Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Chet Faker agenda nova data em Lisboa

Chet Faker, o projeto do cantor Nicholas Murphy, que conquistou o público com um concerto na edição de 2014 do NOS Alive, está de regresso a Lisboa nos dias 03 e 04 de Julho, esta última agora agendada, para um concerto em nome próprio no Coliseu dos Recreios.

chet_faker.jpgO álbum de estreia, “Built on Glass”, editado em 2014, conquistou vertiginosamente o público e a crítica.

A voz vibrante e poderosa de Chet Faker não deixa margem para dúvidas, mas são as suas subtis e originais composições electrónicas que destacam o ritmo singular dos seus temas. Ao vivo Chet Faker não deixa dúvidas e a vontade é que os temas nunca mais se esgotem.

 

Com apenas um disco de originais e um EP editados, o australiano já soma vários prémios, entre os quais um Rolling Stone Australian Award, para "Best Independent Release", e sete ARIA Awards

 

Fotografia: Christopher Gabello

Westway Lab Festival 2015…. Guimarães

De 10 a 18 de abril, Guimarães dá corpo a um festival inovador que traz à cidade muita música e criatividade ao reunir um conjunto de artistas nacionais e internacionais, consagrados e emergentes, para uma série de atividades que têm como objetivos fundamentais provocar encontros, estimular processos criativos, formular soluções para percursos profissionais e apresentar mostras autorais consolidadas.

Ao longo de uma semana, a segunda edição do Westway Lab Festival proporciona uma interação privilegiada entre artistas e público e desdobra-se em vários momentos, desde residências artísticas, talks, conferências PRO, showcases e concertos.

Westway.pngO Westway Lab Festival assenta em 3 eixos fundamentais: Processo (residências artísticas), Pensamento (conferências PRO) e Produto (showcases e concertos).

É a partir de Guimarães que Portugal lança uma rede única de colaboração com a Europa através do Westway Lab – evento integrante da família European Talent Exchange Programme (ETEP) – no âmbito da música independente e do circuito profissional, num momento de importante transformação da indústria e com a criatividade cada vez mais na ordem do dia.

 

No dia 10 de abril, no Centro de Criação de Candoso, músicos nacionais e internacionais encontram-se para formar 4 grupos de trabalho, tomando por ponto inicial a partilha das ideias e a experimentação enquanto processo que haverá de provocar cumplicidades artísticas que serão desvendadas depois em showcases finais. E para que haja uma real contaminação com a normal vida da cidade, estes artistas disponibilizam-se para falar sobre esta vivência original em espaços públicos referenciais de Guimarães.

Nos dias 16 e 17 de abril, o Westway Lab sai, assim, para as ruas e funde-se com a cidade nas denominadas talks. Nestes dias, os artistas espalham-se por locais emblemáticos da cidade e respondem a perguntas sobre os processos criativos, numa conversa informal entre os profissionais e o público em geral.

 

No dia 16, às 22h00, o Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor acolhe o primeiro showcase resultado do trabalho em residência, seguido do showcase ETEP de Fismoll, artista polaco que toca um folk despretensioso, com elementos pop, num tipo de música que chama a atenção para os detalhes mais pequenos do som.

Na noite seguinte, 17 de abril, há mais um showcase fruto das residências artísticas a que se segue o showcase ETEP dos islandeses Young Karin. Este jovem duo tem dado que falar em sites como DIY, UnderRadar e MTV, após o lançamento do seu primeiro EP. O som de Young Karin conta com influências de hip hop e pop avant-garde e já foi comparado aos melhores exemplos do Art-Pop escandinavo.

 

Nos dias 17 e 18, decorrem ao longo de todo dia as Conferências PRO que terão lugar no Palácio Vila Flor. Este programa propõe encontros com profissionais nacionais e internacionais da música, especializados nas mais diversas competências da indústria musical, sendo o primeiro evento PRO em Portugal ligado à rede ETEP.

 

A 2ª edição do Westway Lab Festival encerra com chave de ouro a 18 de abril. Neste dia, todos os espaços do Centro Cultural Vila Flor vão ser inundados por música num extraordinário momento de celebração de uma semana de festival. Para começar, às 21h30, o Pequeno Auditório abre as portas para receber os Sensible Soccers.

 

No final da atuação dos Sensible Soccers, seguem-se mais dois grandes concertos. Às 22h30, a sala abre com Noiserv. Depois de Noiserv segue-se Blaudzun, nome artístico do holandês Johannes Sigmond, que muito nos surpreendeu com o lançamento do seu último álbum “Promises of no man’s land”.

 A maratona de concertos termina no Café Concerto às 24h00, com Mr. Herbert Quain. Desde sempre ligado à música pela sua formação em guitarra clássica, é nos computadores que Mr. Herbert Quain descobre as possibilidades infinitas da música eletrónica.

Linda Martini em vinil

A Rastilho Records volta hoje, 16 de Março 2015 a disponibilizar no mercado os primeiros álbuns dos Linda Martini no formato Vinil.

Esgotados há muitos anos e a pedido de muitos fans, a discografia da banda será reeditado no formato preferido dos melómanos: o Vinil.linda_martini.jpg"Marsupial" foi editado originalmente pela Rastilho Records em 2008 no formato LP Vinil+CD. "Primeiro EP" foi a primeira gravação oficial dos Linda Martini, editada em 2005.

