgO espírito iconoclasta do pop.

Sem renunciar à extravagância e ao encanto caseiro de “The Doldrums”, Ariel Pink continua a crescer sob a alçada da Paw Tracks, a editora de Animal Collective, com o pop psicadélico, o folk desprendido, a soul e a electrónica neurótica de autor. Já sem os Haunted Graffiti, com os quais gravou meia dúzia de álbuns, Ariel Pink teve rédea solta para dar asas ao espírito iconoclasta presente em “Pom Pom”, o seu primeiro trabalho a solo. Um desenrolar de pop energética e entusiasmante que pisca o olho a Frank Zappa, à sonoridade obscura dos anos 80 e às melodias cristalinas da década de sessenta.

No NOS Primavera Sound vai apresentar sobretudo o seu último álbum editado em 2014 pela já lendária e mística 4AD “Pom Pom”. Mais um nome que sobe ao palco no dia 5 de Junho.

 

BABES IN TOYLANDNOS-babes.jpgO regresso das ferozes autoras de “Fontanelle”, sobem ao palco no dia 6 de Junho.

Nunca chegaram a fazer parte do movimento girl riot, mas foram desde o início pioneiras do grunge com o seu rock cru e poderoso e com um punk inflamado de mensagens de emancipação feminina. O trio formado no ano de 1987 em Minneapolis, estreou-se em 1990 com “Spanking Machine” que antecedeu o aguerrido “Fontanelle” de 1992. Com o início das carreiras a solo, as disputas internas e as constantes entradas e saídas do grupo, as Babes In Toyland começaram a desvanecer, ainda a tempo de lançar o álbum “Nemesisters”

Actualmente, com quase duas décadas no inactivo, Kat Bjelland, Maureen Herman e Lori Barbero, o trio original de “Fontanelle”, reaparece em palco para disfrutar de um novo fulgor tempestuoso.

 

BANDA DO MARnos-banda.jpgO Brasil em Portugal....

Portugal é ponto de partida em toda a história da Banda do Mar. Foi em terras lusas que Marcelo Camelo conheceu Fred. A amizade estendeu-se a Mallu Magalhães e juntos decidiram que formariam uma banda.

A digressão no Brasil é um sucesso de salas esgotadas e em Portugal, no dia 5 de Junho no NOS Primavera Sound, prometem apresentar todas as músicas do disco de estreia (2014) e ainda temas da carreira de Mallu Magalhães e Marcelo Camelo.

 

 

(c) 2015 Nos Primavera Sound Press Release

Agenda: GNR “Afectivamente”

Nos próximos dias 16 e 22 de maio, os GNR apresentam-se ao vivo em São João da Madeira e Braga para os primeiros concertos da digressão 2015 depois do lançamento do disco “Caixa Negra”.gnr1.jpgTanto a Casa da Criatividade como o Theatro Circo em Braga têm a casa cheia para receber os GNR em formato “Afectivamente”

O concerto de 22 de Maio, no Theatro Circo de Braga será gravado para posterior edição em disco, o que não acontece desde o albúm "In Vivo", lançado em 1990.

 

Os GNR acabam de lançar o seu 12º álbum de originais “Caixa Negra” e têm uma série de concertos agendados para os próximos meses, no âmbito da digressão 2015 que inclui os já aguardados concertos no Coliseu do Porto, a 23 de Outubro, e no Coliseu de Lisboa a 31 de Outubro

Em Junho a banda estará em Alfandega da Fé no dia 6 e no dia 9 está já´agendado o concerto na Povoa do Varzim.

Entretanto no mês de Julho será possível assistir aos concertos dos GNR em Albergaria no dia 3 de Julho, Mação a 4 de Julho, Esmoriz (Ovar) a 5 de Julho, Vila Real no dia 11 de Julho e nos Açores, S. Jorge a 18 de Julho.

Festivais: Lenine e The Cinematic Orchestra no Misty Fest 2015

Lenine e The Cinematic Orchestra são as primeiras confirmações para a edição 2015 do Misty Fest.

lenine.jpgO artista brasileiro que é “uma das mais importantes vozes da atualidade no Brasil e um dos principais arquitetos da moderna canção brasileira”, vai estar no CCB em Lisboa a 7 de novembro, atuando depois no Porto, na Casa da Música no dia 10 de novembro. Estão ainda previstos concertos em outros locais no âmbito da 6ª edição do festival como é habitual.

Os britânicos The Cinematic Orchestra estão agendados para concertos no Theatro Circo em Braga no dia 7 de novembro, atuando no dia 8 no CCB em Lisboa e dia 9 no Porto na Casa da Música.

Em breve serão anunciados mais alguns nomes para o Misty Fest 2015, festival por onde passaram, nos últimos anos, nomes como Joan As Police Woman, Mark Kozelek, Lloyd Cole, Echo & The Bunnymen, Peter Hook, entre muitos outros.

“O Misty Fest tem privilegiado a palavra, mas também a música que escapa à esfera mais pop de outros grandes festivais, oferecendo ao seu público uma programação distinta e original que se estende do universo da lusofonia ao mais vasto cenário internacional, sem esquecer uma importante fatia de programação nacional”

 

Fotografia: Paulo Homem de Melo

 

Discos: “A Jaula” de Mila Dores

Editado no passado dia 11 de maio, “A Jaula” é o single de avanço do disco de estreia de Mila Dores & Fulminates, agendado para o outono de 2015 e com o titulo de “A Quem possa interessar”.

mila.jpgMila Dores viveu estes últimos anos em Inglaterra onde estudou música e trabalhou como performer e compositora.

Mas Mila queria cantar em Português e voltou para Portugal para realizar esse seu desejo.

Viveu no Porto durante um ano mas mudou-se para Lisboa onde conheceu a banda que a acompanha, os Fulminates, constituída por António Quintino (baixo), João Firmino (guitarra), João Lopes (bateria) e Paulo Santos (teclados e eletrónica).

Mila Dores, a voz do projeto, é, por sua vez, a responsável pelas letras e composições dos temas.