Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Festivais: Sumol Summer Fest… Agir e B4

O primeiro festival do verão traz-nos as tardes de sol na praia com os amigos e os grandes concertos noite dentro no Ericeira Camping.

Em 2015, apresenta um cartaz que se abre a novos géneros, com o verão e a praia como pano de fundo.

Os ritmos dançantes de festa e descontracção são obrigatórios, e é assim que Agir e B4 se juntam aos artistas já confirmados para a 7ª edição do Sumol Summer Fest, ambos no dia 3 de julho no Palco Sumol.

agir.jpgAgir tem um novo disco “Leva-me a Sério”, está disponível no mercado a partir de hoje (30 de Março) e apresentá-lo-á no Sumol Summer Fest. Com um talento precoce, Agir é um jovem compositor e cantor, que está prestes a tornar-se um dos maiores produtores portugueses com temas que tocam nas grandes rádios nacionais. Depois da estreia homónima em 2010, está de volta com um novo disco que junta, sem mácula, géneros como Pop, Hip-Hop, soul e R&B.

Para este disco, convidou nomes reconhecidos como Ivan Lins, Amor Electro, Regula, Blaya, Diana Matos e Pité. O single “Tempo é Dinheiro” já roda por aí e confirma Agir como um dos mais interessantes novos valores da música nacional

 

Os B4, dupla constituída por Big Nelo e C4Pedro, estrearam-se em 2013 com o disco “Los Compadres”.

Um disco feito para dançar, cheio de ritmos vibrantes como o Zouk, House e R&B. Dedicados e energéticos, ao vivo são explosivos, tendo esgotado várias salas pelo país e arrebatado o público português.

 

Fotografia: Paulo Homem de Melo

Agenda: Jafumega… concerto inédito em Estarreja

O Cine-Teatro de Estarreja acaba de apresentar a sua programação cultural para o período de abril a julho de 2015, destacando-se a apresentação inédita dos Jafumega.

A mítica banda rock portuense junta-se à Orquestra Filarmonia das Beiras num concerto inédito e exclusivo, em junho, no Cine-Teatro de Estarreja. Sérgio Godinho, Ruy de Carvalho, Mário Laginha, Victor Hugo Pontes, António Zambujo e Hamilton de Holanda são apenas alguns nomes do total de 43 eventos que o Cine-Teatro de Estarreja recebe entre abril e julho deste ano.

jafumega-10-1.jpgO calendário de Estarreja volta a equilibrar as várias expressões artísticas, numa permanente atitude de democratização e descentralização culturais.

No próximo quadrimestre Estarreja abre portas à música e às artes performativas tal como à sétima arte, à poesia e literatura, em formatos que beneficiam a proximidade entre públicos, obras e criadores, com conversas após os espetáculos, ensaios abertos, sessões para escolas e famílias.

 

A chegada dos Jafumega é a grande novidade da temporada.

Pela primeira vez em Estarreja e ao lado de uma orquestra, a banda que vincou o panorama rock português nos anos 80 com êxitos elevados a hinos, volta a entrar em cena para celebrar o 10º aniversário da reabertura do Cine-Teatro de Estarreja, num formato especial, exclusivo e inédito, que aventura sonoridades pop/rock na música orquestral.

 

O concerto dos Jafumega com a Orquestra Filarmonia das Beiras será no dia 20 de junho, mas ainda nos meses da primavera o espaço recebe o espetáculo Trovas & Canções (11 de abril), onde Ruy de Carvalho declama poesia com o filho, João de Carvalho, e o neto, Henrique de Carvalho, numa fusão de recital e concerto. No mês da Liberdade, Sérgio Godinho (18 de abril) irá percorrer os temas de marcaram os últimos 40 anos da sua carreira, dentro dos conceitos da Revolução dos Cravos, usando a música como bandeira de causas e consciências.

“Fall” (15 de maio), de Victor Hugo Pontes, é a proposta de dança contemporânea. O coreógrafo vimaranense larga 7 bailarinos no palco, deixando-os “cair” física e moralmente. A partir da obra do barroco espanhol Pedro Calderón de la Barca, “La vida es sonho”, de João Garcia Miguel, estará em cena dia 29 de maio, não antes de dar vez ao fado transatlântico de António Zambujo (23 de maio).

Maria João e Marta Hugon contracenaram com a Big Bad Estarrejazz em 2014. Dada a vez às senhoras, dia 1 de maio é Mário Laginha que se junta à orquestra do Festival de Jazz de Estarreja num concerto comentado e dedicado ao Dia Internacional do Jazz. A direção volta a estar a cargo de Pedro Moreira, num programa especial que celebra o jazz como expressão e manifesto de liberdade, solta os seus improvisos e inunda os ouvidos de verdadeiro prazer musical.

 

Sonoridades brasileiras no Café-Concerto e Auditório

Pelo 7º ano consecutivo a convergência de culturas acontece em Estarreja através do Festim - Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo.

Dia 3 de julho, dois grandes músicos brasileiros: o bandolinista Hamilton de Holanda e o cantor e estrela do samba Diogo Nogueira.

Juntos formam “Bossa Negra” e ao vivo cruzam samba, choro e jazz com ritmo e talento.

Também do Brasil chega Momo, nome artístico de Marcelo Frota.

O cantor e compositor atravessa o atlântico, a sós com um violão, e atraca dia 30 de maio no Café-Concerto, espaço que, na próxima temporada, se divide entre música e poesia com os jovens Contraponto (4 de abril) a anunciar a ressurreição, a voz da italiana Flo (26 de junho) e “Das Línguas” (9 de maio), de Catarina Lacerda e Susana Madeira, do Teatro do Frio, que põem a língua de fora para falar em bom português.

 

Fonte: CTE (Estarreja)

Festivais: NOS Alive!… Cold Specks

Cold Specks, nome de palco da cantora e compositora Ladan Hussein, irá estrear-se em Portugal dia 10 de julho.

A artista canadiana traz o seu mais recente disco de originais, “Neuroplasticity”, editado em agosto de 2014.

Cold Specks sobe ao Palco Heineken no mesmo dia de James Blake, Roísín Murphy, Future Islands, Kodaline, The Ting Tings e Bleachers.

cold_speck.jpgEm 2011, Al Spx, nome pelo qual é apelidada, lançou o seu primeiro single “Holland”. Pouco depois a artista é convidada a apresentar dois dos temas no programa de Jools Holland, na BBC, lançando-se assim no mercado internacional.

 

Em maio de 2012 lançou o álbum de estreia “I Predict a Graceful Expulsion”, o qual foi nomeado para o Polaris Music Prize.

No ano seguinte o seu trabalho foi por fim reconhecido com a vitória do prémio “Female Artist of the Year”, atribuído pela SiriusXM Indies Awards.

 

Fotografia: Altsounds / Cold Specks tour

Texto: Paulo Homem de Melo / Everythings is New Press Release