A Rastilho Records decidiu juntar ambos num formato pouco usual: Duplo Vinil LP10" a 45rpm (Marsupial) e 33rpm (Primeiro EP). Num bonito Gatefold que junta o artwork original dos 2 discos.

linda_martini_olhos.jpg"Olhos de Mongol" é um dos grandes clássicos da música portuguesa dos anos 00. Foi com este álbum (editado originalmente em 2006, e mais tarde reeditado em formato 2xCD pela Rastilho Records) que os Linda Martini se afirmaram como o maior nome da nova música portuguesa.

linda_martini_casa.jpg"Casa Ocupada" é o álbum de 2010 dos Linda Martini. A primeira de 300 cópias em Vinil esgotou pouco tempo depois, estando desde então indisponível neste formato. Apesar de muitos fans referirem o clássico "Olhos de Mongol" como o melhor disco da banda, "Casa Ocupada" elevou o estatuto de culto dos Linda Martini, passando a banda desde então a tocar para audiências cada vez maiores.

 

Mais uma vez a Rastilho Records surge como dinamizadora e promotora da moderna música Portuguesa.

Cuca Roseta em Ovar.... (Reportagem)

Cuca Roseta apresentou no passado dia 14 de Março em Ovar o seu mais recente disco “Raiz”.

Concerto realizado no auditório do Centro de Arte de Ovar, resultado do cancelamento do concerto de Ed Motta originalmente programa para esta sala.

Cuca_0.jpgO público de Ovar teve assim a oportunidade de assistir ao vivo uma das maiores revelações da atualidade do fado.

“Raiz” é o segundo disco da cantora editado em Maio de 2013 e que rapidamente atingiu o galardão de ouro à semelhança do primeiro álbum homónimo.

Segundo Cuca Roseta, neste disco "tentei buscar a verdade e genuinidade que o Fado exige. Encontrei em mim a vontade de escrever e de compor os meus próprios sentimentos, o meu próprio fado. Saber agora que a minha música é escutada por tantas pessoas deixa-me imensamente feliz".

Cuca_1.jpg

Uma sala tímida mas disposta a ouvir e aplaudir as canções da fadista. A artista que neste disco cruza vários correntes do fado encantou os presentes que ao longo de 90 minutos souberam acarinhar a fadista em terra de Ovar.

Cuca_2.jpg

Cuca Roseta tem demonstrado uma grande presença em palco, fruto das suas apresentações internacionais e em Ovar comprovou mais uma vez que é uma das grandes fadistas atuais.

 

Fotografias e reportagem: Paulo Homem de Melo

Caetano Veloso e Gilberto Gil…. 50 anos de Carreira no EDP Cooljazz

Caetano Veloso e Gilberto Gil são as mais recentes confirmações no cartaz do edpcooljazz.

Caetano_veloso.jpgOs cantores, que são referências incontornáveis da música popular Brasileira, têm atuação agendada para 31 de julho, em Oeiras, onde vão apresentar, num momento musical "exclusivo" e "irrepetível", o espetáculo “Caetano e Gil – 2 amigos, 1 séculos de música”, que celebra os 50 anos de carreira de ambos artistas.

Em palco, será apresentado "um reportório vasto, com os seus melhores êxitos, num formato singular e intimista de voz e violão".

Ambos foram premiados internacionalmente.

Caetano destaca-se a eleição pela revista Rolling Stone como o 4º maior artista de música brasileira de todos os tempos pelo conjunto da sua obra e ainda o 8º maior cantor brasileiro de todos os tempos.

Gilberto Gil é um artista agraciado com Grammys tendo tido ainda uma experiência política relevante como Ministro da Cultura do Brasil entre 2003 e 2008.
 

Estes nomes juntam-se, no cartaz da 12ª edição do festival, aos anteriormente confirmados Melody Gardot, Lionel Richie, Mark Knopfler e Chick Corea & Herbie Hancock.

 

Sobre o edpcooljazz ….

O edpcooljazz é um evento musical de referência realizado em cenários idílicos, ao longo do mês de julho, juntando natureza, património e música. Foi lançado pela primeira vez em 2004 com o objetivo de oferecer um evento turístico e cultural distinto a todos os amantes de música de gosto eclético mas sempre com uma forte componente “cool”, que lhe dá o nome.

Os Jardins do Marquês de Pombal e o Parque dos Poetas, em Oeiras, são os palcos escolhidos para os concertos do edpcooljazz. Estes espaços verdes, representativos da arte do paisagismo em Portugal, são decorados por bustos e estátuas de mármore, muretes e escadarias revistas pelo mesmo material. Uma jóia do concelho de Oeiras integrada no centro histórico da vila.

Para além dos concertos e da beleza natural dos espaços, os participantes do edpcooljazz podem ainda contar com o Cool Pick&Go, onde estão disponíveis bebidas e gastronomia para tornar ainda mais cool estas sete noites de verão tão especiais.

Ao longo destes 12 anos, o edpcooljazz já produziu mais de 120 concertos, juntando mais 275.000 pessoas que num ambiente intimista, perto dos palcos, e sem o aglomerado das grandes multidões, pôde assistir a espetáculos individuais numa junção única entre música cool, história, património e natureza, o verdadeiro conceito do edpcooljazz, Cool Energy

 

Fotografia: Paulo Homem de Melo